PARA QUEM AMA GATOS

PARA QUEM AMA GATOS
(Clique na imagem)

Quais assuntos mais te interessam no blog Fatos de Fato?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Gorjeta, pra que te quero!


Toda hora, todo dia, esbarramos em situações onde alguém quer ganhar !
Ganhar...
Acho que já faz parte do imaginário coletivo ou genealógico, ou antropofágico, ou arqueológico, sei lá, as criaturas pensantes quererem receber recompensa! ( Lembrei de Skinner e o ratinho de laboratório , que só aprendeu a pegar o queijo através da lei do condicionamento, isto é, sentindo uma fome daquelas! hahaha), o que nos leva a ter que pagar aqui e acolá, um agradinho porque te atenderam bem numa lanchonete, ou porque te deram o endereço certo, ou apenas porque sorriram(!) e disseram "No que posso te ajudar?", num ciclo vicioso que o capitalismo (selvagem, não-selvagem) permite!
Esse blá-blá-blá todo é para explicar que não suporto dar gorjeta!
"Mão-de-vaca, eu?", pergunto aos meus queridos amigos.
Não. Funcional, isso sim!
Caramba!
Por mais que se ganhe mal, todos os empregados têm salário fixo, e já são pagos para prestarem o serviço que lhes compete!
Querem ganhar mais? Vão aos sindicatos, formam uma caravana e se estatelem no Planalto Central para reclamar seus direitos ou façam como os professores: aceitam os "donativos" mensais e de vez em quando façam uma grevezinha, para fingir que conseguirão valer os seus direitos!...
Vocês já viram professor ganhando gorjeta?
E olha que prestamos um serviço de "primeira"!
Só em ter que explodir a garganta para fazer valer nossa autoridade e aplicar uma aula com o mínimo de coesão, já basta para termos que ser reconhecidos ( e somos?)!
Outra particularidade do ganhar, que me tira do sério, quando se trata de futebol!
"Romário é o "Rei Mário" mesmo! Fez tantos gols quando estava no Flamengo, por isso mereceu a grana que ganhava!"
Ah, fala sério! O cara não é atacante? Quem entende o básico de futebol sabe muito bem que atacante é o maior encarregado de fazer gols, logo, não fez mais do que a obrigação!
Quando um goleiro não deixa "vazar", também não fez mais do deveria, assim como o zagueiro, ao defender sua área, também não o fez...
Vamos parar de "jogar confete" em resultados esperados e obrigatórios das funções exercidas!
Que saco!
E no final do ano, então?
O "pede-pede " toma ares de comércio livre, onde o valor é direto ao "Quem dá mais?" e talvez o serviço que vocês tenham recebido tão bem durante o ano, seja boicotado porque se a graninha deixada na mãozinha não for boa ( e nem existir!), o funcionário que é pago para o seu ofício ( não esqueçam nunca disso!), fica " de mal" , olhando de cima a baixo como se o cliente prático se transformasse, de repente, em ogro abominável!
Algo a se pensar que chegando o fim-de-ano, essa chateação de "grana aqui, grana acolá", fica com nome específico ( só muda mesmo o nome, porque a palhaçada é a mesma!) e se translada para "caixinha".
Tudo bem, os gastos são maiores realmente para as festas comemorativas.
Porém, os pedidores de gorjeta devem ver que assim como eles têm família para presentear, comprar roupa nova para a virada do ano , os clientes também têm suas vidas, seus gastos, seus monitoramentos financeiros!
Não vou dizer que nunca dou gorjeta. Às vezes até o faço, mas com critérios: sempre é por motivo além, nunca por aquilo que era obrigatório para o ofício desempenhado!
É , essa história de gorjeta é tão séria, que nos Estados Unidos há até tabela de preço por função; alguém merece isso?
Li no livro Interchange, de Jack C. Richards ( aliás, um ótimo livro didático! É todo em inglês e mostra passagens atuais do mundo moderno!) , que o americano paga esses "extras" seguindo tradição.
Dêem uma olhadela no esquema abaixo:
Carregadores de aeroporto ou hotel: 1 dólar ou 2 para carregar cada mala
Guardadores de carro ("flanelinhas") : 1 dólar para estacionar um carro
Porteiros de hotel: 1 dólar ou 2 por conseguir um táxi
Camareiras de hotel: 1 a 5 dólares por noite
Motoristas de táxi: 15% sobre a corrida; mais, se eles te ajudarem com a bagagem
Garçons ou garçonetes: 15 a 20 % sobre a conta ( Não há gorjeta em restaurantes de fast-food)
Barbeiros ou cabeleireiros: 15% sobre a conta
Entre os americanos, existe uma regra que diz para darem gorjeta "justa", o que faz com que , se não tiver certeza das porcentagens e quantias a serem dadas, o negócio é seguir o que achar melhor e o bolso disser que "sim".
Fico às vezes com medo de escrever sobre certos assuntos porque a conotação usada pode ser mal interpretada e muitos pensarão que sou demagoga.
Não vou afirmar que se eu trabalhasse em alguns desses empregos, eu iria detestar receber algum por serviço prestado.
E nem posso alardear o fim incontestável dos agrados em dinheiro para trabalhadores por méritos, ou seja, bons serviços realizados com afinco e dedicação.
Cada um sabe o que faz e depende da opinião e objetivo que se tem a alcançar na vida.
Agora, o que eu posso afirmar com toda a força da minha alma é que JAMAIS pediria gorjeta ou "caixinha" como fazem muitos desses funcionários!
JAMAIS me perdoaria por importunar clientes.
Acho ridículo e sem propósito quem age assim, pois é sabido por muitos ou todos , que uma boa obra realizada, já é uma certeira propaganda por si só...
P.S.: Ah, pessoal, consegui consertar meu celular! Ele ficou bonzinho e já voltei a realizar todas as atividades com ele! Foi um baita de um presente do mano no meu aniversário! Ele pediu para o cara aqui do bairro consertar logo, por causa da data e assim o fez!...
Obrigada àqueles que acompanharam a minha "luta" e pela solidariedade! rsrsrs
(Imagem e pesquisa: Interchange , Jack C. Richards: Cambridge University Press, 2005.
Third Edition - Book 1)

2 comentários:

Sol disse...

Olá querida.
Vim te desejar um feliz 2009, com muita Paz e Amor.
Deixei presentinhos pra ti lá no Flores e Pérolas (se quiser), é só ir buscar.
Beijão
Sol

Renato (HappyBlue) disse...

Bom dia querida amiga Mary!

Muito obrigado pela sua mensagem via diHITT em atençao aos presentes (selos). Já respondi e aguardo o seu retorno por email, ok?

Feliz 2009 com muita Paz, Amor, Saúde e Alegrias! Luz!

Com carinho,
Renato (HappyBlue)

e-mails:
quiosqueazul@gmail.com
happyblue.br@gmail.com

Se possível envie com cópia, ok? Mais bjs de Luz! Te adoro!

Aproveito para deixar um convite para um "Momento de Paz". Veja as instruções neste link abaixo, ok?

http://quiosqueazul.blogspot.com/2008/12/momento-de-paz.html

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...