PARA QUEM AMA GATOS

PARA QUEM AMA GATOS
(Clique na imagem para conhecer)

sábado, 27 de agosto de 2011

Saiba o que é "MILF"

(Susana Vieira é considerada "MILF")


Uma letra, apenas uma letra errada e descobrimos mistérios, do mundo e do Universo!
Exagero meu? Talvez seja mas... talvez não!
Procurava eu pelo Google (ele, sempre ele!) alguma matéria em língua inglesa sobre a nossa Milk Way ("Via Láctea"), ao escorregar os dedos por teclas indevidas, formando um "Milf Way" desorbitado!
E me aparecem umas senhoras voluptuosas, umas com seios expostos, outras mais vestidas, embora todas bem "MILF" , no que me levou a pensar se a eterna - e quase infinita Milk Way - tinha conotação "leitosa" indecente no bretão antigo ou moderno (Quem entende as armadilhas da língua? Entenda essa "língua" como quiser...).
Mas vamos lá que a curiosidade matou o gato ( e eu sempre pergunto: não seria o guarda?), para esclarecer um significado inteiramente inédito a mim.
Ao perceber o erro gráfico ( e olha que o sábio Google ainda tinha me avisado: "Você quis dizer "Milk Way", sem eu dar-lhe atenção), a explosão felina que há no meu ser buscou: "Que raios será "milf"?", descobrindo, então, aquilo que o clube masculino já deve ter nascido sabendo!
"MILF" , para inocentes como eu, é abreviação para "Mom I'd Like to Fuck" que, em bom português, significa "Mãe que eu gostaria de f..." (Não preciso completar, né? Ingenuidade tem limite...)
Levando para a prática da coisa: são aquelas mulheres que, mesmo com idade suficiente para serem mães de seus companheiros, ainda exercem um alto fascínio sobre os homens de um modo geral.
É considerado fetiche, e a indústria pornográfica , esperta como ela só, já move milhões de dólares anuais por filmes cujo maior foco seja mostrar mulheres acima de 50 - e com alto sex appeal - em cenas eróticas com "meninos" de 18, 20 anos.
A coisa é tão séria, que já há até premiações, dentre as produções pornográficas, cuja categoria é "MILF"!
Se Freud estivesse ainda entre nós, diria que esse fetiche não passa de "Complexo de Édipo" que não terminou na adolescência! (Complexo de Édipo é o amor e ciúme que o filho, inconscientemente, nutre pela mãe, em relação ao pai. Geralmente passa no início da idade adulta. Na filha é chamado de Complexo de Eletra, só que é o que sente a menina pelo pai em relação à mãe.)
Há homens que gostam de ser "cuidados" por suas companheiras e exigem que elas sejam iguais a sua mãe, comparando até mesmo o jeito de cozinhar dela, com a da progenitora.
Porém, não devemos fechar como regra, que todo homem que idolatra as "MILF's" são "filhinhos de mamãe".
A fantasia humana leva a muitos ângulos, sem contar que dentre aquelas mulheres objeto de desejo existem, realmente, as que nem demonstram a idade, como a nossa grande atriz Susana Vieira.
Sendo "MILF's" ou não, nós, mulheres, temos um poder de sedução que ninguém sabe explicar (nem nós mesmas) , formando fantasia só pelo fato de existirmos!
Se pudéssemos agir mais de acordo com a formação inicial que o Pai nos concedeu, teríamos todas a "Síndrome Marylin Monroe".
Nossos vestidos parecem se levantar a todo momento pois um olhar voraz sempre nos observa de esguelha, ainda que estejamos inteiramente trajadas.
E como a lei do tempo é só avançar, não havendo retrocesso em hipótese alguma, encaro com bons olhos o processo "MILF".
Deve fazer bem a qualquer ego feminino chegar à "idade-aposentadoria" com "bala na agulha"!
O fogo do olhar que chameja tesão e anseio, o reflexo de uma juventude que ainda não se fez finda.
Antes de um mero devaneio em pensamentos masculinos, ser "MILF", é estado de espírito!...
Detalhe: depois que eu soube tudo sobre a troca de letra, a extensão da nossa Via Láctea pareceu-me bem mais restrita.
Com a gama de opções que um "f" pode conceber-me no lugar do "k", o que me importa imensidões de astros abstratos?
Quando chegar o meu tempo, será mais eficaz o concreto conhecimento que a "Síndrome Marylin Monroe" me fará viver mais e melhor feito celebridade , do que saber que a cada dia, em nossa galáxia, morrem milhões de estrelas anônimas...


(
Imagem:

http://vilamulher.terra.com.br)

28 comentários:

Samanta Sammy disse...

Olá querida amiga Musa da escrita !!!

Eu sabia o que era desde os tempos em que me aventurei a ver pornografia na internet, sempre aparecem um monte de filmes deste gênero. Para os que vão se escandalizar com isso, revejam seus conceitos, hoje em dia não tem mais esta coisa machista de mulher santinha e cega, né, fala sério :)
Eu acho super natural um homem ter interesse em uma mulher mais velha, afinal porque só as mulheres podem querer um homem mais velho ? E isso sempre foi bem aceito, e até obrigatório em certos tempos.
Eu por exemplo, já fugi a regra e sempre gostei dos mais novos, alguns beeeem mais novos, e meu marido também é mais novo do que eu.
Esta questão de gosto, acho totalmente válida, cada pessoa tem uma preferência e fico feliz que nem todos os homens sejam do tipo que só aprecia ninfetinha.
Quero seguir a linhagem da minha família, onde as cinquentonas vão á academia, usam jeans e despertam suspiros !!
Sou fã destas mulheres poderosas que não se ofuscam por causa de um detalhe físico e continuam exercendo seu poder de sedução, mostrando que qualquer idade é idade pra ser bonita e atraente, por dentro e por fora também :)
Tô na batalha pra ser uma coroa gostosa kkkk por enquanto só balzaquiana mesmo :P

Adorei o tema !! um beijãooo e bom fim de semana !

Jackie Freitas disse...

Olá Alteza querida e amada!
Uau!!! A-DO-REI esse post! Além, obviamente, de sua construção magistral (coisas de Mary Miranda, of course!), o tema é ótimo! Não sabia mesmo o que significa MILF! Aliás, nem sabia que existia essa denominação!
Não sei, Alteza...não sei! Engraçado que me acho super "cabeça aberta" para muitas coisas, mas te confesso que estranho um pouco quando vejo "senhoras" retrocedendo no tempo e vivendo uma época que não lhes pertence mais. Pode parecer super caretice minha, mas você sabe que sou da linha de que devemos viver nossas fases, claro que sempre agradecendo às passadas; mas assumindo a idade e o momento que temos... Agora, pensando bem, se devemos conservar nossa juventude na cabeça e não no corpo, não deveria estranhar pessoas que se vêem jovens o bastante para estarem nessa onda...rsrs... Olha, prometo que vou digerir melhor esse assunto e refletir bem sobre esse meu "preconceito"...rsrs... Afinal, se não pudermos renovar nosso olhar através do conhecimento, decretaremos a velhice de nós em nós mesmos, não é?
Querida, AMEI de verdade o seu post! Você foi super feliz na sua pesquisa e que bom que os dedinhos erraram no teclado, hein? rsrs
Grande e carinhoso beijo, amada!
Jackie

Mary Miranda disse...

Eu nunca nem tinha ouvido falar, Menina Sorriso... rsrsrs

Mas agradeço ter errado a tecla pois é mais um termo que estou conhecendo; adoro aprender!
Também sou da tese que a mulher tem que se cuidar!
Eu estou sempre em atividade e escolhi a dança para me manter em forma.
Acho maravilhoso não aparentar a idade ( é o máximo quando alguém diz que aparento ter bem menos que os meus "30 e poucos anos!" rsrsrs), e quando é o público masculino, então... Hum!... Vou ao céus!!!!
A juventude tem que ser de dentro pra fora, trabalhada na mente, para que comecemos a nos olhar no espelho e gostemos do que vemos nele.
Ótimo isso, amiga, da sua família ser assim bem moderna e não ficar deixando o tempo agir negativamente no físico!
Se podemos adiar mais um pouco a idade, por que não fazê-lo?
Eu sou uma que adora dribrá-lo! rsrsrs
Estou nessa campanha da "coroa gostosa" e estou trabalhando sério pra isso! rsrsrs
Ah, já tive um ataque de "milfismo" quando fiz 31: um rapaz de 19 anos ficou muito apaixonado por mim, ao ponto de querer casar!
O bom é que também me apaixonei por ele na ocasião e - pasme!- todo mundo achava que ele fosse mais velho que eu!...
Só não nos casamos porque o amor acabou, o que não teve absolutamente nada a ver com idade...

Beijos, querida!
Espero podermos voltar a falar do assunto quando estivermos na idade "MILF"!
rsrsrs

Adorei o comment, você é tri legal!!!!

Mary:)

Mary Miranda disse...

Minha Fênix do Bem, sua apreciação é mais do que bem-vinda!!!!


Querida, obrigada pelas lindas palavras! Desde já agradeço!
Sobre o assunto, creio que para se ser uma MILF realmente aceitável, a jovialidade da mulher tem que ser natural!
Ela não deve pôr na cabeça que só porque chegou aos 50, 60, etc., tem que ficar por aí atrás de "menininhos"!
O amor que ela sinta por um homem mais jovem deve ser real, sem ter que "provar" algo a outrem.
Não vamos fazer como certos homens quando chegam à "idade do lobo" que nos seus 40, 50 ficam se "comendo" na frente do espelho, se achando o máximo, querendo arranjar "garotinhas" só para se auto afirmarem que ainda são uns "garanhões".
Acredito, meu doce, que muito da juventude que temos está em nossas mentes e o corpo, quando bem cuidado, acompanha o ritmo.
Sou franca ao dizer que tenho o sonho de ser intensamente desejada pelo clube masculino quando eu estiver com mais idade(independentemente da faixa etária deles) ainda que eu pertença somente ao meu companheiro( não serei uma "devoradora de homens" só porque minha idade aumentou, né? rsrsrs).
Não adianta: nós, mulheres, adoramos ser desejadas!... kkkkkkk

Beijos, linda!
Pense com carinho nessa questão e olhe pelo lado que uma mulher pode ser "MILF" sem forçar a barra, apenas se cuidando bastante.
Os supostos olhares masculinos mais quentes que atraiamos, serão apenas a consequência de uma preocupação com saúde e beleza!

Amei sua vida aqui!
Você sabe o quanto te adoro, né?

Mary:)

ebraelshaddai disse...

Bem, Mary, essa tendência, digamos, excêntrica, de exorbitar (fora da Milky Way?) as convenções sociais em relação ao sexo nao é algo restrito à terceira idade. Basta que a diferença de idade da pessoa que demonstra alguma iniciativa seja muio maior que outras pessoas da mesma geração.

É como diz aquela propaganda do Sprite, que eu vivo repetindo:

"Imagem é nada; sede é tudo!"

Abço e bom fds!

Mary Miranda disse...

Querido Ebrael,

Toda convenção, quando burlada, é vista como algo monstruoso!
Mas convenhamos que quando a diferença de idade é maior do homem em relação à mulher, a sociedade aceita com maior naturalidade...
Ainda bem que, aos poucos, estamos mudando isso, ainda que o preço seja um tanto caro a ser pago.
Mas quem falou que as boas coisas são baratas, né?
E, sim, lembro desse comercial!
Quando a sede ataca, pouco importa se a água é mineral, do filtro, da torneira, não? kkkkkkkkk

Abraços e um igualmente bom fds!

Mary:)

Thiago disse...

Suzana Vieira tá longe ser MILF

English tips (blog) disse...

Como fora dito previamente, musa da escrita e sempre com belas postagens, sempre que venho aqui devoro-a pela singeleza e qualidade do blog, parabéns linda e ótima semana.

Mary Miranda disse...

Thiago,

Só repeti aqui o que eu ouço dos homens sobre Susana Vieira, que ela é maravilhosa!
Mas gosto é gosto, não é mesmo? rsrsrs

Abraços,
Mary:)

Mary Miranda disse...

Mais uma vez, meu muitíssimo obrigada, Cacá!

Sua generosidade, carinho e respeito para comigo e o blog muito me motivam a continuar escrevendo!

Abração, meu anjo!

Semana plena para você junto aos familiares!

Mary:)

Felipe disse...

Minha querida presidenta.
Na verdade quem matou o guarda não foi a curiosidade, foi a pimenta.
Quando vamos a um rodizio ou a uma churrascada e nos é oferecida uma linguiça lá sai a velha pergunta:Essa é daquelas que matou o guarda (ou seja, tão apimentada que ele "deu com as dez e dois coringas").
A mulher de Balzac - de hoje -, não é mais aquela jovem de trinta anos. mas a mulher madura de cinquenta ou sessenta.
Certa está a nossa "Sorriso Mineiro" que se cuida bem para quando chegar aos sessenta ainda arrancar suspiros e ser chamada de "trem bão" (com todo respeito).
Eu sempre tive facilidade em trabalhar com as mulheres. No meu tempo de estagiário era um dos poucos homens num departamento recheado de mulheres desde a diretoria até a portaria.
Hoje, no escritório, a maioria do meu pessoal é do chamado "sexo frágil".
Entendo, portanto, que como eu muitos homens tenham mais facilidade em trabalhar com as mulheres, sem que as vejam como segunda mãe, mas como grandes amigas.
Beijão da presidência

Valdeir Almeida disse...

Mary,

Está aí um exemplo de que pegar um caminho errado – não previsto – pode nos levar a lugares surpreendentes. Se seus dedos não escorregassem, você não teclaria o “f”, mas sim o “K”, e teria apenas uma pesquisa para uso individual. Felizmente, também, você não obedeceu às recomendações do Google (rs).

Além de Suzana Vieira, outras mulheres MILF famosas e “anônimas” são vítimas de preconceito por se relacionarem com homens mais jovens. E tais homens também são mal vistos por parte da sociedade. No final das contas, quem não tem o que fazer, diz assim: “Fulana só está com Beltrano, porque ela é rica e ele não tem onde cair morto”. Não estou dizendo que isso não ocorra (no mundo tudo é possível), mas o que acontece na verdade é justamente o que você falou: as mulheres nesta idade estão no ápice do seu sex appeal . E os rapazes que veem a vida muito além de pele sem marcas de expressão, gostam de ser conduzidos pela experiência e pela sexualidade à flor da pele da parceira.

Os falsos pudores levam muitas mulheres a não deixarem aflorar concretamente sua condição MILF. Suzana Vieira diria para elas: “Vocês não sabem o que estão perdendo!”.

Beijos, Mary, e ótima semana para você.

P.S: Muito obrigado pelo rico comentário que você deixou em meu mais recente post. Muito obrigado mesmo. Eu também sou fã da sua forma de escrever. Por isso, não perco a oportunidade de parar e contemplar seus textos. E, óbvio, comentar.

Até!

Mary Miranda disse...

Felipe, meu presidente, como vai?

Legal essa outra opção de "morte" do guarda!
Sinceramente, não conhecia! rsrsrs
É, sim ,amigo, a mulher de hoje é sempre mais jovem que a idade, devido a muitos fatores - liberdade, independência financeira, melhores tratamentos de saúde e de beleza, etc. - no que muito assusta o parceiro.
Adoro me cuidar ( sem neuras, é óbvio), e me curto bastante!!!!
E vocês, homens, que se cuidem também porque as mulheres estão "botando pra quebrar"!
Nenhuma de nós vai querer estar conservada, acompanhada de um "jogado às tranças", né? kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Mas é bem canceriano mesmo, o público feminino por perto. Não me surpreendeu nada quando você disse isso!
Um homem de câncer é sempre uma mulher que, no último minuto, Deus resolveu que seria um homem! rsrsrs ( Meu anjo, é uma brincadeira, 'tá? É que vocês, cancerianos, entendem a alma feminina como ninguém! Encare como um grande elogio meu! Te adoro!!!!)

Beijos, querido presidente!
A recíproca e vitalícia te saúda!

Mary:)

Mary Miranda disse...

Boa noite, Valdeir!

Viu? Uma letra "escorregada" do nada, nos traz dimensões insondáveis! rsrsrs
Você é danadinho, Valdeir, vendo algo mais amplo que eu nem percebi...
Se eu me limitasse ao "Milk Way", o uso seria apenas pessoal, é verdade, mas o "Milf Way" me levou a querer expandir, com abrangência tal, para o desenvolvimento de um post!
Eu me vejo, na época certa, uma Susana Vieira, só que mais comportada!
Creio que não terei atração por homens muito mais jovens, embora vá querer ser cobiçada pelos olhares masculinos de qualquer faixa etária!
Pergunte a qualquer mulher e ela irá te responder, sem subterfúgios, se não gosta de ser desejada.
Não estamos falando de amor, naturalmente, mas de atração, o que lutamos toda a vida para manter aquecida nos sonhos masculinos.
Algumas mulheres ainda têm vergonha de serem atraentes devido a uma certa idade que porventura tenham e até criticam a Susana, só que, no fundo, adorariam ser mais soltas, liberando a sexualidade que está escondida...

Beijos, querido!
Obrigada pelo abrangente comentário, de uma inteligência e perspicácia únicas!!!!

Mary:)

Lilian disse...

Vivo nos EUA e tinha uma noção vaga do sentido da palavra, mas só aqui é que tive a luz absoluta.
Não acho que a gente tenha que se pasteurizar e restringir para preencher um determinado rótulo, de acordo com o prazo de validade. Quero envelhecer com saúde e graça. Nada mais.

Mary Miranda disse...

Oi, Lilian! Seja bem-vinda!

Acho que o senso "MILF" tem que ser natural, sem forçação de barra.
Deve ser apenas fruto de um trabalho corporal tranquilo, de quem quer se cuidar e que, por consequência, adquire também a juventude, no que leva naturalmente a atrair homens de faixas etárias distintas.
Você está mais do que certa ao se preocupar com a saúde e está aí a chave para ser uma "MILF" natural. A boa alimentação, a mente em paz, o exercício físico adequado, etc., refletirão em boa aparência, o que faz bem ao nosso ego (qual mulher não tem suas vaidades?).
Por isso, saúde é o que mais interessa, sempre, independentemente de qualquer coisa!

Um forte abraço e saiba que gostei de verdade de seu comentário!
Volte sempre!!!!

Mary:)

Fábio Siebra disse...

Olá Mary

Eu já conhecia a palavra e elas (MILF) sempre mexe com os homens.Eu admiro mulheres como a Susana que são inteligentes,independentes ... resumindo poderosas.



Um Abraço

Mary Miranda disse...

Tudo bom, Fábio?

Uma mulher, quando é "MILF" naturalmente, é motivo de inveja de muitas outras porque é bem resolvida, tem perspicácia, sabedoria...
Quem dera todas nós, na época certa, sermos assim, tão encontradas enquanto pessoas!
A Susana Vieira, é bem o exemplo da mulher madura e que sabe o que quer!

Abração, amigo!

Obrigada pelo comentário!!!!

Mary:)

Rafael Marques disse...

Ola querida Mary.

Adorei seu post tanto que estou comentando do meu celular e advinha onde? Na escola onde acho que esse desejo ocorre naturalmente por professoras mais voluposas, quem nunca teve aquela professora de matemática que não sai da cabeça? Acho que essa questão de ser uma "MILF" é bom para o ego da mulher, é muito comum hoje você ver homens mais velhos com as "ninfetinhas" e por que esse quadro não pode ser ao contrário e aceito da mesma forma? E natural ser uma "MILF", não quer dizer que você vai sair ficando com um monte de meninos novos, mas sim adorar ser desejada idependente da idade do homem
Eu particulamente 19 anos e adoooro MILF e ter filhos pra mim deixa muito mais atraente.

Beijos Mary adorei su post c(:

Rafael Marques disse...

Querida Mary.

Adorei esse seu post tentei postar a uns 5 min antes n sei se foi mas tou tentando de novo pois gostei muito e estou na escola onde tudo começa neh, quem nunca teve uma professora muiito linda que nao sai da cabeça? Ser uma "MILF" faz bem para o ego da mulher, aos 50 anos sendo desejada por rapazes de 19 que dariam tudo para satisfazer de alguma forma esse desejo. Tenho 19 anos e adoraria e ate casaria com uma "MILF" não por ser so isso e sim que pra mim esse termo abrange a parte fisica e a parte mental. Existem alguns receios de mulheres sobre o assunto, a questão filho pra maioria pesa muito e muito comum tentar se aventurar com uma mulher mais velha e a primeira coisa que elas dizem "Nossa você e muito novinho tem a idade do meu filho" pra mim isso não impede em nada e pra falar verdade so me da mais vontade. Acho que a aventura é valida quando não e forçada quando se tem vontade das duas partes: Viva la vida louca.

Beijos Mary.

Rafael Marques c(;

Mary Miranda disse...

Boa noite, Rafael!

Bom que tenha gostado do post!
AS professoras são uma categoria de "milfs" desejadas, mas que deve se tomar cuidado para não atrapalhar a respeitabilidade da profissão.
Eu sou professora e nunca permiti intimidades com alunos porque, mesmo sendo ele adulto, há todo um processo, uma profissão, uma vida pessoal a se zelar.
Não havendo vínculo profissional e sendo ambos adultos, não acho errado haver um romance e concordo com voc~e que os homens costumam procurar mulheres bem mais novas, mas veem com maus olhos as mulheres que assim procedem. Aquela velha história sexista e separatista de acharem que o homem pode tudo!

Gostei de seu comment!!!!

Seja bem-vindo!!!!

Abraços,
Mary:)

Mary Miranda disse...

Rafael,

A maior preocupação da mulher mais velha é o conceito que os filhos vão passar a ter se ela se envolver com um homem muito mais novo.
Infelizmente a sociedade não é tão tolerante às mulheres; ainda há muito preconceito.
Mas se houver amor de verdade, vale a pena tentar! O amor sempre supera barreiras!...

Um abraço da Mary:)

Anônimo disse...

Mary. A respeito de MILF. Eu sou fãn desde meus 16, hoje tenho 18, quando tinha 16 e 17 nao tinha muitas chances, mas acredito que esse foi meu periodo de experiencia, agora aos meus 18 anos, tenho mais sorte, e tenho a oportunidade de sair com mulheres mais maduras, quando vc disse que as mulheres tem um poder de sedução que ninguem consegue explicar eu concordo muito, eu particularmente não sinto muita atração por mulheres da minha faixa de idade, eu me interesso por mulheres mais maduras, e aqui na minha cidade conheci muitas que tinham preconceito por homens mais novos, e fico realizado em ter tido a oportunidade de mostrar ao contrario pra ela, que homens mais novos valem a pena. Em fim, como o amigo Rafael disse ai em cima, a respeito de professora, eu ficava louco na escola, tinha uma professora de Geografia que mexia comigo, fico arrepiado só de lembrar, era uma loira, e até hoje tenho esperanças de encontrar com ela. Porem tive uma professora de Historia que eu tive a oportunidade de conhece-la de uma forma mais intima, pra finalizar, quero dizer que MILF é a minha cara, e quero provar para mais mulheres maduras que valem a pena se aventurar com rapazes, pois nós sabemos lhe dar o verdadeiro valor. Sou de Santos. Estou mandando como anonimo pois nao tenho nenhuma dessas contas. Meu nome é Helio e meu face book é http://www.facebook.com/helio.marquesneto fica em aberto a mulheres interessadas

Mary Miranda disse...

Hélio, boa tarde!

Eu já falei algumas vezes antes, mas vale repetir.
Não acho válido misturar profissão com amor, ainda mais no magistério, que exige uma respeitabilidade maior. Os professores devem transmitir seus conhecimentos, e envolvimento desse tipo, acaba atrapalhando...
Eu sou professora, mas gosto de impor seriedade, pra isso, eu me dou o respeito, para poder exigi-lo.
Claro que cada caso é um caso e cada um sabe o que faz. Sendo pessoas adultas e fora dos seus âmbitos profissionais, não vejo empecilho algum. Estando na esfera profissional, é um preço muito alto que certos profissionais pagam, por se deixaram levar por emoções momentâneas.
Enfim, essa é apenas uma opinião minha! Nunca fui e nem serei dona da verdade, graças a Deus. Ainda sou um ser humano comum! rs

Abraços,
Mary:)

Anônimo disse...

Adorei o texto, você tem um fluido de palavras muito bom, parabéns.

Só um detalhe: o certo seria Marilyn Monroe e não Marylin.
Um detalhe idiota, mas é como dizem, os detalhes é que fazem a diferença..

Muitos beijos!

Mary Miranda disse...

OLá!

Bom que curtiu o texto!
Eu o escrevi quando fui sobre algo totalmente diferente, a Via Láctea! (Às vezes uma coincidência nos ajuda! hehe)
Obrigada pelo aviso sobre Marilyn, que errei no texto. Vou consertar!...

Um abração da Mary pra ti! :)

Anônimo disse...

Susana Vieira tá mais pra Gilf do que Milf...pode digitar "Gilf" no Google que verás que é outra definição, levemente parecida com Milf.

Anônimo disse...

Bom... eu também escorreguei no teclado e vim parar aqui. Mas... MILF, matéria boa a sua! Só o exemplo de milf que tá meio distorcido; essa aí não é nem de longe, Angela Vieira sim! Janine Borba, Ana Paula Padrão, Beth Goulart...