Rádio Mary Difatto

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Você e as redes sociais



Refletindo com muita atenção, nota-se que o ser social, na atualidade, só é assim chamado, se ele for de rede social!
Não importa qual seja: Facebook, Twitter, Instagram ou os aplicativos Whats App ou o novíssimo Zap Zap.
Há muitos - esses foram apenas exemplos - que nos colocam na rota da tão pretendida igualdade social, de maneira diferenciada da que é alardeada usualmente, já que transforma a todos em "gente como a gente" sem, aparentemente, haver diferença de classe, gênero, idade ou religião.
Contudo, faço um alerta no vídeo abaixo, que só quem for assisti-lo, saberá do que falo!
Vejam o vídeo e, concordando ou não, deixe aqui aYouTube!
sua ideia sobre o assunto; se preferir, pode deixá-la no

https://www.youtube.com/watch?v=5D5ShAdPO-c


(Imagem:
Fonte desconhecida)

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

"Fullgás" - Cover para um clássico de Marina Lima


Toda vez que alguém faz um cover de uma música que é tão clássica, mas tanto, que ninguém imagina o mundo continuando a existir sem ela, dá aquele arrepio de temor.
É natural.
Natural porque as comparações são INEVITÁVEIS, e é CLARO que a tendência da maioria, é para se gostar mais, muito mais, do original.
No meu caso em particular, é mais intrigante ainda porque  Fullgás, da Marina Lima, mexe demais com o meu emocional. Tenho sempre que conter as lágrimas, sobretudo na parte final da música: "E tudo de lindo que eu faço/ Vem com você/ Vem feliz/ Você me abre seus braços/ E a gente faz um país..." Sem palavras!...
Achei que seria um grande desafio cantá-la, segurando a emoção, e tentando Marina.
chegar um pouco perto da interpretação ímpar da
Como ando colocando em prática todos os desafios que me vêm pela frente, eis aí Fullgás.
É só seguir o link abaixo:

https://www.youtube.com/watch?v=kr8Y9-BvvkM

(Imagem:
Fonte desconhecida)

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Você gosta de receber crítica?



Quem gosta de receber crítica? Ninguém, né?
Mas,  pergunte: quem gosta de criticar? Resposta: TODO MUNDO!
Creio que a única diferença esteja no teor: existem críticas construtivas e destrutivas. 
Pensando nisso, criei um vídeo sobre o assunto.
Dê também a sua opinião!
O link se encontra logo abaixo:
 https://www.youtube.com/watch?v=nR_mF1XmEXc

BOA CRÍTICA CONSTRUTIVA A TODOS!!!!

(Imagem:
 http://marymiranda-fatosdefato.blogspot.com.br - Arquivo Pessoal)

BOA CRÍTICA CONSTRUTIVA PARA TODO MUNDO! ;)

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Eu odeio!


Você já parou para pensar que as pessoas se interessam mais  pelo ódio do que pelo amor?
É incrível que por todos os canais midiáticos, sobretudo em redes sociais, muita gente monte páginas, comunidades, etc., para dizerem com todo o clamor: Eu odeio!
Volta e meia vejo em algum lugar, algo com o título assim, por exemplo: "Eu odeio Danilo Gentili!"(Inclusive o próprio, zoador como ele só ,  já disse umas vezes, que é jogar no Google - "Danilo Gentili é fdp"-,  que virão milhares de posts com essa temática!...)
No vídeo, eu indago o porquê do ódio vencer o amor no quesito atenção, quando se trata de tópicos em mídias diversas.
Assista e dê sua opinião aqui no blog Fatos de Fato ou no YouTube!
Clique aqui!

(Imagem:
Fonte desconhecida)

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Você é escrava da ditadura da beleza?


Refletindo sobre a tal revolução das mulheres, que tanto se fala e difunde por toda a parte e há tantos anos, me veio a ideia de criar um vídeo intitulado Você é escrava da ditadura da beleza?
Lá eu questiono o padrão de beleza feminina como forma de escravidão, nós que tanto lutamos para sermos livres do despotismo dos homens...
Menciono Augusto Cury, em uma de suas passagens no livro A ditadura da beleza e a revolução das mulheres, onde ele sugere que "Aprendamos a ter um caso de amor diariamente com nós mesmos", naturalmente querendo dizer que devemos estar em paz com nossa consciência, feliz com o que temos de melhor.
Assista-o e comente aqui qual a sua opinião sobre o assunto.
Responda com sinceridade: você é escrava da ditadura da beleza?
Clique aqui para assistir!

(Imagem:
Fonte desconhecida)