PARA QUEM AMA GATOS

PARA QUEM AMA GATOS
(Clique na imagem)

segunda-feira, 1 de junho de 2009

Assumiu...sumiu!

George Michael é um grande artista; acho que muita gente concorda comigo.
Eu curto de montão muitas músicas dele, desde a bela romântica Carelless whisper à igualmente bela, em tom de blues, Kissing a fool.
Quando surgiu, eu não tinha idade ainda para definir estilos; simplesmente ouvia.
E gostava do que ouvia!
Lindo rapaz, com um cabelo aloirado, uns faiscantes olhos claros, um sorriso bonito, uma presença de palco indubitável!
Tinha acabado de sair do grupo Wham!, onde havia lançado, entre outras Wake me up before you go- go, uma canção que me perseguia quando mamãe me arrumava com o uniforme da escola, enquanto me alertava que eu deixasse de moleza, se não iria me atrasar...
Mas na época do Wham!, eu não sabia quem era ele!
Esse quase legítimo "Deus Grego" (pois é, ele é filho de pai grego!) só entrou na minha vida quando lançou a "chiclete" Carelles whisper.
Nossa, a partir disso era só curtição de todos que o conheciam- principalmente das meninas- por George, com outras músicas que tocavam à exaustão, como a polêmica Father Figure (sugeriram que o personagem da letra mantinha relações sexuais com a própria filha, que maldade!), a sensualíssima I want your sexy, a dançante Freedom e a lindíssima One more try (homenagem aos professores, ainda que de forma indireta!)
Tudo bem.
Carreira bem sólida, bem definida, bem conduzida...
Entretanto, como na vida nem tudo são flores, George também tinha seus dilemas , trazendo dentro de si um segredo, que as "senhoritas babação" não sabiam, que era nada mais, nada menos que a sua até então velada homossexualidade.
Lembram?
George era conhecido pelas excelentes músicas, mas boa parte, por causa dos hormônios que fazia pulular nas meninas!
Sua gravadora na época, quando ele disse que iria se assumir homossexual, ameaçou categoricamente que não renovaria o contrato.
O inocente artista não deu a mínima bola.
Assumiu hoje, e perdeu o contrato no dia seguinte, praticamente...
E nunca mais George Michael emplacou grandes sucessos!...
O que se nota, depois disso, são arremedos de uma aparição aqui, outra acolá, parceria de palco com artistas da moda, apelo visual ( chegou a deixar crescer barba meio malévola, com uma indumentária esquisita ) e ultimamente temos muitas notícias deste talentoso cantor: através dos noticiários policiais.
Parece brincadeira, porém, só sei que ele ainda vive, porque fico sabendo de irregularidades suas , como atentado ao pudor em banheiro público, nudez em cabine telefônica, porte de drogas,
ameaça na justiça à uma gravadora e dá-lhe escândalo!
Como não acredito em coincidência, é bem provável que sua postura como um cantor homossexual, tenha refletido no fraco "feedback" em suas produções artísticas.
É que ele, na minha opinião, como iniciou sua carreira sendo um cara reconhecidamente bonito, causou decepção na parte feminina.
Muitas das mulheres perderam o sonho, a fantasia... O belo não lhes servia mais!
Diferentemente de Elton John, que nunca foi nenhum galã e sempre teve público de gêneros diversos, já pôde se revelar, sem problema algum!
Artistas bem mais antigos e talvez menos talentosos , ainda estão fazendo sucesso; por que George haveria de ser esquecido dessa maneira?
Meu querido "Deus Grego" se arrasta na mídia; essa é que é a dura verdade!
Será que não vale, no meio artístico, os artistas serem o que de fato são?
Será que o velho paradoxo perdurará , aquele que diz que os artistas são hipócritas, mas que nós, público, gostamos, no fundo, que eles se escondam em sua hipocrisia ?
É assim? Assumiu, sumiu?
Nessas horas que eu gostaria muito, mas muito mesmo, de acreditar em coincidência...
Assim, eu poderia dizer:
"Que nada! O tempo de George Michael já passou! Por isso, ele não emplaca mais nada!"
Só que eu acho muito divertido que o tempo dele tenha passado quase que imediatamente depois
de "sair do armário"!...
Essa foi uma forma que eu, Mary, achei para homenagear um artista que merece ser lembrado, pelo fantástico compositor, arranjador, instrumentista, produtor e cantor que é, um cara que JAMAIS deveria ser jogado para escanteio por causa de uma opção sexual.
Que Deus o ajude a recuperar o tempo perdido e que ele páre de se envolver em baderna para alavancar a carreira!
Entendo que só faça isso pelo desespero, mas se sua estrela tiver que brilhar novamente, não serão atitudes vergonhosas que a farão retornar o esplendor que já existiu um dia...
Para uma volta ao tempo, clip Father Figure, um dos melhores de Mr. Michael( É só clicar)
(Imagem:

6 comentários:

J S Pereira disse...

Mas a mídia vende o pacote: autor + trabalho. E vende assim porque o público quer comprar assim. Consome-se mais a vida do ídolo do que propriamente seu trabalho. Vide a infestação de paparazzos. E ai... George Michael, Michael Jackson e quem mais desandar é banido. Perdem até patrocinadores. Esse é o mundo do consumismo. O talento nem importa. A indústria do entreterimento fabrica ídolos aos montes. Então, qualquer um é descartável.

Ótima lembrança. É terrível vermos alguém ser "sumido". Ainda mais quando sabemos que o porque do sumiço é apenas preconceito.

Abraços

Mary Miranda disse...

Oi, José!
Pois é, vc falou tudo!
O "pacote" tem q ser consumido inteiro, não pode sobrar nada dentro dele!
George Michael, infelizmente, quis eliminar um dos itens desse "pacote" ridículo e só sofreu as consequências...
É lastimável q tenhamos q conviver c/ esse tipo de "máquina manipuladora", onde parece ser proibido pessoas serem apenas pessoas.
Adorei o comentário!
Um forte abraço,
Mary.

exoticlic.com disse...

ele é talentoso mas não acho bonito

Mary Miranda disse...

Oi, FRX!
Ai, eu achava ele um gato, uau!
Agora está meio "caidinho", mas dá p/ o gasto... rsrsrs
Vc sabia q mesmo ele sendo homossexual declaradíssimo, muitas mulheres o "cantam"?
Acho q é a esperança de transformá-lo!... rsrsrs
Bjs,
Mary.

Sissym disse...

Mary, eu tava procurando a gata e encontrei um gato que ficou sumido! Uma pena, com uma voz gostosa e que marcou época, enquanto escrevo aqui me vem ao ouvido o som dele que me acompanhou por tanto tempo.
Achei muito interessante o coment do JS Pereira.
Beijocas.

Mary Miranda disse...

Oi, Sissy!
George Michael era demais da conta!!!!
Vc disse bem, ele tem uma voz q "cola" no ouvido, uma delícia de voz q nos "persegue" no bom sentido!
Ultimamente ando c/ "Faith" na cabeça e estou adorando!...
Eu também achei o coment do José "na veia", muito bom mesmo!
Bjs, Mary.

P.S.: Que tal minha gatinha Mani, ahn?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...