PARA QUEM AMA GATOS

PARA QUEM AMA GATOS
(Clique na imagem)

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Calígula: filme pornô ?

Aproveitei que saí mais cedo do trabalho e terminei hoje de assistir ao filme Calígula, com Malcolm McDowell, produção de 1979.
No Carnaval, mais precisamente na terça última, tirei 1 hora mais ou menos do meu dia para assisti-lo, um longa de 2 horas e meia de duração.
Só que já era bem tarde, e o sono atrapalhou o bom entendimento da parte que vi, portanto, desliguei o DVD e me permiti uma análise mais profícua numa outra oportunidade, que foi por acaso, hoje mesmo.
Como é difícil "rotular" qualquer coisa que exista no mundo!
Sempre ouvi falar horrores do filme, que continha perversões tanto sexuais quanto as relacionadas à dignidade humana, que tem que tomar cuidado ao assisti-lo porque você pode tomar nojo de sexo, que aparece muita baixaria, violência, incesto, imundície (vide cena de Calígula urinando nas cortinas do quarto!), traições, orgias, etc, etc, e etc.
E todo mundo que falou isso está CERTO!
(Minha amiga chegou a me ligar - ela que me emprestou o DVD - para ver se eu tinha "aguentado" assistir...)
Inclusive por causa de tanto que o povo me recomendou, que o vi sozinha, por medo de sentir vergonha de alguém por perto!...
Ok, o filme é um "dedo na ferida" de nossa sociedade, ou melhor, na própria composição humana.
A sujeira dos atos daquele imperador romano devasso, soa como paralelismo à toada infame que nós todos entoamos, mas que creditamos ao "Ave César Calígula" como se apenas imperadores( e devassos!) pensassem em libertinagem...
Não gostei muito do filme, confesso, muito embora o meu desgostar nada aluda a conceitos de moralidade e choques "não me toque" de representante decente da classe feminina.
O meu desgostar vem da qualidade da fotografia (muito fosca), da confusão do enredo ( o aspecto linear da obra vira uma muvuca de imagens) e do maneirismo que imprimem à nudez e sexualidade dispensáveis que poderiam poupar ao expectador ( apelativo demais e igualmente ficcioso, não sendo à toa a saída de três diretores da direção).
Alô!!!! O filme é biográfico; será que a tara sexual de Calígula o levava a estar 24 horas por dia "no esquema"?
Usando-se só um pouquinho a lógica vemos que havia um desespero no diretor, produtor, sei lá quem, em transgredir, em mostrar que poderia fazer um filme bom, bonito e não barato, que não fosse DE sexo, mas COM sexo, o que corrobora para desmistificar a dúvida ( um uso de preposição adequadamente faz toda a diferença, não é mesmo?).
Já vi alguns filmes pornográficos muito interessantes, em que até traziam um fiapo de enredo, em que eu torcia para alguns "heróis" ficarem juntos no final.
Todavia, eu tinha consciência que a obrigatoriedade era explorar a sexualidade com os seus tons lascivos e fantasiosos, e não esmerar-se nas motivações dos personagens para chegarem àquela situação de "pecado".
Pelo excesso de cenas picantes, talvez essa fórmula mal usada no contexto, tenha causado a confusão de Calígula-épico com Calígula-pornográfico.
Vendo as cenas mais fortes em todos os sentidos, percebo que não dá mesmo para acompanhá-lo mastigando qualquer que seja o alimento ( uma moça na internet havia dito isso!): dá náusea!
Certas cenas não têm nem conotação pornográfica, e sim, de esvaziamento de alma; aquelas pessoas parecem bichos comendo, dormindo, "cruzando"( transando é que não é!...).
Bem, aprendi que jamais deve-se acompanhar uma obra com um conceito passado por terceiros, portanto, assisti ao filme com toda a liberdade de espírito, sem moralismo e puritanismo bobos.
Encontrei elementos que favorecem ao meu recordar futuro, como o fato da "nudez" da alma estar ali presente, isto é, não houve hipocrisia.
Se deixarmos as cenas de sexo explícito de lado ( esse filme já foi tão cortado, censurado, adiado, e cancelado por conta delas!) vamos conseguir ter um retrato um tanto fiel da Era Romana, e por que não até dos nossos dias atuais se pudéssemos invadir os lares e seus segredos?!
Será que a pergunta-título "Calígula: filme pornô?" faz sentido?
Será que o meu entendimento discorre às avessas do que acha a maioria?
Eu, com toda a honestidade, gostaria muito de saber...

(Imagem:

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Gatinha Diferente

Vou mostrar para vocês um vídeo muito engraçado apresentando algo que nunca vi: uma gatinha mamando em si mesma!
É a gatinha daqui de casa, a Mila, que desde que chegou aqui, com uns dois meses, que tem essa mania...
Mesmo agora após engravidar e ter tido aborto espontâneo, prossegue com esse comportamento diferente dos outros gatos adultos...
Eu havia prometido postar esse vídeo a qualquer momento , num texto que escrevi falando dos meus lindos gatinhos, o Nova turma no pedaço.
Toda vez que vejo, seja ao vivo ou no vídeo, eu abro uma risada só! (haha)
Não sei se vão achar o mesmo...

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Caminhar é preciso

Impressionante que as tentações alimentícias estão por toda parte.
Aquelas orgias em formas redondas, quadradas, retangulares, piramidais, formato de coração, formato pornográfico, e tudo o mais que a criatividade invente para capturar nossos olhares, portanto, estômagos ( não são só as mocinhas casadoiras de antigamente que precisavam fazer isso para arrumarem um marido; qualquer chèf conhece isso de cor e salteado!).
E há tentações maravilhosas pseudo-saudáveis por conterem fruta (acha-se sempre que tendo algo rico em fibras é por si bom para a saúde).
Então os desavisados "caem dentro", sem saberem que frutas, legumes, hortaliças só são benéficas ao corpo quando não contém aditivos.
Um grande exemplo: bolo de banana.
É uma perfeita bomba calórica já que leva tantos elementos glicêmicos, quais o próprio açúcar para a feitura do bolo, calda de alguma coisa (doce que só!), e até mesmo a meiga canela também pode não ser recomendada pois baixa demais a pressão.
O bordão da Doutora Lorca do Zorra Total está completamente errado: "Bolo de banana, PODE!" ( Só pode para quem pratica esportes, que aí irá precisar de altos índices de carboidrato para repor as energias ou para alguém que tem hábitos saudáveis no seu dia-a-dia.)
Ai se um bolo gostoso pudesse ser usado açúcar mascavo!...
Tentei uma vez mas ficou horrível!
Esse tipo de açúcar é o recomendável por vir direto da natureza, o que leva o corpo a ter que trabalhar para digeri-lo, ou seja, as funções orgânicas não vão achar que se "aposentaram".
O refinado dá uma falsa ideia ao nosso organismo de que certas funções não são necessárias, como o pâncreas, por exemplo, que "pensando" que o açúcar já foi "bombando" direto para o sangue, sua produção de insulina se torna "inútil", causando, assim, muitas vezes, o diabetes, e claro, aquele pesinho a mais que ninguém curte...
Ouvi falar que o açúcar refinado chega ao sangue quatro vezes mais rápido que o mascavo.
Por favor, quem tiver certeza da resposta, nos ajude aqui com essa informação preciosa!
Eu adoro chocalate, Coca-Cola, empadões, carne, pizzas e biscoitinhos feitos com gordura trans (aqueles pervertidos da tentação, amarelinhos que vêm em tamanhos desproporcionais à nossa fome, vendidas em supermercados e camelôs!), e pela frequência com a qual recorro a esses elementos da destruição orgânica estando com fome ou querendo apenas o prazer dos seus sabores, é incrível que eu ainda possa me considerar uma pessoa saudável.
Porém, uma dúvida: será que estou mesmo saudável?
Pensando nisso, me veio uma outra pergunta de mim para mim:

O QUE ESTOU FAZENDO PARA COMPENSAR OS MALEFÍCIOS QUE ALIMENTAÇÃO NÃO- SAUDÁVEL FAZ AO MEU CORPO?

Creio que peguei uma trilha muito boa para o condicionamento físico através de práticas tão antigas, mas intensamente indispensáveis.
Fiz uma pequena lista e envio a todos, uma lista de quem não pratica esportes e nem gosta de malhar:

1) Acordo mais ou menos no mesmo horário todos os dias ( entre 6h e 7h., mesmo sábados, domingos e feriados);
2) Espreguiço ao me levantar (dizem que é ótimo exercício!);
3) Bebo água em jejum (entre dois e três copos todos os dias);
4) Como muitas frutas ao natural (ando devorando goiabas pois aqui em casa há muitas, e espero ardentemente a chegada das mangas, minha fruta favorita);
5) Adoro saladas embora não seja vegetariana;
6) Tomo iogurtes que, apesar de levarem açúcar, são benéficos ao funcionamento do intestino;
7) Bebo leite de soja da marca Ades ( é a melhor, por isso que eu disse o nome!);
8) Não fumo e só bebo socialmente (vinho apenas, com moderação e aos domingos);
9) Sempre dou um espaço de duas horas pós-janta para ir deitar;
10)Ando de bicicleta ou caminho sempre para quase todos os lugares.

Essa prática salutar ao corpo que dá nome ao post - Caminhar é preciso - faz com que muitas enzimas e células mortas se dissolvam e renovem com uma simples caminhada, por exemplo, de ida e volta ao mercadinho local!
E preciso argumentar também que caminhar é bom para a saúde mental porque sempre encontramos várias pessoas que não vemos há algum tempo e rola um papo tão gostoso...
Eu me fiz a pergunta e respondi a todos.
Quanto a vocês...

... O QUE ESTÃO FAZENDO PARA COMPENSAR OS MALEFÍCIOS QUE ALIMENTAÇÃO NÃO-SAUDÁVEL FAZ AO SEU CORPO?

(Imagem:

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Nova turma no pedaço!

Oi, todo mundo!
Hoje estou com uma tarefa bem prazerosa, a de apresentar a todos vocês uma turma nova que surgiu nos últimos meses e que ninguém tem ideia do que essa galera anda arrumando!
Trata-se de uns gatinhos e gatinhas muito dos safados que vieram habitar nossos lares e corações, e que me encontro na "obrigação" de mostrar-lhes.
Eu os apelidei de "Nova turma no pedaço" no sentido de novidade e de "invasão".
Através de imagens capturadas pelo cinegrafista e fotógrafo da família (ele não perde um lance!), o meu irmão Henrique, posso transmitir a todos um pouco sobre esses adoravéis bichinhos caseiros.
Comecemos então:


Quem vocês veem é a MILA, gatinha de seus 9 meses, toda pretinha e já grávida!
Ela é do meu pai, que afirmara uma vez não querer saber mais de bicho ( sempre há uns calhordas que maltratam animais e ele fica p... da vida com isso!).
Mas sem gatos, surgiram os ratos, e lá foi meu pai buscar a Mila para cumprir com a missão de extermínio do já citado roedor!
Deu certo! Não tem nenhum mais...
Ah! Mila tem uma característica muito interessante: mama em si mesma!
Isso mesmo que leram!
Desde que chegou aqui (com uns 2 meses) que tem esse comportamento.
É muito engraçado!
Só vendo para acreditar ( qualquer eu postarei o vídeo)!



Os dois sem-vergonha acima são, respectivamente, BILICO e BILECA, casal de irmãozinhos que surgiram "do nada" à frente de nosso portão e que têm seus 2 meses.
Foram colocados estrategicamente ali porque temos fama de adorarmos animais e, sabendo que os tratamos sempre bem, acham que devemos acolher a todos (o que invariavelemente acaba acontecendo).
Essa dupla é muito divertida!!!!
Alegria da casa garantida!
Bilico é mais "na dele", bem mansinho, conquanto não menos levado, e muito apegado a nós.
Já Bileca é sapeca, só pára para dormir, mas é carinhosa e sempre lidera o "comitê de recepção" quando um de nós chega da rua (corre tanto que dá a impressão que vai cair de tanta emoção que sente!)
Muito meiguinha e A-D-O-R-A um colo que só ela!

Essa é a TIGRINHA, outra da "gangue" que é uma coisa de tão doce e tem iguais 2 meses!!!!
Com os outros dois, forma um trio inseparável e brincalhão, o que rende muitas cenas no quintal entre brincadeiras e comportamentos engraçados.
Por exemplo: não posso pegar nenhum gatinho da composição do trio, que os outros dois ficam miando até que os pegue também!
Mas ela é a mais ciumenta.
Mia alto, ela que é tão magrinha (veio desnutrida para nossa casa), que dá para ouvir até na vizinhança!
Temos uma desconfiança que seja da mesma ninhada de Bilico e Bileca, só que separada pelos ex-donos por algumas semanas para não dar na pinta que estavam jogando os felinos fora...
Eis que surge VIVI, uma gatinha de mais ou menos 1 ano e meio, que é de um casal de vizinhos e que só ganha os filhotes na casa do meu irmão!
Lançou à vida cinco nenéns há um mês e que são as coisinhas mais fofas!!!!
São todos pretinhos, macios, e que uma outra vizinha já vai levar um casalzinho.
Os "quiolos", apelido carinhoso que colocamos, vão fazer uma falta danada quando forem embora...
Essa é a nova turma que está fazendo barulho por aqui na área!
Gostamos de tê-los por perto e nos alegram demais!
E para quem leu sobre MANI as últimas notícias que tenho para dar sobre ela é que teve filhotes por esses dias. (Meu Deus! Como o tempo passa! Um dia desses era apenas uma menina!)
Linda continua, muito mansinha e agora mamãe...
O próximo "Nova turma no pedaço" será com as galinhas, galos, frangos, as aves mais filmadas do mundo. (Como o meu irmão tem imagens delas! haha)
Espero que tenham gostado da bicharada!
Imagens:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...