PARA QUEM AMA GATOS

PARA QUEM AMA GATOS
(Clique na imagem para conhecer)

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

"Votar" não significa "ler"



Na blogosfera, como na vida, tem de tudo mesmo; estamos amarrados a alguma linha de valores, sem chance de corrermos...
Quando nos tornamos blogueiros, mais que uma simples troca de ideias, fortalecemos um tanto melhor nosso lado social pois educação, gentileza, amizade, favores, são inerentes de qualquer contexto.
Estou voltando um pouco no tempo e relembrando meu início de blogueira, quando minha loucura era "ser lida".
Até hoje tenho um anseio interno de que isso ocorra, mas o parâmetro para medir esse "ser lida", mostrou-se amplo.
O que enfocarei aqui sei que causará polêmica; alguns concordarão, outros terão suas opiniões contrárias, mas estou disposta a pagar o preço!
Sou blogueira e, antes disso, professora, o que me rende àquela questão: estou preparada para adversidades!
Num ponto que sei onde todos concordarão é que, para nos tornarmos pessoas "reconhecidas" na blogosfera, é quase que imprescindível nos agregarmos a uma rede social, seja de relacionamentos, de notícias, fóruns, etc. e tal.
Em algumas dessas citadas redes ( vou me ater ao site diHITT onde minha estada se faz constante), tem-se o uso do voto em posts, para que eles cheguem à página principal, o que entende-se que a maior visibilidade levará mais leitores aos respectivos blogs que os detém.
Veja agora como esse termo "ler", quando se trata de blogs, é mesmo amplo!
DE CADA 10 VOTOS QUE SE RECEBE, APENAS 5 PESSOAS LERAM O TEXTO!
Hora de atirarmos a primeira pedra, certo?
ERRADO!
As pessoas que votam em notícias sem ler , geralmente, ao darem "suas caras à tapa" ( o nome de quem votou aparece) é porque já "leram" aqueles blogueiros antes!
Isso mesmo!
Se um blogueiro faz um bom trabalho, desenvolve posts idôneos, comenta, participa, usa de inteligência e coerência com seus co-irmãos dentro da blogosfera, adquire um respeito tal que muitas pessoas não precisarão ler post por post para saber que o autor é digno de voto.
Que se entenda bem:
BLOGOSFERA É IGUAL À VIDA "REAL": AMIZADE SEM EGOÍSMO É DE SUMA IMPORTÂNCIA!
Alguém que vota sem ler é aquele que, conhecendo o bom trabalho do blogueiro, mas não quis ler o que outro escreveu naquele post em questão, é alguém que não é egoísta e quer que o amigo chegue à página inicial e que, mesmo não sendo o assunto de seu interesse, tem consciência de que outros serão beneficiados por aquele post informativo.
Não sejamos hipócritas, nem ingênuos!
É CLARO QUE JÁ FIZEMOS MUITO ISSO E É CLARO QUE HÁ BLOGUEIROS QUE SÓ O FAZEM PARA BENEFÍCIO PRÓPRIO!
Vou fazer igual ao meu professor de Filosofia quando ninguém na turma quis admitir que fumava ( e sabíamos que ao menos dois dos colegas tinham o vício) : ele mesmo levantou a mão e admitiu ser da turma "chaminé"!
Levantei minha mão agora e confesso: já votei ( e voto) várias vezes sem ler!
Pelos motivos certos, é óbvio, porque nunca almejei somente benefício próprio!
Não me venha com "discursinho pronto": não acredito que o meu recorde (já cheguei a 180 votos nos meus áureos tempos de diHITT!) foi formado apenas por quem leu meu texto!
Minha responsabilidade com que escrevo, e tudo que é concernente a um blogueiro de respeito, é que fez de mim alguém passível da "votação sem leitura".
Assim procedo também com autores-blogueiros que "babo" nos teclados do PC, de tão bem que escrevem: voto neles por merecimento e justiça!
Que fique claro - destaco com fervor - que o votar sem ler só tem relevância quando fazemos pelos motivos certos!
Para subida em rankings, porque o blogueiro é "amiguinho" (detesto "panela"; esse utensílio é só para fazer comida...) ou para pedir "favores" futuros, está INEXORAVELMENTE FORA DE QUESTÃO!
Creio que a tabela abaixo vá esclarecer bem o que tentei explicar até agora:



"Votar" não significa "ler"...
Creio que pelos motivos largamente expostos, até podemos aceitar.
Mas "comentar" é sinônimo de "ler"!
Por mais que um blogueiro escreva bem, é NECESSÁRIA A LEITURA PARA EMITIRMOS OPINIÕES!
Portanto não há, ao meu ver, explicação tolerável para quem comenta aquilo que não leu...
Comentário requer certo entendimento do que foi lido, e se alguém expõe algo não inteligível, corre o risco de ser mal visto.
É preferível apenas votar nesse caso.
Ao menos você terá algumas boas desculpas para fazê-lo!...
O voto consciente é o que exigimos na política.
Sejamos conscientes também na blogosfera!
"Votar" sem "ler" não é o mesmo que afirmar que o texto daquele tal blogueiro vai mudar a história da humanidade.
Tampouco que a informação ali contida é precisamente de teor sério.
Porém, garanta dentro de si o propósito de seu voto.
Entenda que você é um dos responsáveis por aquele post que foi a popular e, sendo assim, há uma grande chance de aprendizagem ou entretenimento de alguma pessoa, que porventura venha a lê-lo.
E, por favor, "leia" o blogueiro antes!
A blogosfera agradece!...


(Imagem:

Fonte desconhecida

Edição de imagem:

http://marymiranda-fatosdefato.blogspot.com)



24 comentários:

disse...

Vc tem toda razão mas eu confesso que as vezes faço não comentário mas leio,por pura preguiça, mas já houve casos q votei sem ler, tbm por preguiça,pois aqui na blogsfera é muito prazeroso e me distrai muito pois estou muito só mas não é por desrespeito a ninguém é apenas preguiça, as vezes estou cansada,ou triste ai não comento não...

um bju

Mary Miranda disse...

Queridíssima Rê!

É bem natural votarmos sem ler, até mesmo por preguiça (nem sempre estamos com cabeça para certas coisas), mas é preciso que conheçamos o trabalho do blogueiro antes, para dar-lhes um voto de confiança!
Nós já conhecemos o trabalho uma da outra e por isso acaba ocorrendo essa situação, às vezes.
Mas comentar sem ler é que um problema... rsrsrs

Beijos, amiga!
Estou adorando porque você está convivendo conosco de novo!

Mary:)

LISON COSTA disse...

Saudações!
Amiga MARY:
Eu concordo com tudo o que você alinhou.
Acho que todos conhecem que fica registrado o número de acessos, o IP etc., portanto, quando o leitor vota sem ler ele é conhecedor do que está fazendo. Sabes amiga, eu nem ligo para isso. Para mim o importante é somente o volume geral de acesso ao fim de cada mês e o tempo que o leitor passou lendo cada matéria. Bem, uma ferramenta no meu Blog registra tudo.
Parabéns pela excelente matéria!
Abraços,
LISON.

Samanta Sammy disse...

Olá querida amiga e Musa da escrita !!

Bom, vou expor o meu caso.
Existem muitas vezes que voto sem ler. Não tenho problema nenhum em assumir isso.
Hoje por exemplo, não tive tempo de ler mais de um artigo(ou seja, o seu) porque no trabalho está uma loucura, e fiquei ocupada fazendo outras coisas, mas muitos amigos que gosto, postaram, então fui lá e dei meu voto a fim de ajudá-los na divulgação, já que hoje não poderei comentar.
É minha forma de dizer : Olha, estou sem tempo, mas posso fazer algo pra lhe ajudar !
Amanhã, ou talvez outro dia, eu volte no mesmo artigo, leia e comente como costumo fazer, algumas vezes só no blog, outras no blog e no dihitt.
Como trabalho no site, não concorro a Ranking, então tudo que faço, é por gosto, prazer e carinho mesmo.
Ás vezes não posso voltar e ler o artigo, mas já me sinto bem em ter contribuído para que um bom artigo fique em destaque.
Mas escolho bem onde contribuir, mas vejo casos onde dezenas votam em Spam... Ou então em blogueiros que não conhecem e mal sabem que o título é falso e vai pra uma pornografia, etc. Um mico total !
Agora convenhamos, comentar sem ler é o cúmulo do desespero pra pontuar.
Tivemos gente que chegou em primeiro lugar assim, e isso pra mim é de enojar, mas quem sai perdendo é a própria pessoa, pois o retorno é exatamente o mesmo, vai lá ver o blog em questão como está... às moscas...
Desta conduta me orgulho, mesmo quando competia por ranking, eu sempre li tudo e comentei em todos os blogs, e hoje, mesmo não podendo ter uma posição de destaque, meu retorno continua o mesmo e minha reputação de blogueira, intacta.
Portanto tudo é uma questão de bom senso.
Vejo nos meus artigos que tem média de 100 votos, mas 70% ou menos de acessos, mas nem ligo, quem não leu, beleza, vai ver estava , assim como eu, sem tempo, ou talvez outro motivo, não fico procurando nos relatórios quem leu ou deixou de ler, azar de quem não leu :)
Só lamento ver que alguns bons artigos não entram em destaque e outros, que às vezes são compostos de uma frase (e idiota ainda por cima) tomando este lugar, por causa de troca de favores etc, aí já não acho legal, mas enfim, voto é democrático :) fazer o que né kkk
Bom, é isso gata, cada um no seu quadrado, como já dizia o sábio Funk hahahaha mas vamos fazer direito, porque no fim, o que bate, volta :)
Arrasou como sempre !

Beijosss

Fernando Borges disse...

Bom, acho que sou uma exceção então.
Sempre leio antes. O simples ato de votar, sem uma olhada prévia no conteúdo, não faz o menor sentido pra mim.

Enfim... Além de ler, também comentei. Como blogueiro sei como isso é difícil. Se 5% dos que lessem comentassem a coisa já seria bem diferente.

requeri disse...

assino embaixo, em cima, do lado, dentro, fora, ... do jeito que for possível assinar.
os bloggueiros novos não entendem, por exemplo, que poucos gostam de comentar, e esse seu texto tem a ver com isso.

nada como anos de experiência ... hehe ...
só quem a tem , entende.

aliás, vc poderia criar um texto sobre comentários: fazer or not fazer ... quem faz??? pq não faz??? etc, etc, etc.

beijo.

Dú Pirollo disse...

Olá minha querida amiga Mary!!!
Minha amiga, todos fazem isso, mas alguns não admitem nem sobre tortura... rsrsrsrs... Muitas vezes pegamos amigos blogueiros que postam muitas mensagens num mesmo dia, lemos e comentamos algumas de maior interesse e votamos nas outras para colaborar com os amigos...
Parabéns pela ótima postagem!!!
Vamos nos conter!!!
Tenha uma linda tarde!!!
Beijos e muita paz!!!

Mary Miranda disse...

Lison, meu amigo!

Isso que penso também, que quem vota sem ler sabe o que está fazendo!
Eu jamais votaria em algo que eu tivesse dúvidas sobre o teor, do "ritmo" de escrita que tem aquele blogueiro em questão.
O negócio é votarmos com consciência!

Abraços e meu obrigada pela sua nobre presença!

Mary:)

Mary Miranda disse...

Estamos em sintonia, Menina Sorriso!...

Creio que suas atitudes quanto ao voto sem ler, sejam exatamente os critérios que uso para fazê-lo: sempre por um motivo maior!
Se não posso ou não me interesso por aquele assunto em pauta, voto porque sei que o blogueiro que escreveu é "fera" e poderá ajudar a muita gente com suas ricas informações!
A falta de tempo me atrapalha ( se eu fosse ler tudo que a minha caixa de entrada recebe, eu teria que me mudar para a web, literalmente!kkkkkk), o que me levou a firmar o propósito de ajudar com meu voto.
Ai, amiga, você tocou num ponto que muito me chateia, sobre voto em posts cujos links nem existem e foram a popular!
Por isso que friso bem a questão de se "ler" o blogueiro antes!
Blogueiros sérios, se tiverem links adulterados ou inativos, virão a público avisar, coisa que os "brincalhões" irão ficar "na deles", rolando de rir das caras daqueles que votaram neles, que não são nada confiáveis!...
Sua finalização foi perfeita: "o que bate, volta".
Aqueles que não agem com coerência na blogosfera, costumam sentir na pele o gosto da própria superficialidade que plantaram.
Mais do que votos, blogueiros precisam ser bons no que fazem, para aí, sim, merecerem aqueles almejados votos!


Beijos, querida Menina!
Adorei seu comentário, que foi de uma franqueza e objetividade ímpares!

Mary:)

Mary Miranda disse...

Fernando, boa tarde!

Você está mais do que certo; é por aí, sim!
Quando enfoco que "votar" não significa "ler", não exponho como regra "vote" e "não leia".
O que quero dizer que, expurgando os critérios torpes (para subir em ranking, "panelinha" e "pedido de favores futuros"), é possível votar em um artigo sem o ler antes, tendo como meta ajudar a um blogueiro idôneo, cujo post poderá ser útil a muita gente!
É possível fazer isso mas, é claro, que o ideal é "votar" e "ler"!
Eu gostaria de ter mais tempo para votar, comentar, postar e me divertir na blogosfera, só que sei que isso é humanamente impossível!
Recebo uma média de 500 posts diários na caixa de indicações do diHITT; claro que priorizarei os blogueiros cujos trabalhos conheço e sei que merecem chegar à página principal!
O "voto sem leitura" só tem serventia pelos motivos certos.
Nada de benefício próprio ou para "ficar bem na fita".
Temos que colaborar com quem atua com qualidade.
Em prol de uma blogosfera mais concisa, peço para que o voto sem leitura prévia só ocorra quando for para ajudar na popularidade de posts que servirão de informação ou entretenimento para muita gente!


Adorei seu comentário, Fernando!
Gosto de pessoas sinceras e você agiu assim aqui!
Muito obrigada, de verdade!!!!

Mary:)

Mary Miranda disse...

hahahaha É verdade, querida Rê Requeri!!!!

A arte de comentar já requer maior entendimento no assunto...
Votar sem ler pode ser até aceitável, desde que conheçamos o trabalho previamente do blogueiro.
Talvez eu cisme de falar sobre os comentários (tem umas situações que me irritam um bocado nesse assunto...).
Os blogueiros iniciantes têm uma ansiedade em serem reconhecidos, por isso não raciocinam direito, comentam tudo e de qualquer jeito.
Sobre "tempo de serviço", espero que quando estiver na época, o Pablito nos "aposente" com dignidade!
Vou exigir décimo terceiro e tudo!!!! kkkkkkkkkkkkk

Beijos!!!!

Mary:)

Mary Miranda disse...

Oi, Edu, tudo tranquilo?

O problema é as pessoas reconhecerm que votam sem ler, concordo! rsrsrs
Mas até que a galera que anda comentando, geral está admitindo que fez (e faz) várias vezes isso.
Um ponto legal que você falou é sobre os muitos posts de um mesmo amigo num dia só, o que colabora também para o voto sem leitura.
São todos posts relevantes, então temos que escolher alguns para lermos e os outros, só dará tempo mesmo para os votos.
O negócio é colaborarmos com uma blogosfera mais consciente!

Abração e obrigada pelo muito honesto comentário!

Mary:)

Felipe disse...

Moça Bonita
Costumo dizer que sou "bloguista". Que faça parte do Aurélio: bloguista - blogueiro só nas horas de folga.
Mas, voltando ao votar, ler e etc, não fujo a regra. Voto sem ler várias vezes por conhecer o autor do texto.
Como o "Sorriso Mineiro" (para quem não conhece apresento a Sammy),há casos em que retorno ao post para ler.
O comentar sem ler, muita vez, pode aparentar pouco caso quando, na verdade, é o corre corre que leva as pessoas a isso. Sem contar, é lógico, o malfadado "ranking" que, a meu ver, só atrapalha.
Beijão da presidência "ad eternum"

Mary Miranda disse...

Meu Canceriano Favorito: adorei! rsrsrs

"Bloguista", é a definiçao em Portugal, se não me engano, para quem é editor de blogs.
Bem, acredito que a maioria em peso (senão todo mundo) já votou sem ler!
Como você bem expôs, nesse cotidiano agitado que temos, não dá para lermos todas as notícias; é uma pena, mas é a realidade...
Agora essa de "Sorriso Mineiro" me surpreendeu: você também está adotando o "Sorriso" como definição para a Samanta?
Olha que vou cobrar direito de patente, hein? kkkkkk

Beijos mil, meu Presidente!
Como sempre, um comentário seu enobrece qualquer post!!!!

Da vitalícia e recíproca,
Mary:)

requeri disse...

eu quero título vitalício no dihitt. os bloggueiros novos, inclusive, acreditam que o comentário pode significar popularidade. porém, o blogg pode ter poucos comentários e muitas visitas. ou seja, comentar nem todos gostam e, mais ainda, a maioria não lê os comentários anteriores ao seu.
quer dizer, são várias nuances sobre o mesmo tema e, no frigir, dos ovos, nada se compara ao prazer e à alegria que os nossos bloggs nos proporcionam, sejam ou não movimentados, visitados, comentados.

certo???

beijo.

Fatima Zanin disse...

Olá Mary, percebi que muitos que votam sem ler, nem entram no blog ou site, ou votam só quando a noticia se tornou popular,infelizmente percebi isso, fazer o que.
Beijo.

Mary Miranda disse...

Rê: - Também quero! Também quero! rsrsrs

Pelo tempo que rodamos pelo diHITT, além do cargo vitalício, exijo um quadro de honrarias na página principal do site por "nobres serviços prestados à blogosfera"!
(Mas nós já somos bestas, não? kkkkkkkkkk)
Dileta amiga, você está me inspirando de verdade a escrever um post sobre comentários!
Tem tantos lados de uma mesma moeda, que rende um bom caldo, acredito!
Mais uma vez tiro o meu chapéu e peço bis para o seu enfoque, da falta, muitas vezes, de lermos comentários anteriores!
Se os comentários são tão importantes assim - e nós sabemos que são - por que não ligamos muito para que os nossos colegas dizem a respeito do assunto que nos chamam a atenção?
Como diria Dona Milu: "Mistério!"
Qualquer dia vou puxar essa polêmica!
Deixa comigo! (Ando com saudade das polêmicas saudáveis dentro do diHITT! rsrs)

Beijos,
Mary:)

Mary Miranda disse...

Oi, Fátima! Não tem como negar que muita gente faz isso...


Acho que "votar sem ler" em posts de blogueiros que conhecemos bem o trabalho, é automático.
Fazemos até por impulso em sermos justos por sabermos da competência daquele blogueiro.
Mas gente que vota direto, sem nunca ter ido ao blog do editor, tem má intenção: só está pensando em subir no ranking, pode crer!

Beijos, amiga!
Também gostei muito da sua sinceridade!

Mary:)

Flora Pires disse...

Pois é minha linda amiga Mary!
Como sempre você arrasa oferecendo textos exemplares em formulação, redação e conteúdo!
Tenho aprendido muito com a professora, kkkk!
Este tema nem foi tão polêmico minha amiga, pois tocastes com verdadeira mestria em pontos essenciais e de senso comum.
Votamos em quem somos fãs, em conteúdos relevantes, em temas que nos interessam e até em algum gracejo que nos alegra. Mas votar com critérios sempre trará retorno qualitativo que para mim é o que importa realmente.
Quantidade nunca representou qualidade e sei por experiência própria, pois já fui muito gorda e não tinha qualidade de vida, kkkkk. Mas era uma pessoa de “peso”..., kkkkk.
Quanto ao fator comentários já me deparei com verdadeiras pérolas inesquecíveis demonstrativas de desinformação e até ingenuidade. Mas aproveitei bastante, pois me diverti muito. Sei que algumas pessoas ficam iradas, mas eu me divirto.
É meu jeito!
Assim que te parabenizo pelo tema e forma franca com que fazes esta abordagem.
Beijos no coração!
Ps. Demorei, mas cheguei rsrs!

Valéria Braz disse...

Oi Flor.... atualmente pouco voto e pouco comento, devido a tamanha falta de tempo que ando....hehehe
Já votei muitas vezes sem ler, exatamente pelo que você falou... conheço o autor e sei que seu trabalho merece meu voto. E sempre acabo voltando e deixando comentário posterior....
No entanto, em quem não conheço não voto se não abrir o post e ver do qeu se trata... e muitas vezes acho o título interessante e o artigo uma lástima, nestes casos te confesso que não voto e nem comento!
Agora, jamais comento sem ler.
Perfeito como sempre!
Beijussssssss

Mary Miranda disse...

Flora, querida amiga!

Nem preciso dizer o quanto me envaidece com suas tão lindas palavras para definir meu post!
Obrigada mesmo!!!!
Sou professora mas, antes disso, uma eterna aprendiz e são pessoas como você que muito me ensinam!
Foi um tanto polêmica, meu anjo, essa questão do "votar sem ler" porque sei que não são todas as pessoas que assim agem e até já surgiu um post de um blogueiro novo aqui no diHITT, o José Luiz , que lançou um texto com a mesma temática, no que o aplaudo pela busca de informação, acho válidos os questionamentos dele.
É mesmo, amiga, essa de quantidade não está com nada! (Quem ser gordo demais? kkkkk)
E é bem por aí,sim, querida, de votarmos nesses blogueiros dos quais somos fãs, de acabarmos de ler um post deles e nos perguntarmos: "Por que não tive essa ideia antes?".
Fico numa torcida danada que o meu voto vá ajudá-lo a popularizar o seu grandioso post pois, na blogosfera, só vence quem tem qualidade!
Comentários "nada a ver" me aborrecem, não levo com tão bom humor assim como você! rsrsrs
Claro que não falo com a pessoa, mas por dentro estou chateada!
Gosto do seu jeito de ser, Flora, e acho que as pessoas devem ser sempre elas mesmas, doa a quem doer!
E não demorei nada pra chegar!
No momento que chegou, já me deixou feliz, isso é o que importa!!!!

Beijos, doce amiga!
Obrigada pela igualmente sinceridade no comment!

Mary:)

Mary Miranda disse...

Boa tarde, Flor Val!

Tirando algumas exceções, amiga, a maioria vota sem ler em posts de blogueiros que ele já conhece o trabalho!
Eu fico contente que muitos de nós, mesmo com os afazeres do dia, ainda separe um tempo pra nos preocuparmos com os amigos.
Esse tipo de voto-ajuda acho válido e justo!
Queremos que o diHITT cresça mais e mais, e bons posts, sendo a maioria figurando na página inicial, fará com que muitos outros blogueiros inteligentes venham participar, fazendo a expansão de ideias mais e mais evidente.
Comentar sem ler, acho o cúmulo!
Muitas vezes vemos verdadeiros "micos" devido a essa prática nada recomendável do "comentário sem ler".


Beijos, minha florzinha!
É isso aí!
Estamos no caminho certo, sendo honestos e justos, sempre!
Obrigada mais uyma vez!!!!

Mary:)

Anônimo disse...

Minha querida amiga Luciana Vaz postou um comentário muito lúcido e imparcial no diHITT, que eu resolvi copiar/colar aqui:

E vale destacar: Ler não significa votar. Tudo bem, minha linda? Saudades! Lendo o seu artigo, realmente, algumas coisas não me passavam pela cabeça. Em tempos de mais atividade no Dihitt, eu percebia por estatísticas do blog que era muito mais votada do que lida. Mas não pensava por esse lado de gente dando um voto de confiança mesmo sem ler pq já conhece o blogueiro. Gostei disso! Espero que seja o meu caso! Mas eu leio, amiga! E acontece que voto pouco e acabo prestigiando os amigos bem menos do que deveria por falta de oportunidade, leia-se tempo. Mesmo achando o seu argumento válido, eu prefiro ser lida do que votada. Os votos perdem o seu valor em poucas horas, tão logo a página das notícias populares é virada para outras tomarem o lugar de destaque. Já as linhas que escrevemos continuam cumprindo a sua função, seja encantar, informar, polemizar, etc. E acho muito mais importante para o blogueiro ter um post repercutindo do que vários votados. Até pq, mesmo que tenhamos alguns leitores eventuais e outros fiéis pq se identificam com a gente, vamos combinar, não dá pra acertar todos os dias. Mas é uma visão minha da coisa e respeito quem pensa diferente. Certa vez, eu escrevi um post aqui no mundo dos hitts pedindo ajuda para a resolução de um problema técnico e informando que, resolvido o problema com a ajuda dos dihittianos, eu deletaria tal post. Foi na minha época de muita atividade dihittiana e todos os posts populares. O título era algo assim: Por favor, não votem, só preciso de uma ajuda rápida. Pq dei esse título? Pq não queria atrapalhar o fluxo de notícias merecedoras de popularidade. Não queria votos para algo sem conteúdo e prestes a ser deletado. Mas foi o meu post mais votado de todos os tempos. Então, possivelmente, as pessoas votaram na blogueira e nem notaram que aquilo sequer era um post. E, conforme o combinado, deletei o meu mais votado não-post entre posts de verdade. Tb vale destacar que o Dihitt não é uma ferramenta exclusiva de blogueiros, é uma plataforma de informações muito frequentada por blogueiros. Eu te digo, na boa, eu não voto sem ler. E acontece de eu ler e não votar. E isso me prejudica no quesito interação pq prestigio os amigos poucas vezes ou muito menos do que os amigos gostariam de serem prestigiados. Ah, e sou fumante, amiga! hahaha... Tb ocorre de eu ler, votar e não comentar. Geralmente, eu deixo de comentar temas que não entendi ou não consegui formar opinião de imediato. Eu sei que o Dihitt precisa de uma certa rotatividade, de movimentação para ser o que é. Mas eu continuo no meu quadrado, ou seja, voto se puder ler e se encontrar motivação pra votar. Se o tema me interessa e não dá tempo de ler, eu salvo pra ler depois - sem votar. Se tiver que votar um ano depois pq demorei pra ler, eu voto 1 ano depois. Muitas vezes, eu estou pesquisando algo no Google e o próprio Google me traz ao Dihitt. Mesmo que tal informação tenha sido publicada há anos luz, se tiver que votar, voto anos luz depois. Tem dias que estou pra piada e só leio humor, daí, voto no que me fez rir. Tem dias que to de poesia, tem dias que to de noticiário, tem dias que to de bobeira e voto um bocado de porcaria... Mas leio. Se for hilário ou coisa assim, eu voto, pq não? Mas leio, amiga! E sou fumante! rsrsrs... Beijíssimos da sua amiga Lu.

Mary Miranda disse...

Eu, Mary, assim a respondi:

Bom te rever, Lu!

Amiga minha, que ventura um comentário seu aqui, com essa amplitude que lhe é inerente, de tal franqueza e lucidez sem par!
Bem, por onde começo? rsrsrs
Pelas coisas ruins, naturalmente, para terminarmos "na boa"...
Puxão de orelha: páre de fumar!
Leve mais a sério as campanhas anti- tabagistas, dando uma olhada antes no rótulo do maço de cigarro.
Não deu certo, eu sei, mas tente, por favor, tente parar de fumar, de algum jeito! (Promete?)
Mãozinha levantada, admito que já votei e ainda voto sem ler, com destaque para os motivos desbravados no post.
O meu "ser lida", hoje em dia, querida, tem esses outros focos, do amigo que me elogia, ao votar em mim, porque confia no que escrevo.
Comparo isso com um político que já teve vários cargos dentro da política mas, nunca foi, por exemplo, senador.
Ele sai candidato e como votaremos nele, se nunca foi um senador antes?
Vai ser mesmo pelos trabalhos anteriores, não tem outro jeito...
É a isso que comparo na blogosfera.
Blogueiros bons não precisam ter post a post sendo lido para sabermos sobre sua importância e firmeza no que escreve!
Eu identifico assim, como motivo adequado, para se votar sem ler: tendo em mente que se está ajudando com justiça blogueiros competentes a terem seus posts mais visualizados!
Suas motivações, minha linda, são bondosas e igualmente justas, no que tenho que tirar meu chapéu e pedir bis!
Sim, é legal o que faz, votar em artigos que de fato leu, pois assim estará sendo mais leal aos seus princípios, e isso é muito importante.
Mas num ponto em que nós duas somos IGUAIS, é que sempre temos em mente fazer a coisa certa, nunca querendo benefício próprio, votando em artigos que, de uma maneira ou de outra, irá estar prestigiando bons trabalhos.
Ler o post ou "ler" o blogueiro, são formas coerentes de sermos mais justos, colaborando com uma blogosfera bem mais sensata e sadia.
Terminando, tive que rir - desculpe, Lu!- dessa história de quando você não pediu votos, foi quando mais os recebeu!
Ah, essa nossa internet é um rio bem caudaloso mesmo! kkkkkkkkkkk
E devo dizer que concordo com o "ler" não significa "votar".
Se não apreciamos um post, não devemos deixar um voto em algo que não achamos apreciável...

Beijos, amiga!
Adorei seu comentário e saiba que é isso que nos motiva a continuar escrevendo!
Pessoas francas como você faz da internet um espaço bem melhor de ser "habitado"!
Obrigada, querida!!!!

Mary:)