PARA QUEM AMA GATOS

PARA QUEM AMA GATOS
(Clique na imagem)

Quais assuntos mais te interessam no blog Fatos de Fato?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Barack Obama, o presidente gente

Para quem nunca assistiu a Mississipi em chamas, ouviu falar do apartheid , soube do sistema de cotas étnicos ( no Brasil) , ou sequer escutou por aí , quando algo sai errado: "Só podia ser preto mesmo!", Barack Obama é apenas uma passagem "blá-blá-blá" dos EUA e do mundo.
Mas será que estamos conversando com gente tão desinformada assim?
Obama é mais do que um "presidente negro".
Por quê?
Porque, caro amigo ou amiga, ele traz em si uma individualidade pertencente à casta alta, qual um brâmane, dos que se superam pela inteligência, carisma, conceitos morais e éticos, passíveis de erro como qualquer outro.
Ele não está lá por ser "mais um rostinho bonito"!
É o 44.o presidente dos EUA, eleito por mérito, mas alguns tentam desconhecer esse fato.
Quem finca os pés no racismo velado, dizendo que o Mundo "pegou leve" e deu uma esmola ao "negro" Obama porque os seus "membros de raça" se esmagaram nos anos de escravidão e miséria, sendo assim, formando um dos principais pilares da força americana no processo da Independência, está cometendo uma injustiça, e das grandes!
O cara tem respaldo. Ou será que os diplomas, certificados, honrarias que recebeu foi por causa da sua cor -ahn- diferente e lá no país do American Way of Life também há a esmola educacional das "cotas" em faculdades ?
São duas as graduações que tem para se auto-afirmar como homem e como um homem social: a de Ciências Políticas pela Universidade Columbia e a de Direito pela Universidade de Harvard.
Uma pausa para o cafezinho.
A Universidade de Harvard, só para dar uma refrescada mental de política, é considerada a maior universidade , e por isso até, uma das mais prestigiadas, essa que é a mais antiga das universidades americanas, "nascida" a 8 de setembro de 1636.
Para se ser um aluno de lá, o candidato tem que se preparar mais do que para ser um presidente!
Isso mesmo!
Pegue um concurso público aqui no Brasil para tornar-se Juiz Federal ( me socorra Maurício Scheinmann!) , ganhando em torno de seus R$ 20.000,00 ( já viu que a prova é "pedreira", né?) e multiplique por 10, o grau de dificuldade.
Aí você terá mais ou menos o resultado do que é fazer parte do cast discente de Harvard!
Mede-se satisfatoriamente inteligência por Harvard, sim!
Os seus anos de existência e seus brilhantes alunos, não me deixam mentir.
Vamos para Obama:
Este homem é responsável por assuntos de política, impensáveis até então, dos botecos às salas vip's , das manicures aos salões de automóvel, daqueles que a compreendem ou não, daqueles que a consideram importante ou daqueles que fingem que não é importante...
Nascido a 4 de agosto de 1961, Barack Hussein Obama II é um exemplo de determinação ao lutar por direitos questionáveis.
Usou de sua autoridade para defender causas civis e ensinou Direito na Universidade de Chicago.
Quase um bastardo por ter tido pouquíssimo contato com o pai biológico ( após a separação dos pais quando tinha dois anos, só o viu depois de adulto uma única vez).
Foi senador por Illinois.
É de um Partido Democrata, algo que os americanos ficam de "pé atrás" pois costumam considerar o Partido Republicano como mais liberal, em detrimento dos democratas.
Peitou com garbo a "tradição" que se arrasta por séculos nos EUA: é o primeiro presidente a não servir em nenhuma das Forças Armadas.
É algo bem respeitável, já que americano adora uma guerrinha básica.
Você já ouviu falar que o frustrante Bill Clinton, cujo maior burburinho junto ao povo era de tocar jazz no sax e "chegar junto" de estagiárias, só não teve sua carreira ceifada do Governo Federal por conta de uma invenção às pressas de um ataquezinho ao Kosovo, país que "nem se encontra no mapa"( palavras dele)?
Barack Obama não precisou apelar.
Foi no talento e gogó de oratória mesmo!
E tem gente que acha que não passa de um "presidente negro"...
Aff! Haja paciência!
Admito que a princípio gostaria que fosse eleita a wasp Hillary Clinton, pelo seu histórico bem exemplar.
Mas vai que iríamos assistir ao velho filme?
Maridão Bill Clinton foi o presidente e ela sabia de toda a maquinária, assistindo da fila do gargarejo!
Há quem diga que era ela quem escrevia os discursos.
Perdoou puladinhas a la Monica Lewinski ( aquela não tinha sido a primeira nem a última vez que ocorrera a infidelidade deprimente de Mr. Clinton!)
Defende aborto, onde o mundo vigente é maciçamente cristão ou hipocritamente cristão.
Foi melhor Obama ganhar...
Mas a inteligência dela preponderou e o atual presidente a convidou para o seu cast.
(Bem dizia uma ex-professora que a política é uma prostituição disfarçada! Nesse ponto duvido que Obama estivesse pensando em mente boa apenas! Tem cheiro de jogada por aí!)
O futuro avô Obama ainda é franco: assumiu ter feito uso de cocaína, maconha e álcool na juventude ( um dia desses, porque o camarada é novo, só tem 47 anos, considerado jovem para um presidente!)
Um cara bacana, humano, sensato.
E tem gente que diz que é um "presidente negro", nada mais que isso!
Festa da posse, 20 de janeiro de 2009, só se falava e falava, muito e muito... dos vestidos da Mrs. Obama!
"Mas é muito formal! Ela é muito moderna para usar aquele sobretudo fechado demais!"
"Vestido branco para dançar a valsa da posse? E de ombros de fora num frio daqueles? Se eu fosse ela, mudaria de estilista!"
Nós já não vimos várias vezes pessoas comentarem mais os vestidos de Lady Di do que a presença honorífica de Príncipe Charles em eventos pomposos?
Então! Fofoca de roupinha usada por celebridades, é o fato mais globalizado que existe!
Coisa de preto? Coisa de branco? Coisa de japonês? Coisa de índio? Coisa de árabe?
Não, coisa de gente.
É isso o que eu penso sobre Barack Hussein Obama II.
Quem não gosta dele , que se esforce em vê-lo como alguém de carne e osso, que não o julgue por cor, e sim, por atos errôneos que por ventura possa cometer.
Que ele falhe, que ele se dê bem, que ele seja muito feliz, usando caráter e força de expressão para a sua sobrevivência, na política, no social, no seio familiar, na vida.
Que seja igual a todos os outros, que falharam por serem pessoas.
Porque ninguém nunca teve o direito de dizer "Só fez m... porque é preto!"
Se fizer alguma detestável m..., que seja porque é gente.
"Gente como a gente" , como diria Judith Guest, a honrosa conterrânea dele.
Ele não é nenhum super herói não, meu querido amigo ou amiga!
Como eu disse num post desses, em forma de comentário:
"Infeliz do povo que precisa de heróis" (Bertolt Brecht).
E de heróis, sinceramente, eu já ando farta!






(Imagem:

http://noticias.terra.com.br/mundo/interna)

18 comentários:

Al.way disse...

Gostei muito do seu texto, Mary. Acho que Mr. Obama será um grande presidente e, ainda por cima, acompanhado de uma brilhante primeira dama. Juro que nunca vi, em toda minha vida, uma primeira dama mais simpática.

albano

Mary Miranda disse...

Oi, Albano!
Também acho q ele será um ótimo presidente!
Mas não criemos muitas expectativas porque ele poderá praticar erros como qualquer outro.
A figura da primeira-dama também me impressiona!
Ela é sutil, adequada, e os dois formam um casal muitíssimo simpático!
Obrigada pelo elogio!
Abraços,
Mary.

ANA PIMENTEL disse...

uau! Senti, mas do que racionalmente li o que escreveu! Você escreveu com a alma! E tudo que se escreve através da alma, passa pela intuição, pela pele, é visceral! Sim. Isso! Não é por ser preto, mas sim porque tem crenças claras e valores que até muita gente tem, mas que ja tinha perdido
a confiança até nesses proprios valores tal a hipocria e a inércia em que vivemos! Obama representa, acima de tudo, um novo ar- limpo, autêntico, doce que nós tíhmaos esquecido o sabor. Obama veio para nos fazer lembrar a nossa humanidade REAL e refletir sobre ela!
E perceba bem o olhar que Obama dirige a Michelle repetidas vezes!É um olhar de quem nao tem medo de SENTIR e de mostrar-se verdadeiramente apaixonado.
Pois repito: Obama representa o renascimento de nossas mais intimas, autênticas, humanas e sinceras emoções!
E com ele, veio uma nossa percepção! Pois foram homems que o elegeram! Homens que, seguramente, defenderiam outros interesses e, talvez, com Obama, resoveram apostar , nao no jogo corrupto, mas nos ideaís de uma nação!
Sim. Não existe perfeição nesse mundo. Ele nao será perfeito! Mas, nos faz chegar perto em nossas reflexões do certo e do errado!

E isso nao é óooooooooooooootimo!

Sumy disse...

Olá!
Deixei uns presentinhos(selos) para você lá no meu blog.

Mary Miranda disse...

Oi, Ana!
Fico muitíssimo satisfeita por vc ter entendido e sentido o que eu quis dizer no post!
Ando enjoada desse povo q fica se referindo a Obama como "aquele pretinho dos EUA".
Ele trouxe a tona ideais perdidos, fez-nos sonhar de novo, coisa q já estava imersa em alguma lacuna mental da população em geral.
Herói? Ele com certeza, não é!
Que bom!
Já pensou mais um "Super-Homem" q vai c/ toda a pompa e força, mas q uma kriptonita de meio centímetro já o derrota s/ dó nem piedade?
Não, queremos gente de carne e osso no poder.
Obama é gente!
Um abraço e seja bem-vinda aqui no nosso "quadrado" rsrsrs
Mary.

Mary Miranda disse...

Sumy, lindinha!
Vou lá buscá-los, ok?
Muito obrigada pela lembrança!
Abraços,
Mary.

Sandra Geise Bortolato disse...

Oi Mary!
Seu blog é uma gracinha!
Seu texto estava magnífico e sua visão desse fato histórico é surpreendente.
Parabéns!
Mil beijos e muita paz.

Mary Miranda disse...

Sandra,
Obrigada, querida!
Eu só coloquei no texto o q eu achava de Obama, sobre os méritos por ele estar lá.
Bjs,
Mary.

Drauzio Milagres disse...

Acredito que o Obama será bem melhor que o idiota e assassino do George Bush, mas não vamos criar espectativas demais em cima dele. Ele será o presidente dos EUA e fará uma administração voltada única e exclusivamente para os interesses norte-americanos; e a história demonstra que o que é bom para os EUA geralmente não é bom para o resto do mundo. Um abraço. Drauzio Milagres.

Mary Miranda disse...

Drauzio,
Vejo Obama como um cara q trouxe uma certa esperança já q o Governo anterior tinha deixado um verdadeiro "buraco" na economia americana e mundial, e dado um tiro na nossa paciência.
O q eu espero de Obama de verdade, q ele aja c/ decência e logicidade.
E se as falhas surgirem, q não sejam condicionadas à uma simples cor de pele, o q os racistas não vão se privar de acusá-lo.
Um abraço,
Mary.

Drauzio Milagres disse...

Oi Mary, torço mesmo por tudo isso. Um abraço. Drauzio Milagres.

Mary Miranda disse...

Dráuzio,
Acredito muito na força do Obama, seu poder de comando.
Tomara q dê tudo certo p/ esse grande líder!
Um abração,
Mary.

Drauzio Milagres disse...

Também torço para que dê tudo certo. Um abração. Drauzio Milagres.

Mary Miranda disse...

Dráuzio,
Acho q todo mundo torce por Barck, não é, não?
O cara está se esforçando, é um batalhador!
Tomara q tenhamos apenas boas surpresas c/ o sr. Obama!
Um abração,
Mary.

Drauzio disse...

Que assim seja. Um abraço. Drauzio Milagres.

Mary Miranda disse...

Um grande comentário do Mauricio Scheinmann no diHITT, que eu trouxe pra cá, para enobrecer o post, feito na época que o lancei(28/01/2009):

" Mary Querida,
Obama está pegando um "rabo de foguete".
Pouco importa sua cor, credo, origem.
O que importa agora é que está sentado no posto mais importante da Casa Branca, cercado de uma competentíssima equipe e que tem um árduo trabalho pela frente.
Foi eleito com um forte apoio popular, ocupando espaço deixado por um presidente com uma das maiores desaprovações dos últimos tempos.
Portanto, é hora de deixar o homem trabalhar.
Ele é humano, vai lidar com problemas sérios, alguns até insolúveis.
Certamente vai ser criticado, já que na política sempre há oposição e os eternos descontentes, sem falar no momento delicado em que toma o bastão da maior potência mundial.
Obama tem uma grande responsabilidade. Mas seu grande desafio é o de provar a que veio.
Penso que seu primeiro objetivo é ser um tanto conservador e ficar atrelado às suas promessas de campanha, para não errar e, já pensando em planos futuros, preparar o terreno para as mudanças que pretende perpetrar. Ele é jovem e um bom estrategista, não tendo receio de cercar-se de pessoas bem preparadas.
Americanos gostam de políticos com capacidade de reinventar e até um pouco imperiais, ou seja presidentes cuja postura grandiosa seja compatível com a dos EUA e, Obama é o reflexo deste anseio, com seu queixo empinado, pose de atleta e uma retórica mudancista.
Ao mesmo tempo em que é audacioso e assume o comando do país com a mesma determinação com que venceu as eleições, Obama deixa claro que tem ciência dos desafios existentes, especialmente após a herança maldita de Bush.
O que falta é apenas os americanos e o mundo saberem que o sorridente, dançante, simpático, competente, carismático, ex-senador e self-made-man não é nenhum mago. Barack Obama foi eleito governante da maior potência do mundo, mas sozinho não poderá fazer muita coisa.
Tenho apenas receio do fato de muitos americanos estarem demasiadamente empolgados com o novo presidente e seu potencial para solucionar os problemas americanos e mundiais.
Penso que mais cedo ou mais tarde, quando a desilusão chegar, poderá haver uma decepção coletiva.
Um beijo,
Mauricio"

Mary Miranda disse...

Minha resposta a ele:

" Maurício, grande Maurício,

Que pena que não posso por o polegar p/cima mais algumas vezes p/ o seu comentário pra lá de pertinente!
Você entendeu magistralmente bem o que eu quis dizer.
Obama simboliza uma vitória do americano no tocante à esperança, já que esta andava perdida num canto da sala, devido a embusteiros anteriores, disfarçados de políticos.
Esperança é sempre bem-vinda e acho maravilhoso que todos nós(incluo até os brasileiros, que são de outra nação) estejamos vibrando com a perspectiva de mudanças, transformações.
Só não podemos é nos esquecermos que Obama é normal, uma pessoa que foi eleita porque batalhou duramente, estudou muito e independentemente de cor, raça, como você bem enfocou, vai pegar "um rabo de foguete".
E como eu escrevi no post, que Obama não é herói e pode errar a qualquer momento!
Heróis, assistimos nos filmes, desenhos animados...
Para presidente da República da Casa Branca, o mínimo exigido é que seja gente.
Adorei o seu comentário!
Porque o enfoque principal não é dizer se ele vai ser um bom presidente ou não.
O enfoque principal é que ninguém o cobre quando as falhas começarem a surgir, por causa de uma simples cor de pele.
Bjs,
Mary."

Mary Miranda disse...

O outro comentário do Maurício:

" Mary, tentei apenas externar minha reflexão acerca de suas palavras. Fico feliz que o comentário tenha sido pertinente.
O que não podemos esquecer, como você diz, é que Obama, como qualquer outro governante, é um ser humano.
O tempo dos reis deuses, já é passado. Terminou do Egito Antigo...

Um beijo,
Mauricio"


E o respondi:

" Maurício,
Grandes comentários valem um post e o seu só veio a enobrecer, como sempre! rsrsrs
Inclusive, meu querido amigo, aproveito o momento para incentivá-lo a transformar em posts seus comentários!
Gente, eu fico "babando" nas sábias palavras que acabam se tornando definitivas em muitos textos que postamos!

Bjs, de sua fã,
Mary."

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...