PARA QUEM AMA GATOS

PARA QUEM AMA GATOS
(Clique na imagem para conhecer)

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Periguetes - Quem são elas, afinal?

(Adriana Esteves como Sandrinha, em Torre de Babel, uma das primeiras periguetes da TV)


Tanto se fala e pouco se explica, as termologias que "invadem" nossas salas de estar...
A que funde minha cuca ultimamente é esse treco chamado "periguete", que resulta em tanta rima de fundo indecente!...
Alguns passarinhos, em formato de alunos impúberes, me contaram que "periguete" quer dizer moça que dá em cima do namorado das outras, e que anda na "night", de sainha bem curta. Sacanamente pergunto a elas, somente às meninas, se gostariam de ser essas cidadãs noturnas.
- Eu não, tia! Cruz credo!!!! - respondem, praticamente em uníssono.
Ora, se moças que apenas jogam charme para os rapazes e andam de saia pequena por aí, são motivo de esconjuro das menores, então há algo de errado na explicação!
Eu tinha entendido que o termo "periguete" - cuja variante vocálica o estabelece em "piriguete" - aplicava-se ao que, em tempo não tão ido assim, chamávamos de "namoradeira", aquela menina que não parava a boca, usando-a em beijos escondidos com a rapaziada do colégio ou bairro!...
Acho que mimaram demais a essa que vos fala, na infância; caçula e temporona (como poderão comprovar nesse link) tem dessas coisas... Levo logo, sempre, para a inocência da coisa: "Periguete é menina que adora namorar, dá umas beijocas e vai pra casa, sonhar com o Príncipe Encantado!..."
É porque ainda peguei uma época um tanto tolinha, de adolescente ficar esperando a pretendida na saída da escola, para perguntar se ela lhe daria um beijo. Peguei o período também dos bilhetinhos (eu mesma já troquei uns dois, mesmo sendo tímida que doía!), onde se fazia a clássica "inquisição": "Você gosta de mim? Marque ( ) Sim ( ) Não." ( Imitação barata de provas de múltipla escolha... Não deixei de rir dessa lembrança!)
Sendo eu assim tão pueril, estagnada no tempo de maneira estapafúrdia, ainda confesso minha inadequação à verdadeira função do vocábulo, já em dicionário, dessa periguete...Aulas de gente famosa, como a da Jaula das Popozudas de como ser uma, me embotam mais ainda a cabeça. Como se ensina algo que se pertence à personalidade de alguém?
Pois, se meus cálculos nas minhas pesquisas informais não estiverem alucinados, creio estar perto da resposta, pelo menos, conforme a mídia de TV e internet acusam: periguete, na verdade, quer dizer, PROSTITUTA!
Estou enganada? Desafio a me provar o contrário, conforme o "carnaval" midiático...
Só em duas novelas (falando por baixo) vê-se senhoras de "vida fácil", com o título de periguetes, uma que está verdadeiramente grávida, e outra que fingia, as ditas Brunessa (Cheias de Charme) e Suellen (Avenida Brasil).
Se eu mirar meu foco tão-somente para as mencionadas, terei dados alarmantes de como algumas "informações", mesmo eufêmicas, podem forjar uma palavra. As mulheres andam na noite, usam roupas curtas, saem com quem paga mais, não sabem quem é o pai do filho, são bonitas e muito bem maquiadas, usam o sexo como moeda de troca, não avaliam o sentimento das parceiras dos homens que "atacam" e são altamente sedutoras. Que definição será outra, senão, a de PROSTITUTA, como já me referi anteriormente?
Essa nossa sociedade é tão "correta", mas tanto, que nem para arrumar uma explicação mais aberta para prostituição, consegue... Vamos esconder, vamos rir com as aventuras e desventuras das "namoradeiras do século XXI" , elas arrumam filho e fazem sexo por grana, são meninas alegres, divertidas!...
Quando a cantora Ivete Sangalo se auto admitiu uma periguete, também foi ingênua (deve ter sido mimada feito eu na infância...) pois, com certeza, queria dizer que adorava namorar (quem não gosta?). Agora duvido que a artista iria querer seu nome ligado à vadiagem!...
Chego a ter saudade de Cyndi Lauper com o entretenimento de namoradeiras reais! No auge de sua fama, "As garotas só queriam se divertir"! Eram telefonemas para pessoas que não conheciam, noitadas bebendo cervejas, Festa do Pijama (brincadeira comum nos EUA entre meninas adolescentes que passam a noite acordadas, contando fofocas...), danças maluquinhas... É, Cyndi, Girls just want to have fun parece-me um passado tão distante...
As periguetes não se divertem porque, seu propósito é distorcido: é o fascínio por status que as comovem!...
Nesses nossos tempos de Aids, a brincadeira fica atá perigosa (creio ter vindo daí a classificação dessas "namoradeiras"), e quem se envolve com elas, está pulando fogueira com perna quebrada...
Nunca imaginei que poderia sequer lembrar, o que dirá sentir falta, das mocinhas populares do recreio! Eram aquelas dos cabelos soltos ao vento e batons vermelhos fortíssimos catados da mãe. Pediam para nós, as quietas, falarmos: " Duvido!" , quando queriam ser desafiadas , que conseguiriam trocar uns beijos com o mais gatinho da escola!... Elas sempre conseguiam- SEMPRE!- porque eram as mais descoladas! Faziam parte dos nossos sonhos mais secretos de que fossem varridas por algum furacão, para que os meninos-delícia nos olhassem um pouquinho melhor... Mas um misto de inveja e admiração nos tomava: se as queríamos longe, as queríamos perto também, para ver se aprendíamos algo... E vamos combinar que as mesmas tinham bom coração: copiavam o nosso dever quando não estávamos com saco para as aulas de matemática...
Periguetes - Quem são elas, afinal? As prostitutas amenizadas por um vocábulo engraçadinho ou as namoradeiras do Século XXI?
Minha ironia, que não vai deixar passar impune essa sacanagem social , resumirá assim: PERIGUETE é aquela que masca CHICLETE! Mesmo com a boca cheia, não deixará de pagar... SORVETE!

P.S.: Há salvação para o mundo moderno! Meus alunos e adolescentes, ainda enviam bilhetes de amor!...



Girls just want to have fun, de um tempo onde as garotas, namoradeiras ou não, se divertiam pra valer!!!!


GIRLS JUST TO WANT TO HAVE FUN - Cyndi Lauper



22 comentários:

loira sim burra não disse...

Mary lindona,
Logo que começou esta onda de "PIRIGUETI" achei que fossem meninas ,moças ou mulheres que gostassem de chamar a atenção, muito peruas, mas hoje vejo que não, uma perigueti na verdade é uma v@di@ ,ao menos o nome pirigueti é mais bonito do que V@di@ ou v@...p....
Bjssss

Mary Miranda disse...

Carlinha, meu docinho de amiga!

A mesma impressão, querida, que tive no início! Descubro, com o tempo, que "periguete" são mulheres que usam da sensualidade para conseguir coisas...
Será que estou tão enganada, ou não passam de prostitutas????? rs

Beijos, meu anjo! (E o funk? A quantas anda? rs)

Mary:)

Lidiane Franqui disse...

Oi mary, boa noite!

Gostei muito da sua citação sobre a música da Cindy Lauper. Mostra-nos que os tempos mudaram mesmo. Piriguete é um termo que eu também achava que era usado para garotas que queriam aparecer, mais peruas do que qualquer outra coisa. Elas geralmente querem isso também, mas vão além. Infelizmente estamos vivendo num tempo onde a moral está deturpada e algumas pessoas fazem de tudo para chegar "lá".
Bom, mas cada um vive como acha que precisa e também não gosto de julgar. Na vida, todas as nossas escolhas trazem consequências inevitáveis e ser piriguete, não apenas é mal visto, mas acarreta uma colheita nem sempre muito fácil.
Grande abraço! Muito bom levantar essa discussão. Um tema atualíssimo!

Vanda disse...

O estranho é que elas estão em todas as classes sociais, com pequenas diferenças, mas no final todas iguais =)


Grande abração, ótimo final de semana!

Mary Miranda disse...

Lidiane, tudo bem?

Quando se fala de comportamento de meninas adolescentes, sempre me vem a Cyndy Lauper porque acredito que seja o mais generoso, real e ao mesmo tempo inocente o modo de falar dessa complicada fase!... Já fui adolescente e só queria me divertir!... rs
AS periguetes são bem novas, mas com experiência de mulheres maduras e, talvez, por não saberem o seu lugar no mundo, agem de maneira vulgar, para conseguirem seus objetivos nada morais...
Culpo muito a mídia, que incentiva a "liberação" feminina, mas sabe puxar a corda, para que nos "enforquemos"...
Acredito que com o tempo, a maioria das que são atualmente periguetes, se tornam mulheres comuns, com anseios concernentes a sua idade e meio social!...

Grande abraço e meu agradecimento pelo prodigioso comentário!!!!

Mary:)

Mary Miranda disse...

Bem lembrado, Vanda!

Taí... AS periguetes merecem um melhor estudo por parte dos institutos de pesquisa. Afinal, são as criaturas mais democráticas de nossa sociedade! hehe

Abração e obrigada pelo comment!!!!

Mary:)

hercules disse...

Um belo texto, concordo contigo, na minha cabeça sempre pensei que periguete fosse sinônimo de prostituta kkk

Paty Michele disse...

Mary, salvo engano, o termo surgiu aqui na Bahia, no final dos anos 90, e a conotação inicial era de namoradeira mesmo. E como vc sugeriu no texto, a palavra deriva de PERIGO mesmo. Garota nova, perigosa, ou à perigo, rsrsrs.
Acho que a mídia distorceu o sentido da coisa (como acontece muuuito!),por isso hj a periguete, com E, é confundida com as trabalhadoras da noite. Até o apelido foi distorcido. É "píri", e não "pirí", como já ouvi na novela.
Espero que tenha sido elucidativa. Nem eu sabia que sabia tanto de periguete. kkkkk

PS: E esse clip da Cindy, hein, uma verdadeira pérola!

Um bjo

Mary Miranda disse...

Ah, então, eu não delirei, Paty! rs

Sempre achei que "periguete" era namoradeira e que vinha de perigo, aquela moça que "ataca" e sai "vestida para matar"! rs (Mas com certa ingenuidade, nada muito vulgar...)
Foi bom você ter comentado porque tirou essa aura de "vagabunda" que a periguete estava me causando... A mídia, para seu bem próprio, resolveu deturpar algo que era até divertido!...
No sentido de namoradeira, você é uma "periguete", Paty? Eu sou uma periguete ocasional, isto é, quando estou apaixonada por um cara, fico toda toda, mas só pra ele!... kkkkkkkkkkkkkkkk

Beijos e OBRIGADA pelo lúcido e utilíssimo comentário!

Mary:)

Mary Miranda disse...

Hercules,

Muita gente está confundindo mesmo!
A periguete verdadeira é só uma moça que adora namorar, se veste sensualmente, mas não é vadia, não pratica sexo por dinheiro...
Infelizmente a mídia bagunça tudo porque deve ser mais rentável a "vagabunda" que a "namoradeira"!... rs

Abração,
Mary:)

Paty Michele disse...

kkkkkkkkkkkkk
Mary, eu confesso que já periguetei muito, mas hj aposentei a periguetagem pq estou noiva, quase casada de novo,
kkkkkkkkkk

Adorei e tô recomendando seu blog hoje, lá no IMD.
Confira: http://www.patymichele.blogspot.com.br/

DÉA BRASIL CABELOS disse...

Que delícia!! já ri muito por aqui.....
essa discussão "Periguete" tem seus glamour...mas concordo com vc...jeitinho dificil de conseguir coisinha facil..aff

bjim, volto mais vezes!
Dé@
http://deabrasilcabelos.blogspot.com.br/

Larissa Bohnenberger disse...

Mary, querida!

O que eu acho que aconteceu com o passar do tempo, foi uma modificação no conceito de 'piriguete'. Porque quando o termo surgiu, ele se referia quase que exclusivamente ao tipo de roupa que a menina ou mulher vestia, mas não fazia alusão ao comportamento. 'Piriguete' era aquela que usava a famosa saia "cinto" com top curtinho ou muito justo, deixando grande parte do corpo à mostra. E que se achava o máximo e gostava de chamar a atenção e atrair olhares. Ora, dentro deste conceito eu inclusive fui 'piriguete' nos meus dias (na época em que o corpinho podia ser mostrado). O problema é que, com o passar do tempo, começou a associar-se a 'piriguete' da roupa curta com um comportamento promíscuo. E aí o próprio termo acabou por absorver esses novos conceitos comportamentais que se viam em grande parte das mulheres que usavam o tipo de roupa em questão. Hoje, sinceramente, não sei até que ponto essa denominação acabou chegando. Sei que ainda vejo, em pequenos grupos de jovens e adolescentes, o uso da palavra 'piriguete' no seu sentido original, um sentido mais puto e menos maldoso.

Bjoooosssss!!!

P.S. Só um adendo que eu tenho que te contar... Essa história de 'piriguete' deu tanto o que falar num grupo do FB do qual participo, que você nem sabe... As gaúchas e as pernambucanas que são as mais faladoras de asneira de lá, se juntaram pra fazer um documento com termos regionais... Aí nesse dicionário entro a palavra quenga, mas não no sentido de puta, como nos livros do Jorge Amado, no sentido atual, como elas utilizam o tempo nos dias de hoje... Pra se referir à alguém que usa roupa muito curta, ou uma maquiagem muito carregada, ou menina que beija mais de dois na mesma festa... Então alguém foi lá em comparou o 'quenga' moderno com o 'piriguete'... Pra quê? Teve mulher que se ofendeu, foi um bafafá, moderação excluindo o documento, um horror. E nós, as tagarelas que adoram falar bobagem, tivemos que começar a medir mais as palavras... kkkkkkkkkkkkkkkkkkk!

Agora sim, beijos! kkkkkkkkkk

Cecilia sfalsin disse...

Ei Belíssima,

Andando quase parando cheguei aqui, rsrs,
Seu tema é instigante sabia?
Nunca parei para pesquisar o real significado de periguete, e nem a função de uma, rsrs, e pior, tenho amigas que ja me chamaram da mesma, mas por me achar perua as vezes, me fartando de acessórios , maquiagem, salto e etc, interessante o que compartilha , porque também tinha esta visão que você colocou com sabedoria, sempre achei que periguete eram aquelas mocinhas mais avançadas, espontâneas, pegadeiras de beijos e abraços. Hoje só atualizou o nome não é verdade? rsrs, , ou melhor apenas passaram a ser mais transparentes .Se exporem mais, o que é lastimável.....

Amei o artigo,

Beijos em seu coração com estrelas brilhantes, rsrsrs

Valéria Braz disse...

Oi Flor, gostei do tema, afinal esta palavra vem causando muito frison e desentendimentos linguísticos. Heheheh
Eu acredito que ela hoje assume vários significados dependendo do contexto em que é utilizada.
Para uns pode ser apenas a garota namoradeira e que adora balada. Para outros pode ser aquela mulher que usa ser poder de sedução para conseguir algo, podendo ser material ou não.
"A palavra teve origem na periferia da Salvador, a expressão perigueti que é mais usada na versão pirigueti, é fruto da junção das palavras perigosa e girl, e o ete surgiu para soar melhor ao se pronunciar." (definição de Milene Rios)
Hoje em dia, o dicionário Aurélio em sua versão juvenil, acrescenta gíras e uma dela é perigueti, que passa significar "moça ou mulher que não tendo namorado, demostra interesse por qualquer um".
Quantos aos interesses escondidos no interesse deste qualquer um, acredito continuará sendo determinado conforme o contexto em que se colocar a palavra.
Como nossa mídia hoje é pura sexualização... imagina por onde caminhará esta expressão não é mesmo?
Beijo no coração

Mary Miranda disse...

Agora está mais calminha, né, Paty? rsrs

Como estou ainda do páreo, posso deixar aflorar minhas armas de sedução "periguetísticas". Basta apenas eu me apaixonar de novo! kkkkkkkkkkk
Obrigada pela indicação! Puxa, estou envaidecida, de verdade, pelo elogio!!!!

Beijos!!!!

Mary:)

Mary Miranda disse...

Déa, tudo bem?

O termo "periguete", por si só, já é engraçado! rsrsrs
Muitas mulheres fazem uso da sedução para conseguir coisas mas, pelo jeito, a periguete vai muito além... Ao menos que vemos atualmente por aí! rs

Beijos!

Mary:)

Mary Miranda disse...

É, Lari, como certas conotações tomam vulto, né? rsrs


Esse termo "periguete" sempre me aborreceu, embora o considerasse até inofensivo...
Com o tempo pegou um sentido de "vagabunda" que, até minhas aluninhas bem novas (coisa de 9/10 anos), têm pavor dele! rs
Eu nunca fui periguete constante, daquela de estar sempre vestindo roupas curtas, maquiagem carregada, etc. Sou o que me auto intitulo como "periguete ocasional", ou seja, quero muito chamar a atenção de um cara que esteja a fim, aí coloco tudo o que imaginar que possa atrai-lo, que eu sei que ele vai curtir! hehe (Vale vestido curto, maquiagem mais "tchan", e tudo o mais! rsrs)
Esse do "bode" que deu no Face foi hilário!!!! kkkkkkkkkkkkkkkkk Menina, explicações informais dando "rolo"? CAraca, imagina se fosse coisa séria???? kkkkkkkkkkkk


Beijos, linda!

Obrigada pelo ótimo relato!!!!

Mary:)

Mary Miranda disse...

Boa noite, Ceci!!!!

Ah, querida amiga, ô palavrinha confusa essa, não? rs No início a conotação era de moça perua, depois de namoradeira e agora, de vadia!!!!
Se continuar assim, daqui a pouco vai ser o quê? rs (Só espero que não chegue à ladra e assassina!!!!)
Ser periguete deveria apenas uma coisa divertida, "light", sem sentidos tão ruins... rs

Beijos, amiga!!!!
Obrigada pela grandiosa participação!!!

Mary:)

Mary Miranda disse...

Val, minha Flor querida!

Confesso que o termo "periguete" estava me aborrecendo por não saber o uso real!
Através de comentários como o seu e de outras pessoas que aqui estiveram, as coisas estão se encaixando aos poucos na minha mente! Só senti o "perigo" da palavra, quando minhas aluninhas fizeram o sinal da cruz, dizendo que elas não são e nem serão! Daí, pensei: "Se periguete fosse só a namoradeira tradicional, elas não fariam isso..."
Daí notei que era um termo bem mais pesado! rsrs
No início era isso mesmo, a moça que namorava qualquer um, saía arrumada e sexy apra arrumar namorado(s).
Como você falou, Val, a mídia erotiza tudo, e naturalmente tenderam para esse lado porque deve ser mais conveniente... E concordo plenamente contigo que a partir de agora, irá depender do contexto!
Se você chamar uma amiga de periguete de maneira jocosa, entenderá que apenas sugeriu que ela está muito sexy, sedutora; se for uma mulher que mal conhece e a fisionomia estiver séria, naturalmente que a pessoa vai ficar ofendida porque a sugestão é de "vadia".
Muito obrigada pela fantástica participação!

Beijos, doce de amiga!!!!
Mary:)

Sérgio Santos disse...

Oi Mary! Adorei o texto e também gostei de te ver falando de personagens de novelas! Que orgulho! rsrs

Na verdade acho que periguete é um termo usado para mulher vulgar e nem digo isso exclusivamente em relação à vestimenta e sim ao comportamento também. Não diria prostituta, porque elas cobram, né? Periguete vai de graça mesmo, se bem que muitas tem algum interesse em alguns casos.

Mas o termo depende muito. Se é um amigo te chamando de periguete, ele tá querendo dizer que você está 'vestida para matar' ou que tá sexy, já se for um desconhecido é desrespeito mesmo.

O termo namoradeira caiu em desuso, mas quando era usado não era pra classificar a mulher desse jeito, até porque isso nem era 'moda', e sim para dizer que uma mulher tinha muitos namorados e a relação não durava com nenhum. Enfim, acho que é isso. Beijão!

Mary Miranda disse...

Oi, Sérgio!

haha Lembrei de você falando de personagens novelísticos!... (Na verdade, gosto de citar novelas de vez em quando porque é cultura popular e, algumas, merecem nossas reverências...)
Pois é, amigo, como foi bom ter lançado esse post!!!! Só agora entendo com clareza o que é e como surgiu o termo "periguete!" Andava bastante intrigada!...
Como você sobriamente falou, a palavra vai depender da contextualização, ou seja, proferida por alguém íntimo da mulher, sem problema, apenas está dizendo que ela está lindona e vai arrasar na night, mas por gente pouco conhecido, pode crer: é ofensa e das piores! rsrs
Acho bacana em qualquer idioma, é essa vivacidade que as palavras ganham, não é mesmo? A conotação vai variando de tempos em tempos, e quem não se atualiza, acaba passando até vergonha muitas vezes!... rs


Abração da Mary e obrigada pelo comment bem oportuno! :)