PARA QUEM AMA GATOS

PARA QUEM AMA GATOS
(Clique na imagem)

segunda-feira, 23 de março de 2009

São elas que mandam!

Uma feliz mamãe elefanta e seu filhote

Sempre ouvi falar em família matriarcal (onde a mulher é chefe), mas nunca comprovei se de fato existiu, já que história é história e devemos confiar apenas no que nos é passado por gerações e por escrito.
Sei da prática da poliandria (uma mulher com vários maridos) em alguns lugares, tipo tribos, mas as mesmas são consideradas ainda selvagens, longe da cultura vigente dos chamados “civilizados”.
Bem, mas o meu enfoque neste post não é bem falar sobre os humanos, mas expor “conceitos” entre os irracionais e sua “lógica” para passar às fêmeas o encargo da dominação.
Segundo as minhas pesquisas, descobri fatores interessantíssimos para as “mulheres” dominarem o território.
Há várias espécies que a praticam, mas deterei meus pensamentos a algumas, onde lê-se: hiena, elefante, abelha, orca e chimpanzé(bonobo).
Separarei por parte:
HIENA – A hiena configura-se num grupo de família matriarcal mais conhecido no reino animal.
É a fêmea mais forte e inteligente que comanda a equipe, brigando entre elas para o monopólio da liderança!
Vivem em pequenos grupos e são bastante respeitadas pelo macho.
Costumam escolher seus parceiros e quase nunca aceitam acasalar-se com as hienas macho antigas de sua equipe, preferindo os recém-chegados para não correrem, assim, o risco de terem filhotes de parente. ( São espertas essas meninas, hein?)
ELEFANTE – Já o elefante passa a “bola” para as fêmeas por um fato mais do que louvável: porque são elas que geram os herdeiros!
As elefantas são tratadas como “deusas” entre os machos e sendo elas que os direcionam em busca de melhor comida .
Quando têm seu filhote (geralmente a gestação contém apenas um elefantinho), são os machos que cuidam dele, enquanto elas tomam banho e procuram por um bom abrigo em tempos de tempestade ou escassez.

Só que apesar de serem bons pais, os elefantes não conseguem conter os bebês : eles não largam a mamãe elefanta e correm atrás dela por onde quer que vá! ( Ser mãe é padecer no paraíso!...)
Os machos têm a função de proteção da manada porque são mais fortes fisicamente, mas esperam a “ordem” da líder , que no geral é a elefanta mais velha ou mais inteligente.
Todos nós sabemos o quanto os elefantes são sábios, portanto, eles sabem o porquê dessa atitude...
Ah, as fêmeas fazem controle de natalidade, embora não haja época de cio marcada entre essa espécie!
ABELHA – Toda vez que falamos em matriarcado animal, não podemos nos esquecer das abelhas!
Dividida em casta (operária, soldado e rainha ) um grupo de abelhas só é formado a partir da obra e graça de uma jovem rainha que voa longe em busca de lugar para reinar e dar continuidade à espécie.
Ao conhecer um zangão (macho das abelhas) dá origem a um reinado onde só ela é soberana: é ela que dá cria e origina toda a colmeia, entre operárias, soldados, zangões e as futuras rainhas que buscarão, como a mãe, o seu próprio espaço.
E o que faz o zangão nessa história toda?
Após a cópula, costuma morrer, já que cumpriu sua função. (Coitado! Apenas um "reprodutor"! Hahaha!)
ORCA – Ainda que temida por todos, as orcas, as chamadas “baleias assassinas”, são animais muito atraentes em suas particularidades.
Por exemplo, uma lenda que se arrasta e que não é a realidade: elas não matam gente!
Adoram comer krill ( uma espécie de peixe) e mantém uma fama de “más” porque devoram suas presas com voracidade.
Sobre a questão do matriarcado, não vi nada falando com desenvoltura do porquê, mas sabe-se que o animal que lidera é uma fêmea, geralmente a mais velha, que pode ser a avó, mãe ou tia dos outros membros.
É ela quem escolhe a época de migração para outros territórios quando o deles não oferece comida ou segurança para a família.
CHIMPANZÉ(Bonobos) – Propositalmente, deixei por último a espécie mais chamativa no tocante ao domínio feminino.
Os machos entre essa sub-espécie dos chimpanzés, os bonobos, são tão subservientes às fêmeas, que são considerados “machos feministas”.
São elas que fazem e acontecem!
Escolhem o ambiente que viverão, a comida, os parceiros e têm sexo na época que quiserem, independentemente de ser reprodutiva ou não.
As fêmeas são escolhidas para a liderança para evitar badernas e disputas que os machos normalmente se envolvem.
Se por acaso forem atingidos por um grupo inimigo, costumam ordenar os machos para a luta do espaço, se mantendo resguardadas em lugares escondidos.
Mas os machos não têm do que reclamar: elas nunca vêm com a desculpa que estão “com dor-de-cabeça”.
São extremamente sexuais!
Gostam às vezes de cópula grupal e nunca se negam a nenhum macho, mesmo que a preferência seja por aqueles que sejam fortes e saudáveis para uma boa linhagem, caso ocorra fecundação.
Outro tipo de animal que tem como escolha as fêmeas como líder, por serem elas que geram os membros familiares.

Desta história toda creio ter assimilado algumas lições.
É nessa hora que percebemos que é tudo uma grande bobagem essa coisa de “Gênero Superior”.
Se é feminino ou masculino, os gêneros podem co-existir de maneira digna, desde que haja respeito mútuo entre eles.
Resume-se apenas a questões de “começo”, ideia pré-concebida.
Um dia viveremos numa comunhão de pensamentos tão perfeito, que não haverá diferença e ninguém pensará se quem comanda é um homem ou uma mulher.
Simplesmente haverá uma lógica para qualquer situação.
Nossa sociedade “civilizada” tem que aprender muito ainda com os “selvagens”...

(Imagem:
Image Bank - Site não encontrado)

Uma perguntinha para vocês:

Qual dos animais citados só se acasala uma vez por ano?

Dica: Não são os bonobos! rsrsrs

Resposta só no próximo post!

2 comentários:

exoticlic.com disse...

miga se vc reparar vai perceber que nós do sexo feminino somos mto mais fortesdo que os homens e digo isso devido há uma simples analise:

uma mulher faz tudo tem pique pra tudo e a maioria dos homens não, não tem nem metade de afazeres comparado auma mulher e outra ja viu chororo de homem doente?

é fodaaaa

Mary Miranda disse...

FRX, minha querida amiga!
Os homens não estão acostumados c/ dor!
São fresquinhos c/ qualquer dorzinha, o "machão" passa longe qd se trata de lidar c/ emoções, sentimentos, ternura, carinho...
Parecem eternos carentes de afeto e atenção!
Traduzindo: são uns mimados(q nós acoramos, é claro)! rsrsrs
Ainda bem q os "selvagens", ou seja, os animais, sabem q somos melhores! rsrsrs (Brincadeirinha!)
Não quis arriscar uma resposta p/ a pergunta do final do post?
"Qual animal só se acasala uma vez por ano: elefante, abelha, hiena, bonobo ou orca?"
Bjs,
Mary.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...