PARA QUEM AMA GATOS

PARA QUEM AMA GATOS
(Clique na imagem para conhecer)

quinta-feira, 10 de março de 2011

Literatura e um conto de vida

E cá estou eu, em mais uns memes/selos; ou seriam selos/memes? Deixa pra lá...
O que importa é que adoro participar deles porque é uma chance de conhecer meus amigos e eles a mim, um pouquinho mais...
Um deles é literário ( que culto, não?) e haja queimação de cuca para escolher apenas ALGUNS livros preferidos, eu, uma leitora voraz! ( É a mesma coisa que perguntar a um chocólatra de que jeito ele gosta de devorar chocolate: em forma de bolo, barra, sorvete, biscoito...).
Bem, o meme abaixo foi enviado a mim, um dia desses, pelo meu amigo dihittiano Bruno Machado(Entrevista com Blogueiros), o cara que se tornou celebridade por ter inventado o verbo Re-selar (haha). Também tive a indicação do igualmente amigo e dihittiano Fábio C. Martins (Folhetim On Line), um grande contista.
Devo responder às perguntas que seguem:

1- Existe um livro que você leria várias vezes sem se cansar? Qual?

Pássaros Feridos, Colleen McCullough

Quando eu o li à primeira vez, só tinha 14 anos e até hoje é meu livro de cabeceira!
Para quem acha que Pássaros Feridos é aquela obra resumida a amor proibido de um padre por uma moça inocente, se engana redondamente!
Lá consta um verdadeiro tratado de vida, sobrevivência, tempo e espaço, tendo como cenário o labor árduo de uma fazenda, mas descortinando a época, a solidão, a inveja, a terra enredando o cerne vital de cada personagem, que são vividamente humanos.
Aviso aos navegantes:
Não meça o romance pela minissérie!
A literatura dessa ficção é INFINITAMENTE melhor, portanto, leia o livro...

ou

Os herdeiros, Harold Robbins

Há quem classifique o lendário Harold Robbins como escritor de segunda linha, chegando até, alguns críticos desinformados de plantão, a limitá-lo com argumentos de que suas obras são 'sub-literaturas'... (Devem ser os adversários escritores, com inveja da maestria em suas composições!)
Os herdeiros é um dos mais sinceros livros ficcionais que já li!
Ele é linha "casca grossa" ( como todas as obras desse autor), desbravando sem pudor, o mundo televisivo e seus bastidores questionáveis, cheio de clichês, mas originalmente verdadeiro!
Drogas, sexo, venda de corpo, venda de alma, chantagem, depressão, violência, tudo lá, exposto, com tal vitalidade que dói, como dor física.
É livro para ler e reler, de tão detalhado e surpreendentemente saboroso, o seu desenrolar.


2- Se você pudesse escolher apenas um livro para ler o resto da sua vida, qual seria?


Felicidade clandestina , Clarice Lispector

Foi através dessa obra de Clarice, que nasci para o gosto por leitura, eu que já gostava de fazê-lo, mas que não era, até então, uma leitora tão compulsiva! (Eu tinha uns 11 anos...)
É um livro de contos para "dormi-lo", "comê-lo" (como mostra uma das passagens do conto homônimo), livro para mergulhar no escuro e vir à tona com a luz que ele traz!
O conto homônimo (meu preferido) sempre me "pescou" em alguma parte do ser, e através da tortura psicológica da personagem menina sobre uma outra, percebemos que a autora faz uma analogia à raça humana, à vida, "essa coisa clandestina que é a felicidade".

ou

A insustenvel leveza do ser, Milan Kundera

Todas as pessoas têm peso e medida do ser, segundo Kundera!
Mas não é através de balanças ou fitas métricas que medimos, e sim, pelo olho do observador...
Ele desenvolveu quatro personagens (dois casais) para desenrolar sua trama não-linear e separou os lugares-comuns de "peso" por capítulos: amor, família, guerra, paixão, pátria, saúde...
É um livro de difícil entendimento (não deve ser nunca a primeira leitura de ninguém!), embora cada página seja um convite à leitura da próxima, intrigando e ao mesmo tempo contagiando; parece que causa uma desfragmentação do pensamento, forçando o leitor a "pesar".
O mais interessante é que o autor não dá as respostas!
É leve o ser de cada um dos personagens? Cada um que tire suas próprias conclusões...


3- Indique três dos seus livros preferidos:

Nessa parte das perguntas, fiz questão de escolher aqueles livros menos festejados pela crítica e público, me levando a praticar, assim, um certo ajuste com a justiça literária.
São ÓTIMOS livros que merecem toda a nossa reverência!


O legado de Humboldt, Saul Bellow

Conta a história de um escritor às voltas no desespero de auto- existir, mas tendo que dar vida aos personagens para sobreviver!
Já consagrado, Humboldt não tem que provar mais nada a ninguém, ainda que toda sua vida sejam flashes, parecendo que ele não se estabelece num mundo real.
É uma daquelas obras falando do esvaziamento humano quando se atinge o auge de um objetivo; o que vai se fazer além?
A passagem mais marcante é quando ele, relembrando a infância, se dá conta que não teve uma...
Por causa de problemas respiratórios quando era menino, sua vida se limitava a ver pela janela as crianças que brincavam com os animais e esperar o próximo ar entrar para os pulmões, sua maior recordação de deleite...



Bilhete no pára-brisa, Terezinha Alvarenga

Detesto livros para adolescente que têm cara de adolescente!
Os autores costumam achar que essa fase da vida é feita de futilidades...
Mas o livro Bilhete no pára-brisa dá uma outra visão do universo dessa fase de vida: mostra que não há divisão entre jovem e adulto quando se trata de dor.
Desmascara com intensa realidade as motivações do personagem central, fazendo-o corroer entre os desalinhos de sua família, seu futuro incerto, o seu amor-não-amor pela amiga-namorada, os colegas que o cobram atitudes...
Seus únicos momentos de paz de espírito, eram exatamente o que dá título à obra: os bilhetes.
É extremamente tocante assistir o amadurecimento dolorido do personagem: como fruta que amadurece à força, ele tem que se tornar um homem às pressas...
O livro é tão magnífico que, mesmo horas, dias, de você tê-lo terminado, ainda fica no pensamento as partes mais contundentes, como se conhecêssemos o rapaz e sofrêssemos com ele...
Esse livro é para qualquer idade ler, ele cabe em qualquer faixa etária!



Gente como a gente, Judith Guest

Toda família tem seus mistérios, segredos inconfessáveis, o que não a faz nem melhor nem pior, cujas pessoas, que estão nessa ou naquela, são gente como a gente...
Mostra o drama de um rapaz cuja vida é marcada pela perda de seu irmão num acidente misterioso, que fez dele um "anormal", alguém fora da realidade.
Ele passa todo o tempo querendo ser "normal", embora não saiba como poderá agradar a todos, como se "sentir" no espaço familiar.
A autora não "pega leve" e traz a nudez das cobranças para os "desajustados" em passagens fortes, evidenciando uma linha de que o mundo não é feito para os sensíveis.
Livro verdadeiro, sem máscaras, de uma força emocional de tirar o fôlego!

* Bônus:

Um estranho no ninho, Ken Kesey

Trata da manipulação carcerária e psiquiátrica que ocorre "por debaixo dos panos".
Foi identificado como "estranho" um preso que sabia sobre sua situação prisional e de fatores legais ( e ilegais) que ocorriam no presídio.
Claro, um sujeito desses é "doente" e tem que ser medicado!
Um enfermeira-chefe cretina começou a "cuidar" dele, mas o mesmo só queria provar que era são!
Há passagens que causam ao leitor verdadeiro ódio pela enfermeira cruel, que castiga sem dó os que ela já tinha "cuidado" a contento!
Cada letra construída com pegada pungente; o autor não quis economizar em escárnio e desprezo pelo sistema arbitrário e nojento das instituições!...
A torcida é que o prisioneiro prove que há muita sujeira por toda a parte, fazendo justiça mas, se isso ocorreu mesmo, só lendo o livro...

Aviso aos navegantes II:

Não assistam ao filme antes de ler o livro!
A obra literária é muito, MUITO MELHOR!!!!



Vamos ao segundo meme e selo?

Recebi esse da minha amiga Cacau Feit (Amor, Sonhos e Contos), que está com um blog muito lindo, renovado, uma gracinha mesmo! O selo é esse aí:

Nesse meme, eu devo falar sobre 7 coisas sobre mim. Vamos lá:

1- Só gosto de refrigerante de marca! Até encaro os "desconhecidos", em último caso, é claro... (Coca- Cola é o meu favorito!);

2- Não uso roupa totalmente preta às sextas-feiras. Sei que é superstição, só que faço isso há tanto tempo, que nem lutei ainda para vencer essa mania!;

3- Tenho uma coisa com bolsa... Por mim eu teria umas quinhentas! É a razão que faz segurar a compulsão de comprá-las...;

4- Adoro jogar comida para as galinhas e patos da nossa casa! É engraçado que eles parecem saco-sem-fundo: tanto comem, tanto querem mais! (haha);

5- A parte do dia favorita minha é a manhã. Acho mais revigorante!;

6- Nunca pintei meus cabelos. Todo mundo, quando não me conhece direito, acha que tinjo, de tão negros que são! Porém, devo isso à genética: minha bisavó também tinha os cabelos negros como a asa da graúna, qual Iracema...;

7- Nasci em casa. Estava com tanta vontade de vir ao mundo, que não deu tempo! Às pressas, foi chamada uma vizinha, que era parteira de um hospital. Não sei por que eu estava com tanta pressa assim de nascer! (haha).

Chegou agora a hora mais difícil: escolher quem vai participar da brincadeira!
A regra do primeiro meme é passar para 10 blogs, e a regra do segundo, 15.
Vou ficar com a primeira regra...
Gente, uma observação: SÓ PARTICIPE QUEM QUISER!!!!
Concedo-lhes três ótimas opções:

* Participar dos dois memes;
* Participar de um dos memes;
* Não participar de nenhum dos memes.


Querem melhor que isso? (haha)

And the Oscar goes to...

Radi Lopes ( De qui tu laif)
Eloisa Fasulo (Fazendo Arte Terapia)
J. Felipe
(De tudo um pouco)
Denize Oliveira
(Bobagens e Emoções)
Marivan
(Rádio Pentecostal)
Rosana Madjarof (Saudade e Adeus)
Glauco Marchezin
(Salve o Bule)
Ismaelita
(Jesus Cristo, Minha Esperança)
Erich
(30 e Poucos Anos)
Lady Sixties
(Blog In Test)

Um abração a todos vocês!!!!

24 comentários:

Felipe disse...

Moça Bonita

Agora você vai conhecer minhas preferências.
Grato pela lembrança
Beijão da presidência.

Malu disse...

Mary, Adorei passar para conhecer suas páginas e dizer que está tua postagem ficou bela demais...
Abraços, menina

Fatima Zanin disse...

Lindo post, as dicas são exelentes, Pássaros feridos também li duas vezes, gostei de saber mais sobre a amiga.
Beijo.

Jackie Freitas disse...

Oi minha Alteza, amiga querida e admirável escritora!
Adorei, simplesmente A-DO-REI as suas dicas literárias! Pássaros Feridos! Poxa! Sensacional! Clarice, nem preciso comentar...já está entre as minhas musas da escrita faz tempo! Maravilhoso o seu gosto literário!
Sobre o outro meme...também adoro Coca-Cola! Quanto mais gelado melhor! Eu adoro a noite! Na verdade eu desperto mesmo depois das 19:30!!! Hora em que nasci! Engraçado isso, né? rsrs
Eu vejo sua foto e admiro muito os seus cabelos! Parecem mesmo muito bonitos e bem cuidados...preto, preto! Lindo, amiga!
Grande beijo, Alteza...
Jackie

Mary Miranda disse...

Oi, Felipe, meu Canceriano Favorito!

Quero mesmo conhecer um pouco mais sobre você, amigo!
Fico aqui no aguardo, ok?

Beijos da presidenta Mary:)

Mary Miranda disse...

Oi, Malu!

Que você continue gostando de passar aqui outras vezes!
Espero sempre estar agradando de algiam forma!
Seja bem-vinda sempre!
Obrigada pela gentileza!!!!

Abraços,
Mary:)

Mary Miranda disse...

Olá, Fátima querida!

PÁSSAROS FERIDOS deveria ser leitura obrigatória para todo cidadão!
Não, falei errado... Tudo que é obrigatório, é chato, né? rsrs
Mas todo mundo deveria ler como eu li: com o maior prazer do mundo!
Obrigada pelo comentário, amiga!

Beijos,
Mary:)

Mary Miranda disse...

Olá, Jackie, Fênix querida, adorável e amiga!

Como eu disse à Fátima, PÁSSAROS FERIDOS é livro para ser lido por todo mundo, gente de qualquer gênero, idade, classe social...
O chato é que quem vê a minissérie, fica aludindo uma obra completa, perfeita como o livro, com uma historia melosa de um padre por uma moça interiorana...
Essa ficção vai muito além, destrincha o eu humano com seus problemas e dúvidas mais urgentes.
C. Lispector faz as honras da casa, né? O que dizer de Clarice?
Inspirada e inspiradora escritora; muito da minha ligação às letras e meu gosto literário, devo a ela.
Salve milhões de vezes Clarice!!!!
Optei em escolher livros um pouco fora de circuito na última parte, e de estilos diversos, porque são obras que foram injustiçadas, sabe? Detesto injustiça...
Nasci à tarde, mas prefiro a manhã , e Coca-Cola, sem dúvida, gelada ao extremo é invencível! rsrsrs
Modéstia à parte, meus cabelos são muito bonitos mesmo, motivo de inveja de muitas amigas minhas!
Você acredita que teve gente, até desconhecida, querendo colocar a mão para conferir se a tinta não iria sair? kkkkkkkkkkkkkkkk

Obrigada, querida, pela dedicação, amizade, e comentário tão maravilhoso!
A Alteza Imodesta te agradece e saúda mais uma vez tua nobre presença aqui!

Beijos,
Mary:)

K & A. disse...

Olá, Mary!
Gostei muito das suas dicas literárias, e também de conhecê-la melhor!
Bjs!
Rike.

Anônimo disse...

Mary,
nossaaaa!!!!
cada dia que paasa descubro que meus amigos daqui teem muito em comum comigo...
rsrs ..nao vou comentar muito, pq tenho uma coleção de meme´s e selos pra responder e repassar.
hehe;;;que bom dscobrir alguém que leu Passaros Feridos, gostou e não viu somente o lado romantico do livro... (ahh!!! tbm li aos 14 anos, kk mas acho q tenho um pouquinho mais de idade que vc)!!!

bjus

R149 3o75s disse...

Noooosssa,Mary... tua estante deve se prolongar até às prateleiras da cozinha,
rs! Isso sem contar,os que ficam dentro de gavetas e os que transitam debaixo do travesseiro.Parabéns por provar que o Brasil é sim, um país de leitores (pelo menos uma boa parte dele) e, que apenas estatísticas de comparação com outros países,não dizem nada.Grande
parte pela culpa de sermos chamados lá fora de "analfabetos", se deve muito às editoras,que não incentivam (nem recebem apoio pra isso) o autor nacional,preferindo a publicação dos gringos, por terem saída fácil,por darem lucro... e,por falar nisso, quanto seria 30,45 reais em dólar? Não sei, mas com o mesmo valor, lá fora se compra, ao invés de 1 livro com eçça merreca, 2 ou 3. Maaass, isso não é desculpa... pra quê existem Sebos? Pras traças? Eu mesmo prefiro um "antigão", um clássico que um "lançamento"...

Gostei de dois indicados por vc,e conheço outro, mas te juro, atualmente leio romance ou ficção, apenas pra passar o tempo, pra aliviar a cabeça de umas coisas cabulosas,queimadoras de neurônios e noturnas pestanas...

Seria sacanagem da minha parte, não aceitar seu convite; te garanto que fiquei tentado com aquela proposta de "não obrigação"... maaasss, de ao menos um tenho que participar e será sobre o que tenho dito aí acima.
Tentarei não parecer um E.T, e colocarei lá, para cada "livro doydo",
um bem leve, pra relaxar, rs!

Ahhhh, gostei tbm de saber daquelas coisas no 2° meme, que te deixam feliz.

1 Beijão pra vc, até!

ebraelshaddai disse...

O legal de seus livros citados é que li apenas um deles, A Insustentável Leveza do Ser, que achei líricamente belo. E assim, posso verificar se me apeteço dos outros também...

Continue assim, na Senda Sacerdotal da Literatura!

Bjs!

Mary Miranda disse...

Oi, Rike!

Prazer tê-lo aqui no blog!
Bom saber que gostou das minhs dicas!
Vai encarar alguns? rsrsrs

Abração,
Mary:)

Mary Miranda disse...

Oi, Anônimo!

Pois é, descobrimos que temos muitas coisas comuns e interessantes nos amigos também!
Fico chateada quando alguém vem me dizer que adorou a historia do padre e a mocinha!
O livro "Pássaros Feridos" é profundo, trata das misérias humanas e suas consequências; ele é muito maior que simples romancezinho água-com-açúcar...
Então as idades bateram!
Será que é um ritual secreto, e não sabemos, de todo mundo iniciar com essa idade a leitura do livro? rsrsrs


Um abraço,
Mary:)

Mary Miranda disse...

Olá, meu querido Radi, Gênio-que-não-gosta-de-assim-ser-chamado,-embora-mereça-esse-título! rsrsrs

Até que não, lindinho...
São poucos os livros que mantenho junto a mim!
Como leitora voraz, leio e troco nos sebos; assim estou sempre com livros para ler, na base do troca-troca!
Tive que rir dessa história de ter livros em gavetas e debaixo de travesseiros! (Também não chega a tanto, né? rsrsrs)
Concordo contigo no tocante ao País e seus leitores.
Nós, brasileiros, somos pouco estimulados, sim, é verdade, mas a leitura é uma realidade!
Meus alunos, por exemplo, não têm fissura por Machado de Assis, mas sempre trazem algo pra mim, através de leituras das coisas que lhes interessam.(Temos que parar de marginalizar os leitores de revistas! Quem disse que ler informação não-ficcional não é ler?)
Uma vez eu li em algum lugar, que há uma "elitização" dos livros em nosso País, como se eles fossem "intocáveis", e só quem os digerem são intelectuais enfadonhos.
Temos que trazer os livros para as crianças e adolescentes!
Mas não precisam ser os clássicos; que venham o que eles quiserem ler!...
Isso mesmo, querido!
Nossa realidade tacanha cisma de enfatizar o que vem "de fora", enquanto há escritores nossos que precisam de apoio, só isso; talento têm de sobra...
Já houve ocasião de eu ficar horas dentro de um sebo; me divertia só em ficar escolhendo livros pra levar pra casa...
Gosto dos "antigões" porque contam histórias muito boas, independentemente da época.
E fiquei aqui me perguntando quais seriam esses dois indicados por mim que você gostou e qual seria o que você leu!
Ah, também estou como você: ultimamente não tenho lido ficções, o que é uma pena...
Tenho que ler os de gramática, para não "escorregar" na aulas!...
Olha, adorei que você tenha aceitado, ao menos, esse meme de literatura porque, como já disse num comentário, escolhi esse meme como um dos mais importantes que já participei, pelo sentido cultural que ele traz!
Quem sabe dicas suas não formem um público leitor?
TU TE TORNAS ETERNAMENTE RESPONSÁVEL POR AQUILO QUE CATIVAS...
Eu também fiz questão de não colocar somente livros "pirados" (A INSUSTENTÁVEL LEVEZA DO SER e BILHETE NO PÁRA-BRISA), e intermediar com livros de leitura um pouco mais fácil... rsrsrs
O segundo meme mostrou um pouquinho de mim!
É claro que eu, soberba que só, sou muito mais do que aquilo que eu disse, né? kkkkkkkk

Grande beijo, querido!
Mary:)

Mary Miranda disse...

Oi, Ebrael!

Você leu A INSUSTENTÁVEL LEVEZA DO SER e o considerou belo.
Ótimo isso, que você tenha visto poesia prosaica nele, pois quase todo mundo que o lera, o considera livro "pirado"! rsrsrs
Tenho certeza de que gostará também de alguns outros que indiquei pois a maioria segue a linha "mergulho".
A sensação que tenho, Ebrael, é que é mesmo uma senda o mundo literário, com aquela gama sacrossanta de um monastério.
É um caminho que pretendo percorrer enquanto o ar habitar meus pulmões!

Um abração, amigo!

Mary:)

Samanta disse...

Olá minha queridíssima Musa da Escrita !!

Desculpe o atraso amiga, passei uma semana fora, visitando a family :)
Seu meme literário é o mais esperado de todos !!!! estava ansiosa para devorar estas dicas incríveis de uma pessoa que tem o dom das palavras e um talento maravilhoso, consequentemente, só poderia vir coisa booooa por aqui !!! Todos anotadíssimo !!!!
Alguns já ouvi falar, mas agora chegou a hora de tomar vergonha na cara de ler né hehehe
Adorei também saber mais sobre você e olha eu não imaginava que você tinha frescurite com refris kkkkkk brincadeirinhaaaa e esta de usar preto as sextas....eu sou meio impressionada, agora vou ficar com isso na cabeça hehehe
Ótima postagem querida !!!
É sempre um prazer vir aqui no seu espaço !!
Mil beijossss e boa semana !

Mary Miranda disse...

Oi, Menina Sorriso, minha querida Samzíssima!

Motivo mais que perdoado: você estava com a família! rsrsrs
Puxa, que responsabilidade a minha, ser tão aguardada assim para dicas literárias!
Oh, minha amiga, ali estão apenas gostos pessoais meus; alguns você poderá adorar, e outros não curtir tanto assim...
Mas te garanto que eu tentei ser a mais eclética possível, exatamente para abarcar N gostos, já que eu sou múltipla quando se trata de apreciar um livro! (Obrigada pelos elogios às minhas escolhas, viu?)
E não é que sou fresca? Logo com refrigerantes, agora você vê!... (Qualquer hora vou fazer um post listando todas as minhas frescuras; aguarde! rsrsrs)
Ah, não 'embaça' com essa história de roupa preta às sextas!
Posso usar uma blusa preta e saia de outra cor, ou vice-versa, mas nunca totalmente, e admito que isso é mais uma das minhas frescuras porque não tem motivo explicado! kkkkkkkkkkk

Mil beijos, minha flor!
Bom demais ter um comentário seu aqui!!!!

Mary:)

CLAUDIA disse...

Olá Linda e doce Mary!
Cheguei amiga,rsrsr...
Pássaros Feridos,lindo e envolvente,as vezes vemos um pouco desse filme passando em nossas vidas,tudo que tem que ser será,pode se passar anos e anos,mas há um tempo para novos reencontros,as dúvidas do ser que ama,as crueldades dos invejosos,esse livro é bastante intenso,eu li quando tinha meus 20 e alguma coisa,rsrsrs...
Eu trabalhei em uma livraria lia todos os livros que caia em minhas mãos,porque eu gostava e quanto mais lia mais vendia,rsrsrs, unia o útil ao agradável.
A Insustentável Leveza do Ser,outra grande livro que realmente nos faz viajar literalmente la no fundo onde muitas vezes não temos coragem de ir,essa dualidade,presença e ausência,frio e calor,trevas e luz.
É uma viagem e tanta amiga,são reflexões profundas sobre o amor,a alma,a morte,e realmente tem que ler várias vezes,eu tinha meus 20 e poucos anos também quando o li.
Um que li também e gostei muito foi Cem Anos de Solidão de Gabriel Garcia Marquez a história é linda e tem momentos que é difícil entender se ele é realidade ou se é uma história épica.o Livro se baseia na Solidão que marca a vida dos integrantes da familia,das mais diversas gerações,que estão condenados a solidão,muito bom.
Bem se for falar de livros amiga,fico aqui o dia inteiro,mas de você com esse jeito Mary de ser,leve mais intensa,amei suas dicas,algumas li e outras não,adorei suas respostas amiga linda.Coca-cola hein meu marido é viciado nela também,eu amo o dia também,seus cabelos são lindos,engraçado quando vejo sua foto você me lembra uma Índia,assim vejo você uma guerreira de corpo e alma.
Suas respostas ficaram belíssimas,mas vindo de você só doçura mesmo.
Parabéns pelas respostas achei maravilhoso,intenso e com sua marca.
Bjos em seu coração com cheirinho de Jasmin.

Mary Miranda disse...

Oi, Cacau, doce feito o chocolate!

Muita gente leu 'Pássaros Feridos' e é praticamente unanimidade que todos o consideram um clássico, que traz lições de vida e tratados humanos fundamentais a todos nós.
Que maravilha, hein, trabalhar numa livraria ?!
Acho que é o sonho de todo mundo que gosta de ler... rsrsrs
'A insustentável leveza do ser' é um livro para deixar qualquer um biruta, não?
Ele exige que haja várias leituras , prestando-se atenção em cada linha e entrelinha do autor!
Essa viagem em livros reflexivos é inevitável, nos levando a 'pesar' as intenções dos personagens, a própria vida, que nunca pede passagem...
Mas é fantástico! Um dos meus livros de cabeceira.
Sobre sua dica, ainda não li, entretanto, coloquei-a em minha lista porque acredito ser mesmo uma boa leitura, uma ficção que nos coloque para pensar!
Ah, Coca-Cola... Meu pecado mais pecado! rsrsrs
E interessante, querida, que muita gente que me conhece se recorde de uma índia, embora eu não tenha a cor de pele de uma (sou bem clarinha...) e nem a fisionomia! rsrsrs
Devo essa comparação que fazem aos meus cabelos longos e intensamente negros!
Quando se trata deles, sou bem orgulhosa mesmo: eles são, de fato, muito bonitos! rsrsrsrsrs

Um beijo, Cacau, meu doce!
Te agradeço de montão sua presença aqui!!!!

Mary:)

Mary Miranda disse...

Oi, gente!

Estive no site do cantor Byafra convidando-o, e aos outros Ícaros, a lerem esse post sobre livros.
A Claudia e Marciah, que participam sempre do site, deram sua opinião, e eu trouxe pra cá:


2011-03-16 17:45:15
Ícaro: Claudia
Recado:

Mary, os livros dizem muito mais que apenas palavras,por isso também gosto de relê-los e meu preferidos até hoje são Dom casmurro,Juízo final,O anjo pornográfico.Aah...li os quatro da série Crepusculo e gostei rsrsrsrs...bjs



2011-03-16 17:50:39
Ícaro: MARCIAH
Recado:

MARY MIRANDA! SEU BLOG É MARAVILHOSO! PARABÉNS!

Mary Miranda disse...

Eu, Mary, respondi assim:

2011-03-17 15:07:13
Ícaro: Mary Miranda
Recado:

Oi, Claudia! Também adoro 'Dom Casmurro'! É um dos maiores de Machado de Assis! É bom relê-los, quando sentimos saudades...


2011-03-17 15:09:07
Ícaro: Mary Miranda
Recado:

Marciah, estou contentíssima por você ter gostado do blog! Volte sempre, viu? Será sempre bem-vinda!!!! Beijos pra vocês! Mary:)

claudia disse...

Mary,a leitura nos dá uma outra visão da vida e do mundo,cada vez que lemos um único livro enxergamos um sentido diferente nele,Dom Casmurro não me deixa mentir,trata-se de algo muito rico pra o nosso crescimento.Parabéns pelo blog e mais,parabéns pelo incentivo e obrigado pelas dicas.Adorei!Beijos! Claudia do site do Byafra

Mary Miranda disse...

Olá, Cláudia! Prazer vê-la aqui!...

Livros são a melhor opção de aprendizagem que existe!
Embora a internet nos dê uma dimensão múltipla e rápida de diversos enfoques, é pelo livro, aquele de papel, através do qual mudamos as páginas, que temos acesso a uma espécie de 'lição eterna', dando uma amplitude, uma visão, a qual você sabiamente se referiu.
Com certeza 'Dom Casmurro' é obra embasadora!
Ninguém que o relê, o entende exatamente do jeito da primeira vez!
Há aquelas entrelinhas que sempre ficam pra trás e numa segunda, terceira, quarta lida, elas aparecem e sentimos toda a mudança da construção...

Muitíssimo obrigada pelos elogios e maravilhoso incentivo, amiga!
Logo se vê que o site do nosso querido Ícaro Byafra tem uma energia muito boa, por atrair pessoas como nós, preocupadas e voltadas para a cultura!
Volte sempre que sentir vontade!!!!

Beijos,
Mary:)