PARA QUEM AMA GATOS

PARA QUEM AMA GATOS
(Clique na imagem para conhecer)

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Farinha do mesmo saco


Esse negócio de "opostos se atraem", não sei quem inventou...
Os amigos são sempre "farinha do mesmo saco", com o entendimento correto da coisa: pessoas que pensam igualmente!
E na blogosfera funciona assim também; ou alguém aí pensa diferente?
Dificilmente blogueiros que tratam de assuntos tecnológicos se interessarão por blogs de "cultura e hora certa" (como a extinta Rádio Relógio).
"Vice-versas" vêm, que se estendem por muitos "vices" e "versas" aparentemente inconcebíveis!
É "da água para o vinho" a mudança que um blogueiro faz, ao trocar de interesse, passando a procurar outras "plataformas" de informação?
OBVIAMENTE QUE NÃO
!
Não devemos ficar chateados se alguém de um pensamento resolveu se "debandear" para o "outro lado"...
Houve um tempo que, blogueira iniciante, eu só lia blogs basicamente sobre HTML - para tentar aprender algo de relevante, e dos amigos - meus indispensáveis "farinha do mesmo saco".
A desenvoltura e facilidade com que lemos blogs afins, nos tornam íntimos, causando desaforos e mágoas "apressadas" naqueles cujas visitas demoramos a efetuar.
Concluem alguns:
- Olha o cordão do "puxa-saco", que cada vez "aumenta mais!..."

Ler blogs de nosso interesse não tramita pela jurisdição de "troca de favores": se há interesse ali, é só o de satisfazer o nosso lado faminto por informação e/ou entretenimento.
Objetividade é parâmetro primordial na escolha dos nossos blogs "de bolso" porque nossas mentes ou corações sabem por que esse ou aquele entrou para a lista!
Blogueiros escrevem para serem lidos, e não há como saber o que há por dentro de cada leitor que vislumbra seu espaço cibernético.
É POR GOSTO PELO QUE SE LÊ, "TROCA DE FAVORES", AMIZADE OU POR QUE É UM "NAVEGANTE OCASIONAL", QUE "DERRAPOU" NAQUELAS "ÁGUAS" SEM QUERER?
Durma-se com um barulho desses, amigo(a) editor(a)...
Você que faça a sua parte e tente ser bom(a) naquilo que se predispôs a realizar!
SEM RANCORES, SEM COBRANÇAS!
Vejo blogueiros entristecidos porque posts seus, consagrados intimamente pela importância do enfoque, não obtiveram o que se chama de "popularidade", algo decepcionante para qualquer editor de respeito.
Compreendo e ressalto - minha decepção já atingiu várias vezes essa altura de frustração - mas animo a todos com esse consolo:
SE UM POST NÃO FOI VISITADO POR MUITOS, AO MENOS OS INTERESSADOS NAQUELE ASSUNTO ESTIVERAM OU ESTARÃO POR LÁ!
É importantíssimo termos nosso "clube dos afins" porque é o interesse por algo - repetindo : entretenimento e/ou informação - que faz os blogs andarem rumo ao sucesso!
Não vejo mal algum em leitores de blogs que formem "panelas saudáveis", umas "farinhas" que "colam" umas às outras, formando uma "iguaria" não seca, mas salutar e gostosa de ser digerida!...
Acho indevido usarmos sentidos maldosos para funcionalidades que têm duplo sentido. LERMOS MAIS OS BLOGS QUE NOS INTERESSAM não é o mesmo que LERMOS BLOGS POR INTERESSE!
Saibamos ser coesos com o bom-senso, pesquisar mais, abstrair informações, nada de acomodação em "certezas" incertas...
"INTERESSADO " é diferente de "INTERESSEIRO", compreendamos isso de uma vez por todas!
Às vezes, por falta de tempo, desacerto nos compromissos que tomamos no cotidiano, estarmos "sem cabeça" para leituras ou motivos sacramentados nos imprevistos, ATÉ MESMO BLOGS QUE GOSTAMOS, NÃO SÃO DEVIDAMENTE VISITADOS, e que nem por isso o(a) editor(a) dos nossos interesses mais urgentes, devem se sentir menosprezados!
A blogosfera é um jogo de paciência e que tomemos cuidado ao fazermos certas considerações.
"Farinha do mesmo saco", a qual exponho nesse artigo, é toda aquela ligada por interesses comuns a ambos - editor e leitor - e não tem compromisso formal, o da "obrigação" de visitas "marcadas": escreveu-se um post atraente, o leitor, podendo ir lá deixar sua opinião, o fará!
Ao utilizar uma expressão idiomática naturalmente voltada para a má interpretação - "farinha do mesmo saco" - quis eu retirar a camada torpe que a recobre, evidenciando que, assim como a "panelinha", podemos ser da mesma "safra" que outro, nem por isso significar algo pejorativo, de "manipulações" de interesses, nem tampouco, sob obscuras "negociatas", atrairmos mais visitantes para nossos blogs!
Para encerrar, digo apenas o seguinte:
POSTS BONS, INTERESSANTES, MESMO QUE "ESCONDIDOS", VÃO APARECER!
E se os blogs que os contém, vão entrar para a lista dos "Favoritos", estarão "enfarinhados" agradavelmente, SÓ O TEMPO DIRÁ!...


(Imagem:
http://inglespraburro.blogspot.com
Edição de imagem:
http://marymiranda-fatosdefato.blogspot.com)

12 comentários:

Jackie Freitas disse...

Olá minha Alteza amada e querida!
Pois bem, aqui está um post que vem absolutamente de encontro ao que penso, sinto e estou vivendo neste momento! Acho que a era de "troca de favores" passou...rsrs... Hoje estou no clube da farinha do mesmo saco! Gosto de visitar os blogs, leitores e amigos que têm a ver comigo, que me acrescentam e me proporcionam ótimas leituras (como aqui), e faço isso ao meu tempo. Você sabe disso, não é meu doce? E às vezes fico tempo sem aparecer, mas quando apareço estou de coração mesmo!
Acho triste demais ver pessoas "se matando" para cumprirem agendas de "compromissos" para com os outros blogs e se esquecerem do primordial: a liberdade de ir e vir! E, para mim, liberdade é algo fundamental na vida como um todo! Os novatos se desesperam, se irritam e passam a transitar por aí mendigando visitas e comentários e hoje vejo o quanto é inconsistente receber comentários ou visitas por interesse! A sustentação das relações (e na blogosfera não é nada diferente!) deve estar fundamentada na verdade desinteressada e não na falsidade ou metas por números!
Tenho muitos colegas blogueiros, os quais gosto e admiro, mas nem sempre os assuntos publicados em seus blogs despertam em mim interesse suficiente para que eu comente... Na dúvida, como dizia meu pai, fique quieto! rsrs...e se não tenho algo útil para escrever ou que possa contribuir, assim agirei!
Claro que isso não se aplica aqui, pois você sempre desperta a vontade de escrever e estimula a vontade de interagir através de ótimas reflexões! Podem achar que é puxa-saquismo, mas nem me importo! Como escrevi, se aqui estou é porque realmente posso e quero estar! E como são bons esses momentos!
Grande beijo, amiga e Alteza querida! Mais uma vez arrasou!
Te adoro!
Jackie

Cigano disse...

Mas como é atrevida, esta Menina...

Deveria ter em seu sobrenome "Abujamra" e participar do programa PROVOCAÇÕES.

Dessa vez, nós teremos acordes dissonantes, Flor.

Com o advento da internet, minha classe passou a ter um novo tipo de cliente: Os "não seguidos!"... Mas nem de longe existe uma regra para o comportamento internético.

Apesar das tendências exaustivamente sabidas, temos uma disseminação de gostos e abordagens impossíveis de serem detectadas, pois toda e qualquer pesquisa que se apresenta é recheada de falhas, inverdades e informações manipuladas tendenciosamente.

Se, num período pontuado até cinco ou seis anos atrás, havia sim, uma escolha pragmática do que mais se identificava com o perfil do internauta, nos últimos tempos isso foi suplantado pela descoberta de novas áreas, novos interesses, novos ídolos. Não somos mais hoje, quem éramos há anos atrás...

Afora um bando de limitados como eu, que buscam um universo específico, de resto, abrem-se múltiplas dimensões jamais imaginadas, o que impede um foco fixo, pois a sede de saber é inata à maioria dos indivíduos.

Não estamos nem perto de mapear o que a "rede" causou ao comportamento humano, já que nos assuntos usuais eram necessárias décadas para tal estudo, mesmo quando estas tendências eram estagnadas... O que dizer então de um universo em constante expansão?

Algum desavisado se arriscaria a prever, com certeza, para onde ele vai?

Acredito sim que possamos ter nossa preferência temporária, mas nunca uma fidelidade, pois assim como este universo está em constante crescimento, temos também que considerar que os "fomentadores" de nossas preferências, em sua maioria, deixarão de existir em pouco tempo, ou simplesmente mudarão seu foco para o modismo atual. Poucos são os que se manterão fiéis à proposta inicial.

Portanto, neste momento, é dúbia a afirmação de que "opostos se atraem", assim como também é dúbia a certeza de que "somos farinha do mesmo saco", pois não vejo um perfil definido dos exploradores desse nosso novo universo e, sinceramente, não vislumbro uma possibilidade de acreditar que meu fiel seguidor de hoje seja o mesmo que amanhã.

E vê se pára de provocar, Senhora Genial!

Adoro como expõe os assuntos Mari! Realmente é ímpar.

Um grande beijo, minha querida Menina!

Cecilia sfalsin disse...

Minha amiga querida,

vou pegar uma carona neste seu excelente post e fazer alguns desabafos sadios, rsrs, realmente somos todos farinhas do mesmo saco,na blogosfera,com mesmos objetivos,porém adultos, capazes de compreender um ao outro com um estado de bom senso,existem inúmeros posts que nos prendem na leitura, que nos despertam,e que nos convidam de uma forma especial a aprecia lo, mas aprendi que conquistar números nos tornam decadentes, mas conquistar leitores nos fazem reais e com possibilidades de crescimento, ao qual vamos formando a famosa "panela", não de puxa sacos, mas de interessados em nos descobrir, ou descobrir nossos novos mistérios através da escrita, tudo depende do comportamento de cada um, escrever algo esperando que alguém venha te popularizar é se diminuir mediante a sua tamanha sabedoria , mas acreditar em você e na sua capacidade de se expandir é o mesmo que acreditar que atrai rá sua farinha para completar o saco que de tão grande vai se formando de acordo com sua inteiração.,Amiga as vezes tenho vontade de comentar em muitos, mas é muito difícil uma vez que o meu tempo tem que ser bem repartido, mas não quer dizer desprezo ou falta de interesse, claro que existem posts que não me interessam , quando agridem moral e bons costumes, mas fora isto a blogosfera é um jardim florido onde ha diferentes flores, cada uma com seu perfume e cores variadas, e os leitores os beija flores que pousam onde melhor lhe prover.Lembrando que uma saco de farinha quanto mais bate ele ao chão mais farinha cabe, portando aqueles que são bons vão se destacar, ao seu tempo, nada de chateações ou cobranças, mas como você mesmo disse a Blogosfera é um jogo de paciência, aprender esperar trabalhando é o segredo, mas algo devo dizer , quando entramos em uma casa e somos bem recepcionados pelo dono, e a comida é saborosa, amiga não precisa nem me convidar, que com certeza voltarei....


Beijos , e uma semana deliciosa pra você....

Samanta Sammy disse...

Olááá querida amiga e Musa da Escrita !!!

Demorei, mas cheguei !!
Fim de ano é correria né flor, trabalho demais, comida demais, festas demais, visitas demais kkkk
Nem postei esta semana, porque estou enroladíssima e não gosto de deixar os amigos a ver navios nos comentários, mas tive uma brecha aqui e vim visitar este espaço que é farinha do meu saco e eu adoro !
Não ligo a mínima pra estas coisas de panela, acho que é só uma questão de gostar de estar na companhia de alguém, de conversar com a pessoa, de ler seus textos, etc.
Não vou ficar visitando, lendo e comentando em algo que não gosto, falando com quem não quero só pra ser politicamente correta.
E assim formo minhas panelas.
Ainda mais neste meio onde estou pra me distrair e me divertir, só vou onde sou bem recebida, onde sei que vou encontrar algo que gosto, não estou aqui pra me aborrecer ou fazer leituras irrelevantes só pra não ser panelista rsrs
Adoro as farinhas que estão no mesmo saco que eu !
Acredito que estas relações são mais gostosas, saudáveis e verdadeiras, pois se comento e participo em um espaço que gosto, serei mais espontânea e transparente, já se for em algum lugar só por interesse ou obrigação....
Isso em deixa à vontade para comentar quando posso, quando gosto ou quando quero, assim como ofereço esta liberdade aos que interagem comigo. Infelizmente devido às responsabilidades, nem sempre posso, mas pelo menos ler, eu tento, se der pra comentar, melhor ainda, mas não fico de neurose como muitos que vejo por aí, arrancando os cabelos e fazendo da dúvida da não popularidade de um post uma questão existencial. Tenho posts que adorei, mas não deu ibope, normal, existem também dias em que o fluxo é menor, etc, faz parte, o melhor é focar em fazer um bom conteúdo que a coisa funfa, se o amigo não conseguiu nos visitar, outros virão, etc.
de vez em quando dou navegadas por aí, mas os opostos não me atraem, eles me irritam kkk mas sou bem leal aos meus favoritos, incluindo seu blog, entre outros, primeiro pela qualidade dos textos, segundo porque sou bem recebida e respeitada e terceiro porque gosto desta nossa interação, já aprendi muito contigo, então, espero que sejamos farinha do mesmo saco ainda muuuuito tempo !!
Adorei o tema !

Um beijãooo e boa semana !!

Mary Miranda disse...

Fênix do Bem, boa noite, querida!!!!

No início, amiga, é natural atermos a números, do quanto temos seguidores, leitores, comentários, etc.É natural, e nem critico, mesmo porque nem sabemos a que "saco" a nossa "farinha" pertence! rs
Tudo ao seu tempo, como bem dissera você!
Se temos tempo e disposição para comentar esse ou aquele post, com certeza retornaremos, os afins se entendem e querem estar perto!
Quando os costumeiros interessados não chegam, é algo que além do nosso domínio, não fiquemos "encafifados" com isso!
Mas vejo pessoas "magoadas" porque não têm o número tal de leitores assíduos que gostariam...
É triste, eu sei, lançarmos um artigo e não receber ele a atenção que achamos merecer, só que os interessados vão aparecer, mais cedo ou mais tarde, não importa quando.
Clarice Lispector dizia que escrevia para agradar a si mesma e se por coincidência outros também se identificavam, ótimo, se não, ao menos um ser estaria contente com seu escrito, ou seja, ELA!...
Os afins vão surgindo aos poucos e a não obrigação de retorno com a total liberdade, como você magistralmente registrou aqui, minha Fênix, é que faz os blogs seguirem em frente, pois não há compromisso algum: a informalidade do contato faz-nos mais soltos, inteligentes e felizes para formarmos "farinhas" bem "saudáveis"!

Beijos dessa que também te adora e redundantemente diz que qualquer comentário seu SEMPRE abrilhanta um post!!!!

OBRIGADA, minha querida!!!!

Mary:)

Mary Miranda disse...

Atrevida no bom sentido, é claro! rs

Gosto do Abujamra; suas "provocações" puxam reflexões bem intimistas...
Mas vamos lá para o ponto: acredito, sim, na FARINHA DO MESMO SACO, mesmo que temporária...
Como falei no post, de que "saco" a minha "farinha" pertencia?
Aos blogs de HTML (algo que me confunde até hoje) e os de amigos, naturalmente.
É pela afinidade que visitamos mais certos blogs que outros, ainda que com o tempo essa afinidade diminua ou até acabe, mas o pontapé inicial para a fixidez dos leitores é o INTERESSE POR ALGO NO BLOG.
Talvez ocorra o que você sobriamente disse, das mutações cibernéticas, esse "Universo em Expansão", e talvez até "magoemos" blogueiros antigos, os quais tínhamos contato constante.
Porém, acredito, que a "farinhez" dos sentimentos - aquele algo que nos prende por afinidade- é que nos tornam frequentadores assíduos de alguns blogs.
Mais uma vez credito a você uma verdade indispensável, a qual sua exposição brindou o comentário, de que é muito difícil detectar aquele seguidor que irá "até o fim" com o editor porque as muitas novidades nos fazem "debandar" inúmeras vezes.
Eu, sinceramente, sou "farinha" de muitos blogs por aí , porque me sinto à vontade neles, cujos assuntos me prendem de alguma forma.
O vasculhar por novidades é a exceção, não a regra, no meu caso.
É eu ligar a internet, e me enredar à procura dos "afins". Encontrando-os, como que me posicionando num porto seguro!...
Não me preocupo tanto em ser "farinha" eterna desse ou daquele espaço. MInha preocupação maior é de ser uma "farinha sincera", comigo mesma e com o editor do blog.
Frequento o que gosto, comento o que penso, e volto sempre que possível.
Aprendi a não guardar "birra" porque um leitor assíduo mudou de ares.
Se seu ponto de interesse repousa em outros cantos, agradeço pelo tempo que passamos unidos com mesmo objetivo, esperando firmemente que por todo esse período, tenha havido júbilo entre ambas as partes, que a ocorrência de "troca de favores" não tenha, sequer, passado em nossas mentes...


Abração, querido Cigano!
Você consegue discordar com educação, primor e sutileza só adquirida pelos grandes seres humanos!!!!

OBRIGADA é pouco, para eu explicar a satisfação por receber seu majestoso comment!!!!

Mary:)

Mary Miranda disse...

Ceci, doce amiga!

Concordo plenamente com você, penso assim também...
Os números têm lá seu valor no início, quando entramos na blogosfera e não temos a mínima noção do que somos, de que "farinha" nos tratamos, e de que "saco" iremos pertencer! rsrs
Depois, amiga, é bola pra frente, é ler coisas que nos acrescentam, nos interessam!
Se queremos dar nossas gargalhadas, vamos ler piadas, e visitar blogs que tratem disso, postagens com esse fim; se a hora é de aprender sobre biodiversidade, lá vamos nós nos direcionar para postagens assim. Conforme o tempo vai passando, vamos descobrindo o que nos agrada mais, e nos fixamos, por afinidade, nesse ou naquele blog.
Não vejo como "puxa-saquismo" visitarmos muito mais os blogs que nos fazem bem do que outros que apenas algumas vezes nos interessam!
Formamos amizades assim na chamada "vida real", por gostarmos de conversar mais com uns do que com outros, e por acaso a blogosfera seria diferente?
Cecizinha, AMEI sua passagem, essa daqui: "(...) mas aprendi que conquistar números nos tornam decadentes, mas conquistar leitores nos fazem reais e com possibilidades de crescimento, ao qual vamos formando a famosa "panela" (...)". Decaímos mesmo, amiga, quando atentamos aos números, fragmentando ou extinguindo a qualidade!!!!
A "panela" entre os afins é natural, e "farinha" socada rende mais, trazendo mais "farinheiros" que somam e enobrecem a "comida"!


Seu espetacular comentário me renderia horas só comentando!
Adoro essa "farinha" que somos, do mesmo "saco" por escolha, sem jogos, sem cobranças!

OBRIGADA pela inenarrável participação!

Beijos,
Mary:)

Mary Miranda disse...

Querida Menina Sorriso, que adoro sempre!

Entendo, meu anjo, eu também fico sumindo um pouquinho, mas não resisto, porque sinto falta da galera... rs
É bem por aí, sim, amiga, de termos gosto em estar nessas "panelas"!
ADORO compartilhar textos, sentimentos, uma boa risada, etc. com pessoas afins, e se porventura conheço novos blogueiros que me proporcionem meus ideais de descontração ou informação, naturalmente que será a eles que me ligarei mais!
Isso é humano, de procurar a nossa turma (me lembrei do Felipe; ele vai saber por que, se acaso ler isso! rs), de fazer parte de alguam "tribo".
Os iguais se buscam e se encontram e a iamgem do paraíso é parecida com isso pra mim: estarmso todos à vontade com os de ideais idênticos!
O negócio é fazer como o seu procedimento, que adoto e compactuo, de sempre ler o que interessa, visitando os blogs quando der e se quiser, uma desenvoltura informal, sem "ranços" porque nesse ou naquele post o amigo não veio visitar!


Querida, elogio maior pra mim é saber que somos "farinha do mesmo saco"!
Enquanto a afinidade estiver presente entre nós, só isso já me basta porque não forçamos a barra, as coisas foram vindo com a naturalidade salutar de toda "panela do bem"!

Beijos, doce flor!

OBRIGADA pela nobre presença!!!!

Mary:)

Voz do povo disse...

Segue meu blog que eu sigo o seu, retuita o meu que retuito o seu...assim por diante. Também é um discurso bastante repetido neste mundo virtual. Mais a pior coisa é o plágio, vc ver uma postagem que vc demorou horas em outro blog sem citar fontes. Confesso que sou um leitor assíduo do seu blog, e venho me esperneando (risos) em escrever o livre voz do povo, que confesso é repetitivo, pois o tema pede isso. A nossa sociedade, a maioria desinformada e que vive embaixo do assistencialismo vende-se como moeda de troca e venda; nossos políticos cada vez mais sujos e defendo um movimento chamado Ficha Limpa. Confesso que ando dando uns deslizes na nossa língua e criei o blog para praticar mais o nosso idioma, passei dois anos escrevendo só em Inglês e isso faz com que eu troque palavras masculinas com femininas. Mais em relação ao tema, essa frustração já aconteceu comigo, e lhe digo, o mais importante não é a grande quantidade, mais a qualidade da notícia. Inclusive, como você educadora, tem uma postagem que é sua cara, um prefeito paga até 8 mil este mês a cada professor, e paga acima do teto estipulado pelo governo, ele é prefeito de uma cidade chamada São Domingos do Cariri, ver lá no blog. Abraço, amigos e amiga Mary.

Mary Miranda disse...

Cacá, meu querido!

Adoro sua vinda aqui, você sempre traz grandes reflexões!
O plágio é horrível, não haja dúvida, e é uma maneira de ofender o editor, como você disse e eu concordo, que levou várias horas para montar um post.
Bons artigos sempre terão leitores, mesmo que aqueles iniciais do blog não apareçam mais, outros gostarão do que escrevemos, assim formando as afinidades.
Ah, escrever sempre em inglês faz com que embaralhemos gênero e número muitas vezes! rs
Seu blog sobre política é ótimo, e lá estou indo, dar uma olhada nessa sua nova postagem!!!!

OBRIGADA pelo comentário, pela força e por ser meu amigo!

UM abração, amigo meu!!!!

Mary:)

Felipe disse...

Moça Bonita,

Na realidade, os “opostos se repelem” e os “iguais se atraem”.
Mas peço licença para aproveitar o espaço e falar de algo que incomoda mesmo porque sou um “puxa saco” assumido e me orgulho disso.
Acho que o comentário deve ser escrito quando gostamos do post.
Infelizmente, de um tempo para cá, o “vota que eu te voto” e o “me siga que eu te sigo” virou moda na blogosfera.
Essa compra – venda de votos e de acompanhamentos por interesse é da pontinha.
A maioria dos posts não são lidos, e seguem-se blogs sem nunca ter passado perto deles em detrimento de boas postagens que, muita vez, passam desapercebidas neste “mercado de trocas” na blogosfera.
Assim sendo, prefiro ter minha “panela” (pois sei o que cada um escreve), do que sair atirando votos a esmo para também receber os tiros (digo votos).
Como você bem colocou há o voto “interessado” e o “interesseiro” e deste último quero distância.
Beijão do presidente, farinha do mesmo saco e puxa saco mor (e faz tempo).

Mary Miranda disse...

Queridíssimo Canceriano Favorito, como é maravilhosa a sua presença!!!!

Você foi soberbamente feliz em cada linha escrita aqui, tão objetivo e lúcido, que só uma teimosa como eu, ousaria escrever qualquer algo depois disso...
Eu quis, como descobriu você com a rapidez de um raio, desmistificar essa coisa de "panela", "farinha do mesmo saco", no sentido ruim!
"Os iguais se atraem" e não os opostos, e é comum pessoas afins quererem essa ligação, não por interesses espúrios, mas por pura e simples afinidade!
Lembro, meu amigo, e você também deve lembrar, que houve uma ocasião no diHITT, que alguns empertigados por não receberem muitos votos e/ou comentários, começaram a girar suas frustrações e angústias, em posts maledicentes, sugerindo "panela" para aqueles que tinham posts populares. (Isso faz um bocado de tempo, foi logo quando entrei no site, em 2008).
Então o Ricardo, do Alterados e Sequelados, naquela época, fez um post irônico, que AMEI, dizendo que a "panela" do diHITT era muito "esquisita" porque quem estava nela, só escrevia coisas relevantes e, portanto, recebia muita atenção de todos. Coisa muito "estranha" mesmo, as pessoas serem ligadas às outras por amizade, afinidade, respeito, inteligência...
Acho que ao invés de alguns ficarem chateados porque os amigos se comunicam e querem ter esse estreitamento através dos seus artigos, que trabalhem e formem "panelas saudáveis", como você, eu, e tantos amigos que temos formado, não é mesmo, meu anjo amigo?
De resto, é dizer AMÉM a tudo dito por você, que está IRRETOCÁVEL na sua exposição!

Beijos dessa também assumida "farinha do mesmo saco", que não se cansa de repetir que a honra é TODA MINHA por ser a presidenta vitalícia de seu fã- clube, esse que só tende a aumentar de componentes!!!!

OBRIGADA MAIS UMA VEZ!

Mary:)