PARA QUEM AMA GATOS

PARA QUEM AMA GATOS
(Clique na imagem para conhecer)

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Romance no rock!


O rock não parece estilo musical. É como se fosse religião, algo intocável, venerado por milhões, reinventado, agraciado pela amplitude das guitarras e seus riffs, da bateria que marca, avisa: "Estou chegando!"
Sou mulher e amante do rock, nem ligo se sou a "oficial" ou a "outra" porque ele sabe me "tocar" como talvez um homem jamais vá conseguir! Sempre imagino o rock como um "moreno alto, bonito e sensual", de cabelos longos, inteligente, politizado, aquele cara debochado mas de boa índole, invasivo, sem ser mal educado...
Só que as exceções, que nunca são contadas por regras, trazem a verdade a nu, e pego de surpresa na esquina e voltas que a vida traz, o rock, pelo menos o nacional, foi visto dizendo o seu: "Essa saiu do meu controle...", ao notar que é possível uma melodia romântica ser igual ou melhor traduzida, nos anseios do rebelde pois naquele ritmo mais calmo tão peculiar dos grandes amores, algum intérprete colocou mais alma que o limite queria estacionar...
Mentalmente me passaram algumas lindas interpretações de artistas que bem que deveriam ser roqueiros devido ao "topete", ao terem "invadido" uma "praia" selvagem, de fãs alucinados, fazendo bonito em seus gorjeios melodiosos! Ousados, corajosos: os cantores que enfrentaram o rock de frente!
Respeitando seus estilos musicais, os intérpretes tomaram clássicos do BRock, usando seus discursos românticos de flor de pele. Uma pérola, bênção de fonemas bem entoados!
Minha gente: HÁ ROMANCE NO ROCK! Porque as "pedras", muitas vezes, não traduzem o roll da situação...
Se não são no estilo iniciado pelo Gospel negro americano, esses românticos não deixam nada a desejar no objetivo divino de eternidade!...


Estão aqui o Top 3 dos covers que eu mais curto!!!!



1.o lugar: MEU ERRO - Zizi Possi ( original cantado pela banda Paralamas do Sucesso)




2.o lugar: SERÁ - Simone ( original cantado pela banda Legião Urbana)





3.o lugar: NADA POR MIM - Nelson Gonçalves ( original cantado pela cantora Marina Lima)





Bônus: PROIBIDA PRA MIM - Zeca Baleiro (original cantado pela banda Charlie Brown Jr.)





(Imagem:
Fonte desconhecida
Edição de imagem:
http://marymiranda-fatosdefato.blogspot.com)

8 comentários:

Larissa Bohnenberger disse...

A-há, eu sabia! Além de motoqueiro, cabeludo! Você é uma típica roqueira, mesmo, heim Mary? Rsrsrsrsrsrsrs!

Adorei essa forma de demonstrar o romantismo no rock. Tenho uma amiga, muito rock'n roll, mas tipo metal mesmo, e volta e meia, ao ouvir uma baladinha ela vira pra mim e diz: "Viu só, Lari? Roqueiro também sofre de amor".

Das três versões que você postou, a única que eu conhecia era a da Simone para "Será". Mas gostei bastante das outras, principalmente "Meu Erro" na voz da Zizi Possi.

Bjs, bjs!!!

Mary Miranda disse...

Dentro de um peito "rocker", também bate um coração, Lari! rsrs

Aliás, foram dois roqueiros amados por mim, que me libertaram para essa coisa de ser rebelde, mantendo a sensibilidade: KLAUS MEINE (que admitiu ser um cara bem romântico) e MATTHIAS JABS (ao dizer que todos nós temos os dois lados, o mais revoltado e o mais doce), ambos de qual banda? SCORPIONS, é claro, de onde mais seria???? rs
Zizi Possi é magistral! Estupenda na interpretação, no jeito:"Sou uma cantora!", que não pra negar o quanto é uma dádiva a termos no Brasil, enobrecendo nossa música. Simone, idem!!!!
Mas dá uma olhadinha no "bônus" que eu acrescentei que, te desafio: você vai AMAR!!!! (Eu quase não me perdoei por ter esquecido dessa linda versão romântica, para uma rock de uma banda bem moderna!...)

Beijos, querida!
Viva o ROCK (mas viva o ROMANCE também!... rsrsrs)!

Mary:)

Jose Sidney Pereira disse...

O Mary,

Puxa, bela sessão As Pedras Também Amam. Zeca e Paralamas, ai com a Zizi, são fantásticos. Até o Nelson Gonçalves entrou na Banda. E se deu bem!

Adorei Masry. Grande lembrança.

Beijos

Mary Miranda disse...

hehehehe E como amam, meu amigo!

Sidney, por esses magnânimos exemplos - Zizi Possi, Zeca Baleiro, Nelson Gonçalves e Simone- vemos que música de qualidade é boa de se ouvir de qualquer jeito, desde que recebam o trato adequado que ela merece!
Eu lembro que me nas primeiras vezes que ouvi Simone cantando "Será", eu literalmente chorava. Ela ía em alguma parte dos meus sentimentos que não consigo descrever...
E Zizi Possi, com "Meu erro", é motivo de veneração minha, aquele tipo de interpretação que, se não existisse, nosso cancioneiro estaria em déficit... (É tão perfeita, que o Herbert Viana regravou a canção ao estilo Zizi. Que luxo, não? rs)
Nelson Gonçalves com seu ábum só de rock nacional, ao seu estilo, gravado na década de 90, ficou muito legal! Se o Faustão fez alguma que preste, foi abrir espaço para o "Boêmio" mostrar seu grandioso trabalho na época! rsrsrs

Aquele abraço "Marystico", pra você!

Mary:)

Valéria Braz disse...

Olá Flor.... demorei mais vim....hehehehehehe

Flor, eu adoro música, exceto pelo rock pauleira que faz muito barulho e nada diz!
A música em geral, fala sobre impresões e sensações e entre elas e a mais aclamada o romance! O que seria das dores de cotovelo se não houvesse romance na música?
Ps. Falo aqui da boa música! Sei que você entende do que se trata! Heheheheh
Beijo no coração

Mary Miranda disse...

Flor Val,

Amiga, a música é uma das maiores expressões da arte! Um mundo sem música, é um mundo vazio, frio, inexistente...
Valzinha, você sempre me convida a esticar o papo!
Veio agora à mente, umas cenas da novela "Renascer" onde, toda vez que iniciava um capítulo ou mostravam a fazenda do José Inocêncio, apareciam umas senhoras que cantavam umas canções tão simplórias, mas tão bem elaboradas... Suas vozes dolorosas iam fundo na alma e, de tanto que as assistia, decorei uma das canções: "Xô, xô, jacaré/ O galo já cantou e eu não sei que hora é/ Não sei que hora é/ Nem que hora pode ser/ Só sei que vou embora quando o dia anoitecer..." (Se eu achar o link no YouTube, trago aqui para você dar uma escutada!)
Pois é, amiga, a boa música está por toda parte e nós, que somos inteligentes (somos, sim, não podemos ser modestas! rs), a reconhecemos e sabemos dar valor ao que é bom!

Beijos, Flor!

OBRIGADA!!!!

Mary:)

Van disse...

Adorei todas Mary,

o bônus foi especial como é todo bônus, gostinho de quero mais.

Estou quase fazendo um pedido, de tanto que gostei da sua descrição física do rock, quem sabe você não descreve pra gente, o pop, o house, o jazz, o erudito, e todos os outros senhores ritmos,agora fiquei curiosa.

Beijos!

Mary Miranda disse...

Van, querida!

O "Proibida pra mim", com o Zeca, era algo que não poderia deixar de fora (sabia que todo mundo iria gostar!).
A descrição do rock... É daquele jeito mesmo que o vejo! Mas, sobre outros gêneros musicais, não me habilito a falar: não tenho "intimidade"! rs

Beijos, amiga!!!!

Grande presença a sua!!!!

Mary:)