PARA QUEM AMA GATOS

PARA QUEM AMA GATOS
(Clique na imagem)

Quais assuntos mais te interessam no blog Fatos de Fato?

sábado, 30 de junho de 2012

Linguagem angelical



LINGUAGEM ANGELICAL


Corre-me em teus braços de sonho,
Sorvendo o meu olhar espúrio de pecado e deleite,

Voa, anjo, na imensidão dos céus, alhures emboscada;

Fala-me baixinho, a linguagem do não-saber...


Quero-te inteiro sussurrando aquela voz que te ensinei;

No passado fui superiora, agora és meu maior,

Não te faço malcriação:

Fala-me, suplico, fala a voz que só eu entendo...



Se no decorrer dos anos nos perdemos, agora te encontro, te encontrarei,

Tenho fé, como tenho te esperado, e tu, a mim...

A quantas milhas estás, percalço que essa esfera facilita agora,

Metas que não atingimos... Um sonho em flor se abre em copas!...


Vais tocando a vida porque faz parte brincar com nuvens!

Vais seguindo porque nos ensinaram que prosseguir é preciso...

Vais e me fala aquilo que quero saber, toque de Midas que me traz o ouro,

Do sol que nasce nos cabelos que se vão, revolto nos ares que usufruis em outras áreas...

Alguém te guarda, anjo, mas é por um tempo,
Está na hora de sermos um só...
O fruto que ainda virá, o sol que borda os teus cabelos, se fará,
Fato feto do amor dos sentimentos sem fim...


Uma nuvem que escurece, não é sempre sinal de chuva;

Uma luz que esmaece, não simboliza o final do dia,
A fé removedora de montanhas, te trará aqui, amante-diamante,

Na textura da joia rara e eterna!...


Eu te empresto para que prestes serviços,

Embora eu cobre o preço de tua nobreza
Farta da solidão, farta da espera, quero-te, anjo, puro e limpo,

Das iniquidades que não deténs...


Fala-me, anjo, fala-me, aquele idioma em comum!...

Não me entendes rápido, e um olhar que é só delírio,

Pede calma, fala manso, de repente, me tomas,

Farto, lépido, sorrateiro, surpresa para os que não aguardam desafios.

Leve e solta, me deito, correndo no futuro, em viés,
Na luz que invade a escuridão, sonho-fera, que devora o meu viver...


Fala-me, anjo, fala-me...
Fala-me, cala-me, beija-me, fala-me, ama-me, fala-me...

Só quero ouvir, não fala-me,

Beija-me, cala-me,

Sente-me, toca-me, altera-me, repara-me,...

Cálido, cala-me!

Fala-me! Oh, fala-me...


(Imagem:
Fonte desconhecida)

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Tios que parecem pais!


(Scooby- Doo é um grande exemplo de tio que parece pai em desenho animado!)



Que a família é a base de todo ser humano, ninguém contesta. Tudo o que se fala sobre ela de bom ainda é pouco, mesmo que haja tanto pervertismo em muitos lares e destruição de valores, tantas vezes repassada na TV...
Contudo, há um parentesco pouco comentado e que merece ser mais lembrado com reverências mais expressivas: o tio!
Na ficção ou vida real, os tios são sempre referidos como sujeitos irresponsáveis ou sacanas, que só aparecem na casa dos familiares para almoçar e estragar a educação dos sobrinhos, acobertando suas peraltices, ensinando a soltar pipa ou então, indo para um lado mais grotesco da situação, seviciar as crianças em atos deploráveis sexuais...
Sabemos que isso acontece - claro que sim! - não nascemos ontem, só que, garanto, há mais tios generosos que malfeitores!
Tenho magníficas recordações dos meus, em maioria, falecidos tios, onde foram fonte de aprendizagem, educação, luta e exemplo a serem seguidos por mim! Não convivi com nenhuma tia de sangue pois mulheres, em nossa família, é um pouco raro (até primas não tenho muitas!...), e isso serviu para que eu visse neles a única base de apoio fora meus parentes do lar.
Interessante que as tias são mais bem vistas, tanto que as professoras de primeiro ciclo assim são chamadas, devido à ligação que se faz àquela que poderá substituir a mãe por algumas horas. E os tios ficam parecendo apenas "personagens secundários", portanto, com "poucas falas"...
Só nos desenhos animados é que a palavra o"tio" é quase sinônimo de "pai"!
Não sei qual foi o primeiro idealizador dessa pecha nos cartoons, e seja quem tenha sido, foi de uma inteligência e sensibilidade impressionantes! Muitos ídolos de desenhos infantis têm sobrinhos e agem de maneira tão paternal, que ninguém sente falta dos progenitores!...
O mais interessante, no entanto, é que poucos personagens têm um lar tradicional, estilo pai, mãe e filhos. Mas estão lá o tio e seus sobrinhos, em mil aventuras, salvando-os do perigo, passando lições de amor e respeito, moral que finca em nossas almas para o resto de nossa existência...
Separei em imagens, alguns dos tios mais famosos da TV, dos desenhos animados que exercem função de educadores e pais dos sobrinhos.
Alguns personagens têm caráter duvidoso, como o Pica-Pau, só que, para seus pequenos protegidos, ele transmite valores bem éticos!...


PICA-PAU, TOQUINHO E LASQUITA

(Desenho: Pica-Pau)


SCOOBY-DOO E SCOOBY-LOO
(Desenho: Scooby-Doo)


POPEYE E OS QUADRIGÊMEOS PIPEYE, PUPEYE, POOPEYE & PEEPEYE

(Desenho: Popeye)


PATO DONALD E OS TRIGÊMEOS HUGUINHO, LUISINHO & ZEZINHO

(Desenho: Pato Donald)


SNARF E SNARFINHO

(Desenho: Thundercats)


FRAJOLA E SOBRINHO (Alguns episódios)

(Desenho: Piu-Piu e Frajola)



PERNA LONGA E SOBRINHO (Único episódio)


(Desenho: Perna Longa)



(Imagens:
Fontes diversas)

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Periguetes - Quem são elas, afinal?

(Adriana Esteves como Sandrinha, em Torre de Babel, uma das primeiras periguetes da TV)


Tanto se fala e pouco se explica, as termologias que "invadem" nossas salas de estar...
A que funde minha cuca ultimamente é esse treco chamado "periguete", que resulta em tanta rima de fundo indecente!...
Alguns passarinhos, em formato de alunos impúberes, me contaram que "periguete" quer dizer moça que dá em cima do namorado das outras, e que anda na "night", de sainha bem curta. Sacanamente pergunto a elas, somente às meninas, se gostariam de ser essas cidadãs noturnas.
- Eu não, tia! Cruz credo!!!! - respondem, praticamente em uníssono.
Ora, se moças que apenas jogam charme para os rapazes e andam de saia pequena por aí, são motivo de esconjuro das menores, então há algo de errado na explicação!
Eu tinha entendido que o termo "periguete" - cuja variante vocálica o estabelece em "piriguete" - aplicava-se ao que, em tempo não tão ido assim, chamávamos de "namoradeira", aquela menina que não parava a boca, usando-a em beijos escondidos com a rapaziada do colégio ou bairro!...
Acho que mimaram demais a essa que vos fala, na infância; caçula e temporona (como poderão comprovar nesse link) tem dessas coisas... Levo logo, sempre, para a inocência da coisa: "Periguete é menina que adora namorar, dá umas beijocas e vai pra casa, sonhar com o Príncipe Encantado!..."
É porque ainda peguei uma época um tanto tolinha, de adolescente ficar esperando a pretendida na saída da escola, para perguntar se ela lhe daria um beijo. Peguei o período também dos bilhetinhos (eu mesma já troquei uns dois, mesmo sendo tímida que doía!), onde se fazia a clássica "inquisição": "Você gosta de mim? Marque ( ) Sim ( ) Não." ( Imitação barata de provas de múltipla escolha... Não deixei de rir dessa lembrança!)
Sendo eu assim tão pueril, estagnada no tempo de maneira estapafúrdia, ainda confesso minha inadequação à verdadeira função do vocábulo, já em dicionário, dessa periguete...Aulas de gente famosa, como a da Jaula das Popozudas de como ser uma, me embotam mais ainda a cabeça. Como se ensina algo que se pertence à personalidade de alguém?
Pois, se meus cálculos nas minhas pesquisas informais não estiverem alucinados, creio estar perto da resposta, pelo menos, conforme a mídia de TV e internet acusam: periguete, na verdade, quer dizer, PROSTITUTA!
Estou enganada? Desafio a me provar o contrário, conforme o "carnaval" midiático...
Só em duas novelas (falando por baixo) vê-se senhoras de "vida fácil", com o título de periguetes, uma que está verdadeiramente grávida, e outra que fingia, as ditas Brunessa (Cheias de Charme) e Suellen (Avenida Brasil).
Se eu mirar meu foco tão-somente para as mencionadas, terei dados alarmantes de como algumas "informações", mesmo eufêmicas, podem forjar uma palavra. As mulheres andam na noite, usam roupas curtas, saem com quem paga mais, não sabem quem é o pai do filho, são bonitas e muito bem maquiadas, usam o sexo como moeda de troca, não avaliam o sentimento das parceiras dos homens que "atacam" e são altamente sedutoras. Que definição será outra, senão, a de PROSTITUTA, como já me referi anteriormente?
Essa nossa sociedade é tão "correta", mas tanto, que nem para arrumar uma explicação mais aberta para prostituição, consegue... Vamos esconder, vamos rir com as aventuras e desventuras das "namoradeiras do século XXI" , elas arrumam filho e fazem sexo por grana, são meninas alegres, divertidas!...
Quando a cantora Ivete Sangalo se auto admitiu uma periguete, também foi ingênua (deve ter sido mimada feito eu na infância...) pois, com certeza, queria dizer que adorava namorar (quem não gosta?). Agora duvido que a artista iria querer seu nome ligado à vadiagem!...
Chego a ter saudade de Cyndi Lauper com o entretenimento de namoradeiras reais! No auge de sua fama, "As garotas só queriam se divertir"! Eram telefonemas para pessoas que não conheciam, noitadas bebendo cervejas, Festa do Pijama (brincadeira comum nos EUA entre meninas adolescentes que passam a noite acordadas, contando fofocas...), danças maluquinhas... É, Cyndi, Girls just want to have fun parece-me um passado tão distante...
As periguetes não se divertem porque, seu propósito é distorcido: é o fascínio por status que as comovem!...
Nesses nossos tempos de Aids, a brincadeira fica atá perigosa (creio ter vindo daí a classificação dessas "namoradeiras"), e quem se envolve com elas, está pulando fogueira com perna quebrada...
Nunca imaginei que poderia sequer lembrar, o que dirá sentir falta, das mocinhas populares do recreio! Eram aquelas dos cabelos soltos ao vento e batons vermelhos fortíssimos catados da mãe. Pediam para nós, as quietas, falarmos: " Duvido!" , quando queriam ser desafiadas , que conseguiriam trocar uns beijos com o mais gatinho da escola!... Elas sempre conseguiam- SEMPRE!- porque eram as mais descoladas! Faziam parte dos nossos sonhos mais secretos de que fossem varridas por algum furacão, para que os meninos-delícia nos olhassem um pouquinho melhor... Mas um misto de inveja e admiração nos tomava: se as queríamos longe, as queríamos perto também, para ver se aprendíamos algo... E vamos combinar que as mesmas tinham bom coração: copiavam o nosso dever quando não estávamos com saco para as aulas de matemática...
Periguetes - Quem são elas, afinal? As prostitutas amenizadas por um vocábulo engraçadinho ou as namoradeiras do Século XXI?
Minha ironia, que não vai deixar passar impune essa sacanagem social , resumirá assim: PERIGUETE é aquela que masca CHICLETE! Mesmo com a boca cheia, não deixará de pagar... SORVETE!

P.S.: Há salvação para o mundo moderno! Meus alunos e adolescentes, ainda enviam bilhetes de amor!...



Girls just want to have fun, de um tempo onde as garotas, namoradeiras ou não, se divertiam pra valer!!!!


GIRLS JUST TO WANT TO HAVE FUN - Cyndi Lauper



sábado, 16 de junho de 2012

Campanha SOU CONTRA O COMENTÁRIO "LEGAL"!


Venho por meio desse artigo, humildemente informar aos queridos leitores, amigos, seguidores, admiradores e a quem mais possa interessar, que a partir de hoje não mais liberarei comentário "legal" no Fatos de Fato!
Aparentemente rude pareço com a retórica objetiva, mas é que, sinceramente, já deu nos nervos, estou no meu limite de educação e complacência, com cidadãos que aqui vêm no espaço apenas para postarem o não mais aceitável "Legal o seu blog!", nada acrescentando, deste modo ao post, e claro, nada enriquecendo ao blog em si!...
Sinto que a maioria desse "elogio" se envereda apenas num enredo: catapultar os próprios espaços dos autores de comentários tão "criativos"!...
Sem mentira alguma, não preciso disso para aparecer foram, só nessa semana, DEZ comentários anônimos (ou pseudônimos inidôneos) com esse teor tendo eu que arremessar na lixeira!...
Se fosse em outros tempos, coisa de talvez dois meses atrás, eu seria mais condescendente com comentários assim mencionados, só que agora tenho outra mentalidade. Se sou educada com as pessoas, não é assim que procedem os supracitados "criativos", portanto, sem mais delongas, afirmo, em caixa alta: NÃO ADIANTA COMENTAR COM MERO "LEGAL" SE ESSE NÃO AGREGAR CONHECIMENTO AO POST! NÃO DELIBERAREI QUALQUER COMENTÁRIO COM TEOR VAZIO OU OFENSIVO!!!!
O ponto chegou a nível tão "maquiavélico", que recebo spams - em número alto- até em outros idiomas !!!!
Se já é horrível o sem peso "legal" em língua-mãe, o que dirá em russo, alemão, grego, inglês???? Não há quem tolere tanta parcimônia num comentário...
Enfim, está dado o recado, pedindo mil desculpas aos meus sábios, lindos, decentes, coerentes amigos leitores que aqui passam e que ressalvam o Fatos de Fato com a sapiência que tanto constrói esse espaço, que é feito para todos nós!
Peço desculpa também a quem aqui esteja chegando pela primeira vez: não sou sempre assim tão brava!... Dê-me uma chance e tente ler os outros muitos posts do blog. Garanto que encontrará algum texto bem melhor que esse... (Aqui eu só estou desabafando!...)
Está lançada assim a Campanha SOU CONTRA O COMENTÁRIO "LEGAL"!
Um abração a todos!!!!

(Imagem:
http://marymiranda-fatosdefato.blogspot.com)

terça-feira, 12 de junho de 2012

Fora da lei


Para quem ama os gatos, há algo melhor que união entre romance e metáfora para o mundo felino?
Creio que Fora da lei, cantada por Ed Motta, composta por ele juntamente com Rita Lee e Roberto de Carvalho, atinja o fim com maestria!!!!
Fiquei pensando em postar algo mais "real" nesse mês dos namorados, correndo daquelas "melosidades" como diria Fernando Pessoa, que escorre tanto, manchando mais que o papel, os lençóis pelas lágrimas e saudade... (Inclusive, Pessoa era quem mais corria dessas doçuras, e quem mais é lembrado até hoje por elas, a ver em seu Cartas, declamado na música Amor I love you, da Marisa Monte!...)
Repare na letra e vídeo abaixo, essa música que intitula o texto. Sem "chororô", minha gente! O amor pode ser verdadeiro sem o lencinho branco na partida, nem o "volta, por favor", a imploração de quem chegou ao fim!
Amar pode ser felicidade, pode ser aquela brincadeira de amarelinha na praça, feito crianças inconsequentes. Pode ser a "farra no telhado" e um ronrom audível para quem tem ouvidos felinos...
Se a felicidade é tantas vezes clandestina, repetindo-me em Clarice Lispector, não há mal algum em ser "vadio" quando se ama, isto é, do mundo fugirmos, das convenções, do terrorismo emocional.
Há muito de "marginal" nos amores que se permitem acontecer, sem dar a mínima pra ninguém, apenas a busca de se ser dois, aqueles corações que pulsam em sintonia infinda!...


FORA DA LEI - Ed Motta

Cidade nua
Noite neon
Gata de rua faz ron-ron ao luar

Saio da cama
Pulo a janela
Ninguém como ela, ao luar

Mia, arranha o céu
Mia, lua de mel ao léu, well

Dois gatos pingados fora da lei
Ela é a rainha, eu o rei
Farra no telhado fora da lei
Tudo bem

Sobe desce muros fora da lei
Ela sai por onde entrei
Gritos e sussurros fora da lei


Cidade nua
Faz serenata
Beijo na boca, vira-lata, de lixo

Amor de bicho
Paixão maluca
Cama de gato
Kama Sutra ao luar

Mia, arranha o céu
Mia, lua de mel ao léu, well

Dois gatos pingados fora da lei
Ela é a rainha eu o rei
Farra no telhado fora da lei

Tudo bem

Sobe desce muros fora da lei
Ela sai por onde entrei
Gritos e sussurros fora da lei


Mia, arranha o céu
Mia, lua de mel ao léu, well

Dois gatos pingados fora da lei
Ela é a rainha, eu o rei
Farra no telhado fora da lei
Tudo bem

Sobe desce muros fora da lei
Ela sai por onde entrei
Gritos e sussurros fora da lei



terça-feira, 5 de junho de 2012

The best is yet to come







Se formos usar um único pensamento para definir um otimista, seria esse: "O melhor ainda está por vir".
É porque nós, sonhadores, nunca imaginamos que tudo o que tinha que acontecer de bom já aconteceu, e não há mais tempo para o amor, a paz, a sabedoria, a evolução!...
Sempre me detenho na minha vivência como prosseguimento de etapas, nunca pulo... Se me atraso muitas vezes para o cumprimento do "prazo de entrega" , coisas que deveriam anteriormente ser realizadas ou iniciadas, reflito na situação e vejo que ainda existe uma chance... Se o tempo não pára, é porque sua sapiência nos avisa que enquanto há vida, há esperança. E seria essa imaginação de futuro tão ingrata assim? Apenas uma "nesga" de porvir, sem concretização de nossos mais tórridos desejos de progresso? Pinta-se de verde o quarto, o quadro e me faço de pé?
Se existe o tempo - aquele que não pára - é porque algo de melhor ainda vem. Tem que vir, tem que se acreditar até o fim!
Interromper os sonhos em vida, é como morrer com saúde: é sempre um total desperdício de existência!...
Tome um lugar no assento, e vá adiante! Acredite, confie em quem ou o que lhe toma o coração nos ensejos de luta! Sua intuição te diz que um pote de ouro há no fim do arco-íris, e se ao chegar lá, descobre que nada existe neste "final", sem problema!
Lembre-se que, mais importante que conseguir o almejado ouro, aquele que arranca o sono dos andarilhos, é ter ao menos pés que permitam a caminhada...


Para todos nós, um vídeo que fiz baseado na canção de mesmo título do post, The best is yet to come.
A música e as imagens são das "figurinhas" fáceis aqui no Fatos de Fato: a banda Scorpions.
Creio que, mesmo os não-fãs, irão se emocionar! É porque a melodia e letra nos falam de vida, de que jamais devemos desistir dos nossos ideais.



Apreciem!!!!


THE BEST IS YET TO COME



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...