PARA QUEM AMA GATOS

PARA QUEM AMA GATOS
(Clique na imagem para conhecer)

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Nova turma no pedaço II

Muita gente curtiu muito o meu Nova turma no pedaço! , texto divertido onde eu apresentava uns 'sapecas bigodudos' que acabavam de aparecer em nossa família.
Pois não é que apareceram mais????
Agora a nova galera é formada por 6 gatinhos onde cinco, caprichosamente, completam 1 ano de vida hoje, faltando tão pouco para terminar o ano...
Esses seis novos membros formam um grupo muito interessante que não tem como não chamar a atenção por quem os vê.
A turma forma uma alusão ao grito de protesto ao apartheid, já que cinco deles, sendo negros, convivem em sonhada harmonia racial com o branco, claro, me forçando a dar-lhes um título que não poderia ser outro, senão: 'Cinco Quiolos e um Banquelo'.
Vamos às apresentações, então?
URSINHO 1

Esse recebeu o apelido de Quiolo Fofo, por ser macio demais!!!!
Mesmo quando está mais magro, ele é ótimooooooooo de se botar no colo, além de ser muito doce!...
Meu amigão, companheirão mesmo, inteligente e brincalhão!
Corre a casa toda, com ar de sabido, para ver se me convence a brincar com ele de 'pique-pega'!(ele tem uma mania de bater a patinha no meu pé para me chamar a atenção e sai 'voado', com a tirada já manjada dos felinos de pôr a caudinha de lado nas sapequices!).
Na maioria das vezes eu topo, e volto a ser criança com ele...


NET

Minha Quiola Agitada, não por acaso recebeu o nome de Net, rápida como a conexão cibernética!
Nos primeiros meses de vida, foi motivo de preocupação porque não mamava, só queria brincar (por isso era muito magra...).
Depois passou a comer ração e é esperta até demais!
Apesar de muito ágil e parecer que não pára, é muito amiga, amorosa, e se amarra num colinho...
A safadinha, com essa de pular pra cá e pra lá, acabou atraindo um safardanas felinos da vizinhança.
Traduzindo: está 'buchudinha'! (Alguém aí vai querer os filhotes quando nascerem? haha



URSINHA

Dengosa, toda cheia de charme e elegância, a mais 'portátil' da turma pois se adapta a qualquer modo que a coloque no colo.
Seu nick é Quiola Mansa, por motivos supracitados.
Toda vez que me avista, solta uns miadinhos tão engraçados!...
Às vezes se assemelham a um 'guincho', e se aproxima rebolativa para fazer carinho.
Legal também é quando corre!
Para não 'descer do salto', joga a caudinha de um lado pro outro, como querendo dizer: "Não estou assustada com nada!".
Se fosse pessoa, essa gatinha seria daquelas adolescentes fresquinhas e vaidosas, mas que são muito calmas...


MASSO


Muito acanhado (agora que está se soltando...), recebeu por mim o sugestivo apelido de Quiolo Tímido.
Era um gravetinho quando era pequeno.
Assim como Net, não pegava peso, mas comia à beça!
Com o tempo ficou o mais corpulento.
Seu nome é Masso por ser uma sonoridade à caipira do termo 'macho' pois ele era o Graveto Macho e Net, o Graveto Fêmea.
Quando foi a hora de colocarmos nomes, não resistimos: ficou Masso mesmo! (haha)


URSINHO 2


Ah, que gato danado de amedrontado é esse Ursinho 2!...
O apelido certeiro: Quiolo Arisco.
Acreditam que até de mim esse safado corre?
Eu que dou comida, água e carinho...
Ultimamente já está 'baixando a guarda' e deixou que eu o pusesse no colo dia desses, acompanhado pelo prêmio esperado por todo dono de felinos: o delicioso ronrom!...
Vejam bem se a foto não fala por si só sobre a personalidade dele!


VIVINHO

Meu querido siamês, sem ser totalmente siamês, pois seu sangue é 99 % dessa raça ( a mãe dele é mistura de siamês com persa, e o pai, siamês puro).
Vivinho é o Banquelo Elo (ele liga a corrente Cinco Quiolos e um Banquelo) e chegou aqui em casa com apenas 1 mês, rebelde, resmungão, 'xingando' todo mundo! (Bom lembrar que ele não faz aniversário hoje, só em janeiro!)
Mas a Mamãe Preta ( Vivi, a mãe dos Quiolos!) o adotou e o amou tanto, que logo houve uma transformação impensável por nós até então: um meigo gatinho, amigo e 'sorridente' surgiu dali!
Seu nome veio porque eu tinha colocado Vitinho e é apelido de gente ( evito ao máximo de pôr nome de pessoas em animais porque tem gente que fica aborrecida!).
Troquei o T pelo V e acabou que ficou um acabamento muito oportuno, por dois motivos:
1) Virou homenagem à Mamãe Preta dele, a Vivi;
2) Vivinha era o nome de uma baleiazinha, de uma história infantil, onde a personagem central era a única diferente da turma ( Vivinho, o gatinho, é o único que não é 'quiolo').


Agora a coisa mais linda é ver os 6 gatinhos, irmãos de sangue e/ou de coração, andando, comendo, dormindo juntos, numa fraternidade emocionante!
Deveríamos imitar esses exemplos preciosos que os animais nos permitem!
No mundo deles, não há cor de pele, raça, religião, classe social...
São todos irmãos de verdade, no sentido mais amplo que a concepção de dignidade nos traz!
Deixo a foto mais clássica e representativa dessa união dos meus 'sapecas bigodudos'.
Junto dela, vão os meus votos de um Ano Novo realmente novo, com possibilidades de fazer valer a pena sermos chamados de humanos, sempre aprendendo com os animais, que são mais racionais que nós...


CINCO QUIOLOS E UM BANQUELO
(Imagens:

http://marymiranda-fatosdefato.blogspot.com - Arquivo pessoal)

16 comentários:

Maria Marçal disse...

Estou perplexa, Mary!!
Estão lindos demais.

Nossa! nem saberia dizer qual o mais bonito.
Lembro-me de tua postagem sobre eles.
E os ensinamentos são a expressão da verdade.

Um feliz Ano Novo minha especial amiga. Obrigada por tudo nesse 2010

Maria Marçal - Porto Alegre - RS

Valéria Braz disse...

Mary que delícia de apresnetação dos seus quiolos....kkkkkkkkkkkkkk
O vivinho é pareciod com o meu gato... lindo!
Amiga se soubesse como eu adoro gatos.... na verdade animais em geral.... e eles ensinam sim, que somos bem mais irracionais que eles!
Beijo no coração

Fatima Zanin disse...

Parabéns pelo post. que lindos.
Feliz ano novo.
Abraço.

CLAUDIA disse...

Menina linda,Menina Mulher.
Tu és uma poesia amiga.
Esse coração lindo,esse amor pelos bichinhos...
Por isso escolhi um texto para ti,que é a Mary perfeita.
Chico Xavier tinha uma cachorra de nome Boneca, que sempre esperava
por ele, fazendo grande festa ao avistá-lo.
Pulava em seu colo, lambia-lhe o rosto como se o beijasse.
O Chico então dizia :
- Ah Boneca , estou com muitas pulgas !!!!
Imediatamente ela começava a coçar o peito dele com o focinho.
Boneca morreu velha e doente.
Chico sentiu muito a sua partida. Envolveu-a no mais belo xale que ganhara
e enterrou-a no fundo do quintal, não sem antes derramar muitas lágrimas.
Um casal de amigos, que a tudo assistiu, na primeira visita de Chico a São
Paulo, ofertou-lhe uma cachorrinha idêntica à sua saudosa Boneca.
A filhotinha, muito nova ainda, estava envolta num cobertor, e os presentes
a pegavam no colo, sem contudo desalinhá-la de sua manta. A cachorrinha
recebia afagos de cada um.
A conversa corria quando Chico entrou na sala e alguém colocou em seus
braços a pequena cachorra. Ela, sentindo-se no colo de Chico, começou a
se agitar e a lambê-lo.
- Ah Boneca , estou cheio de pulgas !!! Disse Chico.
A filhotinha começou então a caçar-lhe as pulgas, e parte dos presentes,
que conheceram a Boneca, exclamaram:
- Chico, a Boneca está aqui, é a Boneca, Chico !!
Emocionados perguntamos como isso poderia acontecer.
O Chico respondeu :
- Quando nós amamos o nosso animal e dedicamos a ele sentimentos
sinceros, ao partir, os espíritos amigos o trazem de volta para que não
sintamos sua falta. É, Boneca está aqui, sim, e ela está ensinando a esta
filhota os hábitos que me eram agradáveis.
Nós seres humanos, estamos na natureza para auxiliar o progresso dos
animais, na mesma proporção que os anjos estão para nos auxiliar. Por isso,
quem chuta ou maltrata um animal é alguém que ainda não aprendeu a amar.
Agora posso dizer que conheço uma Anja de carne e osso,que legal,muito prazer anjinha,continue sua caminhada,amando e respeitando e protegendo nossos amiguinhos.
Tu és muito especial menina,demais mesmo.
Me emociono com tanta beleza que vem de ti.
Te adoro Anjinha,de coração.
Bjos em seu coração com cheirinho de Jasmin.

Ana Lucia Nicolau disse...

lindos gatos, parabéns pelo primeiro ano de vida de cada um deles...
abs e feliz ano novo!

Mary Miranda disse...

Valeu, Maria, a sua indicação lá no diHITT!


Mary:)


Olá, Valéria querida!

Ah, que legal ter gostado!
Eu os amo tanto que acabo escrevendo e escrevendo sobre eles toda a vida... rsrs
Então o Vivinho tem 'irmão' por aí?!
Sei que você é da turma da gatolândia...
Sim, amiga, eles dão um banho em nós em generosidade, amor e racionalidade!

Beijos, com votos de um 2011 cheio de paz e luz para você e seus familiares!


Mary :)

Fernanda disse...

Boa matéria! Já pensou em divulgar seus posts também no http://www.plik.com.br ? Dá para fazer login via twitter ou se cadastrando no site apenas com seu nome e e-mail, e é super fácil de postar seus resumos de artigos lá! Espero que goste. Bj! Fernanda

Mary Miranda disse...

Obrigada, Fátima!

Volte sempre, viu, querida?

Um abraço pra você! Mary :)


Ah, Cacau, você não existe!!!!!!!!!!!!!!!...

Já quase Ano Novo e eu com os olhos cheios de lágrimas por esse texto visceral que me enviou ...
Sabe, né, que meu Tuí morreu no dia 1.o desse mês e até agora ainda me pergunto se isso aconteceu mesmo...
Que Deus permita, minha querida Anja (você é que é um Anjo, não eu!)que meu bichinho possa retornar a mim, assim como a Boneca retornou para o Chico.
Mas eu nem de longe chego aos pés da amplitude espiritual dele, por isso, acho que não vou merecer tal graça na minha vida!...
Também te adoro, e tanto, que fico imaginando o porquê de tal ligação já que nos conhecemos há tão pouco tempo...
É nessas horas que eu acredito em Deus, ainda que, às vezes, em momentos de desespero, eu questione Sua existência.
Sim, Deus existe e permitiu amizades verdadeiras quais a sua, minha amiga, que tanto bem faz aos que lhe são caros!

Um beijo do tamanho do meu carinho por você, que não é pouco!
Feliz 2011, querida amiga!

Mary:)




Oi, Ana Lúcia!

Obrigada por ter vindo!

Abraços,
Mary:)

Mary Miranda disse...

Olá, galera!

Tenho um comunicado a fazer:

Acabaram de nascer os filhinhos de Net!
Adivinhem quantos vieram?
SEIS!!!!
Já estou eu aqui arrancando so cabelos com tantos gatos... rsrs
Mas dessa vez vou dar todos.
Não posso criar tantos assim...
Só que já estou me apaixonando por eles.
Oh, problem! rsrs

Abraços a todos!!!!
Mary :)

Rô & Cia. disse...

Mary!

Os seus filhinhos são muito fofinhos!!!

Estou vendo a hora que você vai ficar como eu fiquei tempos atrás, pois se não castrar a Criola Net, logo, logo, você vai ter mais de 30... kkkkkkkkk

Só uma coisa eu faço diferente de você: adoro colocar nome de gente nos meus cães e gatos, e já tive duas fêmeas caninas que receberam o nome de Luciana e outra Tatiana...

Agora tenho a Aninha, filha da Nick (que é abreviatura de Nicole... rsss)

Adorei conhecer sua família.

Um Feliz e Próspero Ano Novo para você e para todos os membros peludos da sua linda família.

Beijão.

Rô.

Mary Miranda disse...

Olá, Fernanda!

Vou pensar com calma sobre isso.
Gostei da ideia!

Um forte abraço da Mary pra você! :)

Mary Miranda disse...

Olá, Rosana!

Prazer vê-la por aqui!
Pois é, amiga, vou resolver essa história da Net logo ela se recuperar do parto... rsrs
Não podemos ficar com tantos gatos!
Sobre nomes de pessoas em bichos, evito porque um cachorrinho nosso chamado Frank, causou certa chateação num pai cujo filho se chamava assim...

Feliz Ano Novo pra você e seus familiares, minha querida!

Beijos,

Mary :)

vidarealdasam disse...

Olááá querida Musa da escritaa !!!

Ai adorei o post, amo gatinhos !!!
Bichinhos alegram a casa !! Eu tenho uma gatinha Britney ( porque desde cedo tem cara de louca ) ela é feito a mãe, geniosa e lutadora, adora pegar todos que passam com vários golpes kkk Agora ela vive na casa da minha mamys ( meu ap é muito pequenino e ela ia ficar sozinha demais... ) lá ela vive com a Lara ( uma gata velhinha, mas que faz o maior sucesso e vive buchuda kkk ), o Melâncio Almôndego ( redondo e tão gordo ) e o James ( um tigrado todo elegante ), juntos eles fazem uma farra, destroem alguns móveis e nos fazem virar crianças como os seus, quando embarcamos nas bricadeiras e travessuras deles !!
Neste mundos em preconceitos, como você bem colocou, convivem com uma dálmata, uma rottweiller e uma vira-lata, todos neste universo encantado onde as diferenças não destróem a harmonia !!
Adorei, amiga !!!

Um super beijo da sua fã !!

Mary Miranda disse...

Olá, Samzíssima (essa eu inovei, não? rsrs), a querida Menina Sorriso!

Linda, tô rindo até agora! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Gatos lutando?! Judô? Karatê? Devem ter puxado à "mãe" (você)... rsrs
Você deveria escrever um post sobre animais!
Poxa, tem é história pra contar, hein?
Vou te mandar esse agora para 2011: te desafio a contar história dos seus pets, com fotos e tudo mais!
Detalhe: não é obrigada a aceitar, viu?
É uma doce brincadeira que te convido a fazer parte, só isso...


Beijos, queridíssima, neste nosso início de ano!
E nem precisa se desculpar por não ter vindo antes porque estou tão em falha com meus amigos....

Dessa sua fã recíproca,
Mary :)

Joao Guerreiro disse...

Também adoro gatos. Tenho o vasco e o Litle.

Mary Miranda disse...

Oi, João!

O meu 'caso' com os gatos vem desde a infância! rsrs
Tenho muito amor por eles!!!!
Na verdade, gostom de todos os animais e não suporto quando vejo qualquer um deles sendo maltratado...
Valeu sua presença aqui!

Um forte abraço,
Mary :)